Projeto De Educação Ambiental
 
Projeto De Educação Ambiental
 


CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL NA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL PAES BARRETO EM PETROLINA-PE: O AMBIENTE ESCOLAR COMO UM CAMINHO PARA TRANSFORMAÇÕES

PETROLINA2007

DAMIANA DE MORAES IGAKI

CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL NA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL PAES BARRETO EM PETROLINA-PE: O AMBIENTE ESCOLAR COMO UM CAMINHO PARA TRANSFORMAÇÕES

INTRODUÇÃO

A produção e a difusão de conhecimentos são pilares básicos da escola, é por meio da educação que se formam cidadãos conscientes de seu papel na sociedade. A Educação Ambiental nas Séries Iniciais, tema do projeto, voltado para produção e transmissão do conhecimento, com o objetivo de um processo constante de reflexão crítica não só na aprendizagem como também na busca de alternativas e soluções para a realidade existente.

Dessa forma, a Educação Ambiental deve estar presente em todos os níveis de ensino variando de acordo com o grau limite de cada série em seu aprofundamento. A presença da disciplina de Educação Ambiental nas grades curriculares visa dar instrumentos aos alunos na prática escolar.

É na infância que se inicia o processo de formação da personalidade e a escola tem um papel fundamental nesse desenvolvimento do conhecimento. Segundo Moreira, Mercia (página 123): "a criança constitui com o meio uma totalidade. Á medida que esse meio modifica, no caso quando a escola entra em cena na vida da criança, novas estimulações passam a exigir-lhe novas condutas, tirando-as do estado de equilíbrio cognitivo a que estavam acostumadas. O resultado feito das novas solicitações feitas, pelo ambiente escolar, á criança, deve ser o de levá-la a formar novos padrões de condutas cognitivas".

JUSTIFICATIVA

O projeto de Educação Ambiental na escola pública estadual Paes Barreto em Petrolina-PE, será executado no período de 01/02/2008 á 01/12/2008 e contribui para formação de uma geração consciente em relação ao seu papel como cidadão voltado para uma valoração ética, social, econômica e ambiental.

Um projeto de Educação Ambiental implantado corretamente nas escolas tem viabilidade total, pois, ao investir em Educação Ambiental para crianças da Educação Infantil sai mais barato para o governo e para toda sociedade educar o aluno desde cedo sobre o respeito para com o meio ambiente.

OBJETIVO GERAL

Proporcionar o conhecimento e a conscientização dos alunos da educação infantil acerca dos temas que envolvem meio ambiente e cidadania incluindo a sua importância e o cuidado para as futuras gerações.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Explicar noções básicas de ecologia com uma linguagem apropriada de acordo com a idade;
  • Despertar nas crianças valores e idéias de preservação da natureza e senso de responsabilidade para com as gerações futuras;
  • Sensibilizar de forma lúdica sobre o uso sustentável dos recursos naturais através de suas próprias ações;
  • Apresentar alternativas e soluções para as questões ambientais pertinentes no dia a dia escolar.

METODOLOGIA

Primeiramente será feito um pedido de autorização a Secretaria Estadual de Educação de Pernambuco e a direção da Escola Paes Barreto através de uma exposição dos objetivos para execução do projeto de Educação Ambiental. Será organizado um encontro com diretores, professores e alunos da Educação Infantil com o intuito de familiarizar os temas ambientais através de materiais didáticos pedagógicos como: livros, cartazes e filmes com linguagens apropriadas a idade escolar.

A pesquisa será abordada de forma qualitativa, percorrendo o real sentido de aprendizagem do aluno associando a Educação Ambiental ao seu cotidiano dentro e fora da escola. As atividades pedagógicas serão baseadas na percepção do educando com os temas propostos e a avaliação ocorrerá com a exposição dos trabalhos que mostrará o nível do seu envolvimento e atuação critica em sala de aula.

PROBLEMA

A não incorporação da disciplina de Educação Ambiental no currículo escolar da Educação Infantil.

HIPOTESES

  • Falta de conhecimento dos alunos sobre as questões ambientais pertinentes;
  • Ensino defasado;
  • Professores mal preparado em relação aos temas ambientais.
 
Avalie este artigo:
(3 de 5)
15 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Damiana De Moraes Igaki
Talvez você goste destes artigos também