Modelo de carta de motivação para professor mediador
 
Modelo de carta de motivação para professor mediador
 


 A nova profissão de professor mediador  ajudou tanto a escola quanto a profissionais  que se identicaram com  a  profissão. Ma ai eles pedem alem do curriculo uma carta de motivação, e agora? como fazer algo que expresse e que esteje  vinculado aos critérios que  eles precisam. Pensando nisso resolvi fazer um modelo de carta que poderá servir de base aos interessados na profissão.

Carta de motivação para Professor Mediador

 Eu, --------------------brasileira, (solteira),,RG------------,CPF------------- domiciliada a rua:-------------------------- ao tentar a vaga de professor mediador tenho a consciência e  a  disposição pelo qual o cargo requer.Sou professora do ensino fundamental e já me  deparei com inúmeras situações de  conflitos e por muitas vezes precisei deixar a Torga de professora e ser uma boa ouvinte, pois vejo a necessidade da escola ter mais que um envolvimento pedagógico com seu aluno, precisa ter um envolvimento de solidariedade.Tendo em vista a grande demanda escolar e  suas diversidade , não podemos  deixar de  ter consciência que o papel  do professor na  atualidade precisa sair dos muros escolares e ter uma participação mais ativa na comunidade. São fatores concretos na sociedade, observarmos uma  família cada vez vulnerável , desestruturada e muitos pais  preocupados em  subsidiar a casa, deixando em muitos casos a encargo das escolas o resgate  de práticas restaurativas familiar e social.

Acredito que se um professor tentar fazer a ponte entre as atividades pedagógicas e as relações interpessoais da  comunidade escolar e adotar práticas restaurativas e de mediação de potenciais conflitos no ambiente escolar, teremos uma escola mais acolhedora e que atinja  as  suas metas curriculares.Muitas vezes pequenos gestos como entrar em contato com a família e  tentar compreender o que esta acontecendo com os alunos que estão tendo dificuldades escolar, analisar os fatores de vulnerabilidade que possa estar exposto o aluno; orientar a família ou os responsáveis a procurar serviços de proteção social, se necessário; identificar e sugerir atividades pedagógicas complementares, a serem realizadas pelos alunos fora do período letivo; e orientar e apoiar os estudantes na prática de seus estudos, pode ter mais resultado e dar exemplo a outros que  estão passando por problemas , do que apenas ignorar ou achar que a culpa  ou o problema não é nosso. Entendo que  independentemente de minha profissão preciso antes  de tudo ser solidaria e prestativa.Faço das palavras de Souza  as minhas  quando ele diz:

“O Sistema de Proteção Escolar é uma ferramenta essencial para melhorar a segurança nas nossas escolas e proporcionar um ambiente adequado para o desenvolvimento intelectual e social das crianças e dos jovens paulistas. Com a atuação dos professores-mediadores certamente reduziremos os casos de violência na rede de ensino estadual”, afirma o secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.

Acredito que o professor mediador  será uma ferramenta importante para o Sistema de Proteção Escolar, pois articula um conjunto de ações, métodos e ferramentas que visam disseminar e articular práticas voltadas à prevenção de conflitos no ambiente escolar, à integração entre a escola e a rede social de garantia dos direitos da criança e do adolescente e à proteção da comunidade escolar e do patrimônio público.Sei que terei um longo caminho á percorrer para atingir os objetivos da qual tal cargo requer, mas tenho a certeza que estou dando o primeiro passo para uma escola melhor e solidaria ao me candidatar.

 

 

               

 
Avalie este artigo:
(3 de 5)
9 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Vanda Goes
Talvez você goste destes artigos também