O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias - Resumo
 
O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias - Resumo
 


Universidade Federal de Pernambuco

Centro de Artes e Comunicação

Departamento de Comunicação social

Disciplina: Metodologia do estudo

Docente: Diego Salcedo

Data: 08/03/09

Referência Bibliográfica: O ano em que meus pais saíram de férias, Diretor: Cao Hamburger, Produção: Cao Hamburger Caio Gullane e Fabiano Gullane, local: São Paulo, Produtora: Gullane Filmes e Caos produções cinematográficas, miravista, globo filmes, 2006.

Resumo:

O filme se passa na década de 70, época do regime militar, mas precisamente no ano da copa do Brasil. O protagonista se chama Mauro, um garoto mineiro de 12 anos que gosta bastante de jogar futebol de botão. Os pais de Mauro estavam sendo perseguidos, especialmente seu pai Daniel Stein, pela ditadura por conta das suas posições políticas, o que os fez "saírem de férias" na visão de Mauro, enquanto que na verdade eles estavam fugindo. Devido a essa situação seus pais o deixam na casa de seu avô, num bairro judeu. No dia em que Mauro chega á casa de seu avô, ele havia acabado de falecer, sendo Mauro então acolhido por um judeu chamado Scholomo que era vizinho do seu avô. Enquanto o menino procura se adaptar a nova vida no bairro tão diferente do que ele era acostumado, o filme demonstra sutilmente o clima de tensão da época e a grande importância da copa para as pessoas. No desenvolver da história o protagonista começa a perceber a ausência de seus pais, que haviam prometido que retornaria na copa, ele começa então a notar as prisões feitas na universidade e ajuda um refugiado, amigo de seu pai, a se esconder. Nesse mesmo período o judeu Scholomo é preso para ser interrogado, fazendo com que ele comece a perceber mais a situação. O Brasil é tricampeão, todos comemoram e é nessa época que sua mãe retorna para buscá-lo, seu pai, entretanto, não retorna com ela.Ao final do filme, ele conta que fora exilado, sem, porém, entender o real significado da palavra.

Palavras Chave: regime militar, futebol, perseguição, exílio

Discente: Renata Magalhães Jungmann

 
Avalie este artigo:
(4 de 5)
120 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Renata Magalhães Jungmann
Talvez você goste destes artigos também