O NOVO PARADIGMA DA EDUCAÇÃO E SEUS REFLEXOS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR
 
O NOVO PARADIGMA DA EDUCAÇÃO E SEUS REFLEXOS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR
 




INSTUTO DE ENSINO SUPERIOR FRANCISCANO

RESUMO

Estudo sobre o novo paradigma da educação. Ressalva as mudanças ocorridas na Educação Superior com a adoção do novo paradigma. Realça as transformações acontecidas nas Instituições de Ensino Superior. Enfoca como este paradigma emergente ultrapassou o conservador. Expõe os benefícios que uso das tecnologias trouxe para a educação. Mostra as tecnologias que foram e que estão sendo usadas na educação. Destaca os benefícios que as tecnologias educacionais trouxeram para as Instituições de Ensino Superior em São Luís- MA. Analisa o Ensino à distância nas Instituições ludovicense.

Palavras-chave: Paradigmas da Educação. Paradigma Emergente. Paradigma Conservador. Educação Superior. Tecnologia da Educação.

ABSTRACT

Study on the new paradigm of education. Subject to the changes in higher education with the adoption of the new paradigm.Highlights the changes that happened in higher education institutions. Focuses on how this emerging paradigm overtook the conservative. It explains the benefits that the use of technologies brought to education. Shows and technologies that were being used in education.Highlights the benefits that technology brought to the educational institutions of higher education in San Luis-Ma analyzes the Distance Learning Institutions in ludovicense.

Keywords: Paradigms of Education. Emerging Paradigm. Paradigm Conservative. Higher Education. Technology Education.


1 INTRODUÇÃO

O paradigma reducionista ou newtoniano-cartesiano era o paradigma vigente até a emersão do paradigma holístico. O antigo paradigma tinha como foco a rotina, a competição era fragmentada, prevalecia à competição e não aprendizagem e o foco da aprendizagem era o professor transmitindo e repetindo o conhecimento.
O paradigma holístico ou ecológico prevalece à criatividade, totalidade, a aprendizagem, colaboração, cooperação e o foco do ensino é o estudante produzindo e contextualizando o conhecimento. Paradigma é um conjunto de regras e regulamentos (escritos ou não) que estabelece ou define limites e diz como devemos nos comportar dentro desses limites para sermos bem sucedidos.
Diante do exposto, chegou-se ao seguinte problema: quais as mudanças que o novo paradigma da educação trouxe para o ensino superior em São Luís-MA?
O mundo contemporâneo está cada vez mais complexo e exigente, neste contexto de mudança, o paradigma emergente traz mudanças também para as Universidades ludovicense, trazendo a maior interação entre aluno e professores. As instituições de Ensino Superior estão cada vez mais informatizadas entre outras mudanças.
Parece aceitável, neste momento, enfatizar quais foram às mudanças que a tecnologia trouxe para a Educação, como estas mudanças se refletem na realidade do Ensino Superior de São Luís ? MA, é importante compreender que dele decorre o objetivo deste estudo.
A pesquisa apresentada caracteriza-se por um estudo descritivo, explicativo, bibliográfico. É um estudo descritivo porque descreve as mudanças que a tecnologia trouxe para as Universidades de ensino à distância de São Luís ? MA. A pesquisa é explicativa, pois "visa identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. aprofunda o conhecimento da realidade porque explica a razão, o "porquê" das coisas" (SILVA, 2001). A pesquisa visa explicar as mudanças decorridas no ensino superior por meio do novo paradigma da educação.A pesquisa é um estudo bibliográfico, pois foi "elaborada a partir de material já publicado, constituído principalmente de livros, artigos de periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet" (SILVA, 2001). Para a realização deste foram analisadas diversas literaturas para a construção do problema vigente.
A grande relevância da pesquisa, é permitir um esclarecimento das mudanças ocorridas no ensino à distância de São Luís ? MA, visa estudar os benefícios da tecnologia na educação e quais as mudanças que o novo paradigma trouxe para a realidade da Educação Superior ludovicense.
Inicialmente, analisa-se o novo paradigma de ensino e seus reflexos no Ensino Superior, posteriormente descreve os benefícios da tecnologia na educação, ressalva os benefícios da tecnologia nas instituições de ensino à distância de São Luís ? MA, ressalta o ensino à distância como modalidade que mais se expandiu com ajuda do uso da tecnologia.






2 O NOVO PARADIGMA DA EDUCAÇÃO E O ENSINO SUPERIOR

Na era industrial prevaleceu o paradigma do Renascimento que não vingou, pois não correspondeu a sociedade da época, que exigia mudanças profundas referentes à visão de mundo, de homem, de tempo, de espaço.
Neste contexto, começou a busca de um novo paradigma que ultrapassasse o paradigma conservador de transmissão e repetição, surgindo então o paradigma da complexidade, que tem como foco, pensamento complexo e a visão de totalidade.
A metodologia de projetos está interligada ao paradigma da complexidade, com um sentido de provocar possibilidades e escolhas nas determinadas situações-problemas. Esse método como objeto a se produzir ou caracterizar, dentro do paradigma emergente. Contribuem de forma clara e expressiva a participação dos alunos no processo de aprendizagem, na descoberta do conhecimento e no compartilhamento dessas informações com um grupo de estudos.
Os projetos contribuem para que os alunos participem e se envolvam em seu próprio processo de aprendizagem e compartilhem com seus colegas, segundo Cunha ? 2010, na área da pesquisa o foco pesquisará de um pesquisador solitário para um grupo de estudiosos que será composto de especialista. Portanto, a metodologia de projetos educa o aluno para a vida em sociedade, despertando o pensamento crítico, a investigação e a construção do conhecimento, visando à integração e a visão do todo na busca de um pensamento complexo que supere a fragmentação gerada nas diversas áreas do conhecimento.
A finalidade da universidade era transmissão e repetição do conhecimento. Hoje o objetivo desta instituição graças a este novo paradigma é admitir o despertar do pensamento crítico que é feito tanto por meio das suas atividades principais de pesquisa, ensino e extensão, e já função da biblioteca universitária é servir como elemento de apoio a essas atividades, bem como contribuir no processo de aprendizagem do ensino superior, garantindo a apropriação da informação e consequentemente à transformação dessa informação em conhecimento pelo indivíduo.
A participação do professor como parte desta construção, num papel de mediador, propõe a interconexão dos pressupostos teóricos e práticas aos alunos, reavaliando suas ideias e redirecionando as suas conclusões. Na busca da elaboração do projeto, idealizar aos mesmos algo voltado para suas realidades, despertando assim, o interesse e responsabilidade na concretização do projeto.
Essa metodologia de projeto foi incorporada no Brasil por volta dos anos 30 pela abordagem da Escola Nova, que atende a uma visão de educação complexa, global holística e emergente. Esta metodologia foi criada por Dewey, educador que entendia a escola como centro de educação e que esta instituição deveria preparar os alunos para a resolução de problemas com que se deparam na vida.
No paradigma da complexidade o professor e o aluno em uma ação conjunta precisam aprender a investigar e a pesquisar vinculando o que foi aprendido na academia voltada à vida real.
Segundo Behrens ? 2008, esse paradigma emergente trouxe profundas mudanças na educação em geral principalmente na Educação Superior e os processos de aprendizagem em todos os níveis. Segundo Morin ? 2000 apud Behrens ? 2008, o novo paradigma tem como foco o pensamento complexo e a visão da totalidade para ultrapassar o paradigma conservador que tem como característica uma prática baseada na transmissão e na repetição.
O conhecimento, desde as primeiras indagações até os dias atuais, segundo Anzolin; Corrêa ? 2008 "[...] passou por uma série de fases caracterizadas por ideias a cerca do mundo". Desde os primórdios o conhecimento era reservado a poucos, tendo a igreja como grande expoente da censura de textos na Idade Média. Ainda segundo Anzolin; Corrêa ? 2008, as universidades estavam ligadas a Igreja, no período do séc. V ao séc. XV (período correlativo a Alta Idade Média e a Baixa Idade Média), consequentemente as bibliotecas também estavam ligadas a Igreja, por isso o acesso ao conhecimento era restrito para poucos intelectuais. As bibliotecas nessa época eram apenas locais onde o conhecimento era guardado e onde a censura e o controle de acesso predominavam.


3 OS BENEFÍCIOS DA TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO

A tecnologia está presente e é parte integrante da vida de qualquer ser humano, e no século presente o uso desta está mais evidente. A cada dia, novas tecnologias estão sendo criadas e de suprema importância fazer uso dela. Na Educação a tecnologia também é utilizada para facilitar o processo de ensino aprendizagem, no entanto não se pode deixar de lado o trabalho do professor. Para compreender quais foram os benefícios da tecnologia na Educação faz-se necessário a explicação do termo tecnologia, deste modo este termo é entendido, segundo Chave ? 2004 "como qualquer artefato, método ou técnica criado pelo homem para tornar seu trabalho mais leve, sua locomoção e sua comunicação mais fáceis, ou simplesmente sua vida mais agradável e divertida".
Tecnologia Educacional é o envolvimentoda tecnologia na Educação. O conhecimento não é algo que surgiu com a tecnologia, ele está presente desde a antiguidade. A construção do conhecimento segundo Anzolin; Corrêa ? 2008 "[...] passou por uma série de fases caracterizadas por ideias a cerca do mundo" (2008). Desde os primórdios o conhecimento era reservado a poucos, tendo a igreja como grande expoente da censura de textos na Idade Média.
Ainda segundo Anzolin ; Corrêa ?2008, as universidades estavam ligadas a Igreja, no período do séc. V ao séc.XV (período correspondente a Alta Idade Média e a Baixa Idade Média), consequentemente as bibliotecas também estavam ligadas a Igreja, por isso o acesso ao conhecimento era restrito para poucos intelectuais. As bibliotecas nessa época eram apenas locais onde o conhecimento era guardado e onde a censura e o controle de acesso predominavam.
Atualmente atividades desenvolvidas nas Universidades estão voltadas para as bases da universidade: ensino, pesquisa e extensão, contribuindo assim para o processo ensino-aprendizagem. Esta instituição tem por função subsidiar a vida em sociedade transformando os indivíduos cidadãos.
As Universidades hoje na maioria das vezes apresentam espaços interativos de aprendizagem, bem como espaço para palestras, exposições e videoconferência; novas tecnologias integradas ao acervo que condizem com a grade curricular de cada curso.
Com este novo paradigma que surge novas mudanças nas Universidades tais como uso de novas tecnologias, na forma de disseminação e recuperação da informação e na interação e outras mudanças como mostram Aguiar; Silva ? 2010:
O uso das tecnologias de comunicação e informação (TICs) em ambientes das bibliotecas universitárias (Bus) é uma evolução natural destes espaços de conhecimento acadêmico. Bibliotecas passaram do manejo de catálogos manuais para sistemas bibliográficos automatizados [...] formas novas de tratamento, organização, disseminação e recuperação de informações; de interação com o usuário.
Muitas Universidades estão fazendo uso de ferramentas como Facebook, Orkut, Myspace e o Ning, estas ferramentas permitem que maior interação dos alunos com os professores e gestores das Instituições de Ensino Superior em meio eletrônico de modo dinâmico e rápido.
4 OS BENEFÍCIOS DA TECNOLOGIA NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO À DISTÂNCIA DE SÃO LUÍS - MA

O uso das tecnologias permitiu um avanço na educação, diversas tecnologias foram usadas para alcançar esse progresso, tecnologias tais comolousa, o giz, o retroprojetor, mimeógrafo, data show, computador, entre outros. Segundo Guimarães ? 2011, estes instrumentos encontrasse ao longo da historia da educação brasileira, nesta ordem cronológica:
ü 1500 A cartilha de osso ? foi inventado para facilitar a educação.
ü 1900 ? Lousa facilitou a missão de ensinar uma lição a muitos alunos ao mesmo tempo.
ü 1900 ? Lápis, produto comum na Europa desde 1700, chegou às escolas brasileiras.
ü 1950 ? Projetor de slides ? a reprodução de imagens chegou a ser vista como ameaça ao livro de didático.
ü 1960 ? Mimeógrafos, a máquina de fazer cópias impulsionou a reprodução de provas exercícios.
ü 1980 ? Retroprojetor usado inicialmente como instrumento de guerra para transmitir imagens.
ü 1990 ? Data show versão mais moderna do retroprojetor de imagens e vídeos usado até hoje.
ü 1990 ? Computador ? começa a era dos laboratórios de informática dentro das escolas.
ü 2011? Tablets ? algumas escolas começam a usar ipads e outras escolas usam tablets na sala.
Estes instrumentos foram utilizados e ainda são utilizados para facilitar o processo de ensino aprendizagem. O computador permitiu que uma nova modalidade de ensino consagrasse o ensino à distância, pois embora já exista desde século XIX, foi com o advento do computador que esta modalidade conseguiu resistir até os dias de hoje.
O Ensino distância permite maior flexibilidade tanto para os alunos como para professores, visto que eles acreditam que o Ensino a Distância pode ser realizado de forma tão personalizada a ponto de tornar-se instrução individualizada não se refere apenas ao distanciamento físico entre discentes e docentes, mas a infraestrutura e processos interativos que os coloquem pedagogicamente próximos. As práticas do Ensino à distância têm seu início reconhecido desde meados do século XIX, com o ensino por correspondência.
O decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005 é a lei que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. De acordo, com o decreto a educação a distância é "uma modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversas" (DECRETO, 2005, p. 1).
Segundo o decreto Art. 9° O ato de credenciamento para a oferta de cursos e programas na modalidade a distância destina-se às instituições de ensino, públicas ou privadas.
No Brasil, a Educação a Distância desde anos 70 houve tentativas deimplantação em EAD, mas foi com a reforma educacional de 1972 para justificar a ampliação das ofertas educacionais que tinham por base uma formação mínima para o mundo do trabalho.
O projeto Minerva criado em 04 de outubro de 1970 pelo governo federal. Segundo Alonso, 2003 este projeto foi produto de um acordo entre o Ministério da Educação e o Ministério das Comunicações. Ainda segundo Alonso ? 2003 "Este acordo determinava que a transmissão do Minerva ocorreria em todas as rádios e televisões comerciais ou privadas do país, tendo uma duração de 5 horas semanais".
O projeto FUNTEVE foi outro projeto de educação da distância que surgiu no Brasil e nasceu em 1985 sob o comando da "abertura política". Nesta perspectiva o FUNTEVE tinha como objetivo a formação dos professores, este projeto tinha como base a preparação de uma escola mais crítica e contextualizada, além da democratização e desenvolvimento de uma nova sociedade.
No Maranhão a UEMA foi pioneira no processo de educação à distância, pois esta instituição percebendo um redimensionamento espaço-temporal e como uma forma de democratização do ensino capaz de romper os limites espaciais dos programas presenciais aprovou através da Resolução n° 73/98 ? CEPE/UEMA, sob a consultoria da Universidade Federal de Mato Grosso, uma versão de programa de capacitação de docentes na modalidade à distância, chamada Magistério 2001.
A UEMA, através da portaria n° 2216, de 11 de outubro de 2001 do Ministério da Educação (MEC), o credenciamento para oferta do curso de Licenciatura em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, acontecimento que lhe proporcionou a habilitação para oferta de outros cursos superior dentro desta modalidade. Com base nesta afirmativa, nos anos que se sucedeu, a universidade veio realizar também processos seletivos para os cursos licenciatura em Ciências da Religião e para o de Bacharelado em Administração.
Atualmente várias Instituições do Ensino Superior de São Luís ? MA públicas e particulares estão fornecendo cursos com modalidade EAD, pois, esta modalidade permite a flexibilidade do tempo, este fator é totalmente importante para pessoas com dificuldade de locomoção, ou por motivo de doença e para mulheres que são mães e querem passar um tempo a mais com seus filhos, além da flexibilidade de horários esta modalidade de ensino a é um processo de que busca oportunizar ao discente um aprendizado independente, auxiliado por intermédio das tecnologias. A educação à distância exige maior responsabilidade e maturidade dos alunos, além de exigir o conhecimento mínimo em informática e noção de computação pra manusear a máquina.


CONCLUSÃO

Esse novo paradigma tem como foco a criatividade, aprendizagem, focandono estudante além da utilização das novas tecnologias a favor da educação integrando aoensino superior os avanços tecnológicos trazendo melhorias significativas para os alunos e os professores, e com isso facilita o processo de ensino aprendizagem.
Graças às novas tecnologias fortificou uma modalidade de ensino, o ensino à distância, como já foi dito na pesquisa esta modalidade permite maior flexibilidade tanto para os alunos como para professores, visto que eles acreditam que o Ensino a Distância pode ser realizado de forma tão personalizada a ponto de tornar-se instrução individualizada não se refere apenas ao distanciamento físico entre discentes e docentes, mas a infraestrutura e processos interativos que os coloquem pedagogicamente próximos.
A tecnologia está presente e é parte integrante da vida de qualquer ser humano, nas Instituições de Ensino Superior ludovicense não foram diferentes, a cada dia, novas tecnologias estão sendo criadas e de suprema importância fazer uso dela. Em São Luís ? MA, a tecnologia também é utilizada para facilitar o processo de ensino aprendizagem, no entanto não se pode deixar de lado o trabalho do professor.
Na pesquisa utilizou-se o exemplo da UEMA, instituição pioneira no processo de educação à distância no Maranhão, pois esta instituição percebendo um redimensionamento espaço-temporal e como uma forma de democratização do ensino capaz de romper os limites espaciais dos programas presenciais.


REFERÊNCIAS

AGUIAR, GiseliAdornato de; SILVA, José Fernando Modesto de. As Bibliotecas Unversitárias nas redes sociais: Facebook, Orkut, Myspace e Ning. Seminário nacional de Bibliotecas Universitárias 16, 2010.

ALONSO, Katia Morosov.Educação a distancia no brasil: a busca de identidade. Disponível em: Acesso em:21/06/2011.

ANZOLIN, Heloisa Helena; CORRÊA, Rosa Lydia Teixeira. Biblioteca universitária como mediadora na produção de conhecimento.Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 8, n. 25, p. 801-817, set./dez. 2008.

BEHRENS,MariaAparecida.Paradigma da complexidade: metodologia de projetos, contratos didáticos e portifólios. 2. ed.Petropólis, RJ: Vozes, 2008.

CHAVES, Eduardo O. C. Tecnologia na Educação. 2004. Disponível em:<
http://www.chaves.com.br/TEXTSELF/EDTECH/tecned2.htm> Acesso em: 21/06/2011.

CUNHA, Murilo Bastos da. Construindo o futuro: a biblioteca universitária brasileira em 2010.Ciência da Informação, Brasília,v.9,n.1,p. 71-89,jan./abr. 2000.
Domínio Público Biblioteca digital. Acesso em 27/01/2011. Disponível em:

MORAES, Maria Cândida. O paradigma educacional emergente. Campinas, SP: Papirus, 1997. (Coleção Práxis).

GUIMARÃES, Camila. Lição digital. REVISTA ÉPOCA. 20 de jun. 2011 n°683. São Paulo: Editora globo.

SERRA, Antonio Roberto Coelho (org.). Por uma educação sem distância: recortes da realidade brasileira. São Luís: EDUEMA, 2008. 348p.

SILVA, Edna Lúcia da.Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed . rev. atual. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001.121p.

 
Avalie este artigo:
3 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Ana Lidia Sobrinho Rudakoff
Talvez você goste destes artigos também