SEGURANÇA EMPRESARIAL
 
SEGURANÇA EMPRESARIAL
 


SEGURANÇA EMPRESARIAL- parte 1

Siderley A. de Lima

No artigo desta edição iremos tratar sobre a segurança empresarial, sua definição e também as fases de um planejamento. Mas antes vamos ver um breve histórico da segurança privada no país.
A evolução da segurança privada no Brasil surgiu nos anos 70, com a atuação dos grupos armados de esquerda, que, para financiar seu movimento e suas ações, assaltavam bancos que até então não tinham nenhuma estrutura ou sistema de segurança. A partir de então foi criada uma determinação para obrigar o uso de segurança armada nas agências bancarias.
Na década de 80 foi publicada a Lei 7.102/83 /. "Dispõe sobre a segurança para os bancos, normas para constituição e funcionamento das empresas de segurança privada". Com o decorrer dos anos a segurança no país vem evoluindo. A Segurança Empresarial adstrita ao ambiente de segurança das instalações, está passando por diversas transformações devido ao avanço estratégico do crime e constante mudanças no contexto econômico. Mas o que vem a ser a segurança empresarial?
A definição para Segurança Empresarial é a seguinte. "Conjunto de medidas de prevenção que visa assegurar a integridade física e moral das pessoas e a proteção do patrimônio e imagem da empresa eliminando e reduzindo os riscos potenciais". Dentro de uma nova realidade, a segurança tem seu foco de atuação no desenvolvimento dos trabalhos voltados ao planejamento estratégico que tem como objetivo identificar os tipos de risco ou ameaças, a probabilidade dessas ameaças se tornarem eventos de perdas empresariais e também o efeito nos ativos ou no empreendimento caso a perda venha acontecer. Esse planejamento em segurança aliado aos recursos humanos, recursos tecnológicos, barreiras físicas, procedimentos organizacionais, sistemas integrados e também a análise de riscos irá proporcionar conforto e qualidade de vida ás pessoas, através da eliminação ou redução dos riscos conforme seja economicamente viável e tecnicamente possível de ser realizado visando à continuidade dos negócios na empresa.
Segundo o Profº de Segurança Empresarial Antonio C. R. Brasiliano, "alerta-nos para o fato de que o mundo em que vivemos está em constante mutação. Infelizmente, não sabemos quantas nem como essas mudanças podem nos afetar: Quando utilizamos à palavra risco, tentamos abranger tanto os efeitos dessas mudanças quanto nossa incapacidade de prevê-las. Se entendermos os riscos, sua conseqüência, impactos e causas, estaremos menos expostos a tais riscos", afirma o Prof Brasiliano.
Mas o que seria o risco ? O risco é uma ou mais condições de variáveis com potencial necessário de causar dano ao patrimônio da empresa, seja tangível ou intangível. Os riscos empresariais são catástrofes, incêndios, assalto, sabotagem, espionagem, chantagem, roubo de carga e seqüestro.Diante de tais riscos é necessário a análise de risco que é o processo de analisar ameaças e vulnerabilidades com o propósito de dar uma opinião profissional sobre o impacto de bens ou valores.
 
Avalie este artigo:
1 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Siderley Andrade
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Consultor de segurança e diretor da CS3 Consultoria em Segurança, instrutor de armamento e tiro, graduando no curso de gestão em segurança privada, colaborador do CONSEG Alphaville/Tamboré, colunista do Jornal Viva Cidade.
Membro desde julho de 2010
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: