Cuidando de um Viciado em Crack
 
Cuidando de um Viciado em Crack
 


CUIDANDO DE UM VICIADO EM CRACK

Gostaria de pedir inicialmente a todos que tiverem acesso a essa informação, que pudesse repassá-la a algum amigo ou conhecido que esteja passando por um problema com viciado em crack dentro de casa.
Sabemos que isso já é a nossa triste realidade hoje em dia.
Nossos governos acordaram agora, mas nunca é tarde, dá tempo sim, para conter todo esse estrago deixado pelo crack.

Seguem as dicas:

Como agir com um viciado em Crack dentro de casa:
Generalizei o termo "Viciado" para aquele ser humano doente do vício de crack, sendo homem ou mulher.
1 - Nunca dê dinheiro ou algum outro objeto de valor a um viciado, pois ele pode facilmente comprar ou trocá-lo facilmente pela droga; bem óbvia essa.
2 - Caso conviva com um, nunca deixe-o sozinho em casa.
3 ? Mantenha-o sempre ocupado, pelo menos ate os 3 primeiros meses que o mantiveram afastados do crack; Jardinagem é bastante indicada para essa fase de abstinencia, ou ainda um trabalho voluntario.
4 - Nunca ofereça trabalho remunerado a um viciado, que tenha deixado o vício por pelo menos de 1 ano, pois, certamente, ele começará a trabalhar e usará o dinheiro ganho para obter a droga novamente;
5 ? Nunca dê grandes responsabilidades a um viciado, se ele tem menos de 1 ano de abstinenc ia da droga.
6 ? De atenção e converse sempre com o viciado, certamente ele tem muitas coisas a dizer; Ouça atentamente e observe o modo como ele fala da droga, quanto mais entusiasmo e ansiedade ele falar dela, maior a possibiliade de ele retornar o quanto antes ao vicio; Encorage-o a deixar o vicio para sempre e não pergunte sobre como é a sensação do uso da droga, para não dar aquele "beliscão no leão" que anda adormecido.
7 ? Tenha cuidado ao aconselha-lo, pois facilmente ele poderá irritar-se. Seja duro, mas brando ao mesmo tempo.
8 ? Não provoque um viciado em crack, para que não aumente o seu estado de melancolia devido a abstinencia da droga.
9 ? Se o viciado estiver sob os seus cuidados, cuide com afeto de criança, mas com os cuidados de adulto.
10 - Lembre-se: o viciado não é seu prisioneiro, mas voce é o responsavel por ele.
11 ? Nunca o deixe um viciado, com menos de1 ano de abstinencia, sair sozinho pelas ruas e praças, pois certamente encontrara algum ex-parceiro ou algo o fará voltar a usar a droga; Diga que quer ir junto, ou arranje algum motivo para que alguem possa ir junto.
12 - Dê comida, liquidos, frutas diariamente, pois eles normalmente ficam bastante esguios por causa do efeito devastador da droga.
13 ? Não tenha pena, seja solidário.
14 ? Evite o contato do viciado com outros que estejam na mesma situação, de abstinencia, mas reforçe para que ouça as palestras dos que realmente saíram do vicio há pelo menos 3 anos.
15 ? Lembre-se: O viciado em crack é uma pessoa doente, trate-o como tal;
16 ? Não ignore todos os direitos que ele tem como ser humano, ainda que seja para mantê-lo afastado da droga.
17 ? Coloque-o, aos poucos, no seu ciclo de amigos bons e tente ressocializá-lo; Tenha paciencia, pois não sera facil.
18 ? Nunca dê bebidas alcóolicas a um viciado, nem beba perto dele ou deixe-o numa roda de bebedeiras; jamais faça isso.
19 ? Elogie-o a cada dia e diga o quanto foi vitorioso para ele estar mais um dia sem usar a droga; presentei-o a cada mês vitorioso, com algo que escolhido por voce, que não venha ser de valor comercial, ou que possa ser facilmente vendido; pode ser uma viagem para outra cidade ou um passeio agradavel na praia.
20 ? Se tem algum parente dentro de casa que o viciado não se da bem, então converse com essa pessoa e peça para que ele passe alguns dias fora, se possivel por uns seis meses, para evitar quaisquer atritos.
21 ? De muito carinho e compreensão ao viciado, pois é somente nas fugas para o mundo das drogas é que ele esta conseguindo encontrar aquilo que não tem no mundo real; portanto, seja o seu melhor "analista", entenda-o e faça-o mudar de ideia aos poucos.
22 ? Dedicação, é essa a palavra que define quem quer cuidar de um ente-querido ou amigo viciado nessa maldita droga.
23 ? Buscar a Deus, é o caminho. Mas que deve ser bem orientado. Deve-se ter o cuidado com "Pseudo-Religiões", pois nesse momento de fragilidade, ele será um alvo fácil.
24 ? Acredite sempre que o viciado quer sair do mundo em que está, mas encontra-se preso numa prisão mental; portanto, somos os responsáveis pela sua saída.

Como não há um manual pra isso, e apenas pela minha experiência com viciados que conheço, que ajudo, decidi escrever essas simples dicas para que possamos ter mais consciencia e conhecimento, pois nós, pessoas comuns, que não somos médicos, nem psicólogos, mas que temos uma pessoa doente em casa ou algum amigo viciado e que precisa de nós, repito, somos os unicos responsáveis pela sua saída, desse terrivel mundo das drogas.

Qualquer ajuda, dica, ou meio encontrado para livrar uma pessoa do caminho do crack é de grande valor.
Gostaria muito que isso fosse adiante, que cada um tivesse a sua idéia, fizesse a sua parte para ajudar, da melhor maneira possivel, essa pessoa que se encontra doente e a qual queremos tanto bem.


Fica meu abraço Fraterno e sincero,

Luiz Leandro da Silva, brasileiro, cidadão, pai de família.
 
Avalie este artigo:
(4 de 5)
34 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Luiz Leandro Silva
Talvez você goste destes artigos também