Personal Trainer ou Academia Convencional
 
Personal Trainer ou Academia Convencional
 


Quando nós realizamos exercícios físicos, três sistemas funcionais são responsáveis pela produção da energia.

Os pulmões captam o oxigênio do ar e o transferem para o sangue. O coração propulsiona este sangue oxigenado para os músculos e estes por sua vez, utilizam o oxigênio para queimar os nutrientes e produzir energia.

Sendo assim, a nossa capacidade física é diretamente dependente da aptidão funcional desses três sistemas.

Quando um cliente inicia um trabalho de condicionamento físico, temos que ter em mãos algumas informações e dados a respeito do mesmo, para que possamos montar um programa de exercícios onde beneficie o sistema responsável pela sua limitação.

Essas informações e dados são obtidos através de uma avaliação da condição física. Por isso a importância de uma avaliação física no inicio e reavaliações periódicas para que haja sucesso do trabalho personalizado. Vale lembrar que o cliente, também precisa de incentivo e comparações. Na avaliação física, os resultados são expressos em números, gráficos, ou colocações, o que facilita a compreensão do mesmo ; desta forma desconfie de um pretenso "personal" o qual não lhe avaliou de forma completa antes de começar um trabalho , e da mesma forma não lhe re-avalia constantemente para verificar a evolução do trabalho.

Mas por que tudo isso? Simples cada cliente é classificado de maneira diferente e sendo assim os fatores limitantes serão também diferentes.

No caso do cliente sedentário, o seu fator limitante serão os músculos, pois ele usa muito pouco ou quase nada. Então não exige tanto trabalho do coração ou dos pulmões. Quando os músculos estão aerobiamente treinados, eles possuem : mais capilaresmais combustíveis (carboidrato ou glicogênio e gordura) , mioglobina (que armazena e transporta o oxigênio do sangue para as mitocôndrias) , mitocôndrias e enzimas produtoras de energia (componentes energéticos das células).

Para o nosso cliente de vida ativa ou normal, o seu fator limitante será o coração. Pois a sua musculatura está acostumada a ser exercitada, mas o seu coração não consegue superar os pulmões em termos de fornecer oxigênio para os músculos, ou seja, precisa tornar o seu coração maior e mais forte. Quando o coração está ,digamos treinado, ele é capaz de produzir um débito cardíaco maior, liberando mais oxigênio para os músculos que estão atuando.

E o nosso ultimo cliente, o atleta, o seu fator limitante serão os pulmões. Pois tanto a sua musculatura como o seu coração estão adaptados a grandes esforços. Mas os seus pulmões não conseguem suprir as exigências dos mesmos. Conforme aumenta a intensidade dos exercícios , maior quantidade de ar devem ser levadas aos pulmões para poder fornecer oxigênio para os músculos que estiverem atuando. Lembramos que o tamanho dos pulmões varia muito pouco com a pratica de exercícios, as pessoas treinadas são capazes de ventilar volumes muito maiores de ar durante um esforço intenso, ou seja , são mais eficientes no que se refere ao transporte e à utilização de oxigênio, de forma que é necessária uma menor quantidade de ar por unidade de oxigênio consumido. Outro detalhe importante e o aumento do volume sanguíneo que ocorre, principalmente na porção liquida. As hemácias (células que transportam o oxigênio dos pulmões até os músculos que estão atuando). Com isso o sangue fica mais fluido. Mas aí, vem um detalhe interessante, segundo algumas pesquisas demonstraram que os pulmões e os músculos podem suportar mais sangue e oxigênio do que o coração é capaz de bombear. Dessa maneira o coração passa a ser também um fator limitante do atleta.

Atento a esses fatores limitantes fica fácil iniciar um trabalho seja ele convencional oupersonalizado e obter o progresso desejado , no entanto o que frequentemete acontece é que nas academias em sua grande maioria os "instrutores de musculação" nem mesmo se preocupam com as individualidades dos alunose depois de uma conversa super rápida já saem prescrevendo exercícios .

As principais características que devem nortear o nosso trabalho de condicionamento físico são:

·Tipo de atividade - que envolvam grandes massas musculares e que possam ser exercitadas de forma contínua e cíclica.

·Duração do esforço - deve ser inversamente proporcional à sua intensidade.

·Intensidade do esforço - deve ser prescrita de forma a possibilitar uma sustenção do exercício em condições de "steady-state".

·Freqüência do treinamento - preconiza uma freqüência semanal variando de três a cinco vezes.

Apenas para lembrar, a grande maioria dos nossos clientes, que querem um trabalho personalizado, são sedentários e de vida ativa, portanto eles procuram: prazer, bem-estar, qualidade de vida , lazer, prevenção e estética.

Neste caso precisamos montar um programa de exercícios que desenvolvam sua aptidão física, que são:

·Aptidão cardiorespiratória - capacidade dos sistemas circulatório e respiratório de se ajustar e de se recuperar dos efeitos das atividades.

·Aptidão corporal - quantidade relativas de gordura corpórea e massa corporal magra.

·Aptidão músculo-esquelética - flexibilidade , força muscular (força máxima) e resistência muscular (força submáxima repetidamente).

Esses três sistemas: pulmões, coração e músculos se comunicam entre si pelas vias químicas e nervosas para assegurar uma coordenação precisa e exigente de todas as atividades. Dessa maneira, quanto mais esses sistemas forem utilizados, mais fácil e prazeroso serão os exercícios físicos propostos, ou seja, os pulmões, coração e músculos se desenvolvem enquanto as articulações são mantidas flexíveis e a gordura corporal é mantida num nível saudável.

No entanto jamais devemos deixar de lembrar que antes de tudo somos treinadores, e não babas ou simples professores particulares; me deixa profundamente temeroso que no Brasil inteiro centenas de professores everedam pelo caminho do treinamento individualizado sem no entanto estarem preparados devidamente para tal fato . Para poder se intitular Personal Trainer eu não consigo conceber um Profissional sem possuir no mínimo uma especialização em treinamento desportivo, está seria a base para o mesmo ter a capacidade de fazer as mudanças necessárias Na programação, além deste o verdadeiro Personal Trainer deve estar realmente preocupado com a evolução de seus alunos , desta forma o mesmo necessita avaliar constante e periodicamente cada aluno seu , modificar e adaptar seu ciclo de treino de acordo com as necessidades destes alunos , e principalmente demonstrar interesse e garra na busca do objetivo de cada aluno.

Neste ponto é muito importante a escolha do profissional correto , e como faze-lo? Ora antes de tudo avalie a condição técnica do mesmo ; ele é formado , tem especializações , mestrados, etc..., uma boa dica é procurar por profissionais mais solicitados na academia ou clube no qual você pratica sua atividade , converse com seus clientes atuais , posso lhe afirmar com certeza é melhor trabalhar com um profissional nos moldes acima mesmo tendo que se adaptar a sua carga de horários nem sempre tão adequados a você do que com um menos requisitado e comconhecimento talvez não tão adequado só por ele estar mais a sua disposição. A partir daí verifique se o mesmo lhe passa conhecimento no que fala e não apenas joga pra cima uma série de termos técnicos só para impressionar, veja também seo mesmo demonstra interesse pelo que faz , dificilmente um profissional que não se dedica ao que faz se dedicará a você ; desconfie profundamente dos "profissionais farmaceuticos" aqueles que desde um primeiro momento já querem lhe receitar vitaminas , chás , suplementos , o seu corpo obtem tudo que precisa da alimentação o que pode faltar é um programa correto para que vc obtenha resultados , na sua grande maioria estes são os vendedores dos próprios produtos que lhe receitam e na verdade estão pensando é em como ganhar mais dinheiro com você , além disso procure verificar se este profissional malha , faz suas próprias aulas ou se é um daqueles que se contentam em ficar só falando e mandando os alunos executarem seus comandos , verifique se eleé solicito a você, grande parte dos profissionais do mercado só se preocupa com alunos se forem personais, se este for o caso é melhor avaliar de forma mais ponderada sua decisão a fim de procurar ter o melhor profissional do mercado.

O trabalho personalizado em grandes capitais mundiais já é considerado tão imprescindível como o sistema de saúde, melhor que tratar uma patologia é manter um organismo forte que não permita a instalação da mesma, além dos aspectos estéticos e psicológicos inerentes a esta atividade, um bom profissional lhe levará a atingir parâmetros físicos antes inimagináveis, e sendo assim seu EU interno encontrar-se-á muito melhor preparado para as agruras diárias.

 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Kleber Santos
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Profissional de Educação Física- Personal Trainer; Especializado em Treinamento Desportivo UNIG-RJ; Ms em Treinamento Desportivo Mariland University-USA (e-mail:[email protected])
Membro desde março de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: