Como quitar o financiamento de seu veículo
 
Como quitar o financiamento de seu veículo
 


Você está querendo quitar o financiamento de seu veículo e está indignado com o valor cobrado pela financeira?

Aprenda a se defender deste abuso e a exigir o valor justo para a quitação (liquidação antecipada) do seu financiamento de veículo.

Infelizmente não há ainda uma lei que obrigue as instituições financeiras a cobrar somente o saldo devedor (sem juros) no momento da quitação.

Devido a isso as financeiras cobram, na maioria das vezes, um valor acima do saldo devedor real, trazendo todas as parcelas não pagas para o valor presente e dizem ainda que estão dando um desconto nos juros, quando deveriam isentar totalmente os juros futuros.

O caminho para se conseguir o valor justo deve passar pelo PROCON que ganha todas as causas contra as financeiras em relação ao valor CORRETO da quitação.

Para entrar no PROCON contra as financeiras ou bancos sigas os seguintes passos:

- Calcular o saldo devedor do seu financiamento de veiculo pela tabela PRICE. Para calcular o saldo devedor, segundo a tabela PRICE (a mesma usada pelo PROCON), use o simulador de financiamento de veículos.

- Sabendo o valor correto e justo obtido acima, negocie com a financeira para chegar o mais próximo possível deste valor.

Envie FAX ou email com sua proposta para a financeira, envie os dados da tabela acima mostrando que o valor do saldo devedor é menor que o cobrado.

- Quite o seu financiamento apos esgotar as negociações com a financeira.

Provavelmente você não vai conseguir chegar perto do valor justo, mas não desista, sigas as instruções abaixo.

- Exija uma copia do contrato do financiamento junto a financeira, caso você não possua.

- Envie um FAX ou vá até o PROCON com a copia do contrato e com os cálculos obtidos segundo a tabela price ou pelo simulador de financiamento de veículos.

Com certeza o PROCON vai ganhar a causa e você vai receber o reembolso da financeira apos uns 2 meses, eu consegui por duas vezes, você vai conseguir também! Lute pelos seus direitos!!

 
Avalie este artigo:
1 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Robert Andrade
Talvez você goste destes artigos também