O Que é Preciso Para Ser Vendedor?
 
O Que é Preciso Para Ser Vendedor?
 


Um cliente que estava fechando as portas de sua loja e perguntou se eu tinha uma vaga para ele ser um vendedor. Na hora não questionei sobre o que estava havendo; agora reflito melhor e será que este cliente, com experiência na venda interna será um bom vendedor, com atuação externa?

 

Tudo na vida pode ser apreendido e algumas pessoas já trazem consigo certas facilidades que a psicologia explica, enquanto outros, por mais que tentam, não conseguem aprender determinada arte ou função.

 

A arte de vender pode ser aprendida; uma das melhores escolas é justamente a venda interna. Quem mais sabe do que um cliente quer, senão o balconista, que ao vê-lo adentrar na loja, abre em sua mente o leque de novidades e cruzando com as informações sobre o seu histórico (preferência e tamanho), o recebe de braços abertos e quando menos espera, está na frente do caixa, pagando a compra; muitas vezes, por termos o desejo e não necessidades, somos surpreendidos por excelentes profissionais que transformam nossos desejos em necessidades e a venda está feita.

 

Hoje, as empresas exigem que os vendedores constituam uma empresa de representação limitada. (mais de um sócio), com CNPJ; que sua sede tenha alvará e que o sócio atuante seja inscrito no CORE - Conselho Regional dos Representantes Comerciais -. Estes vendedores devem ter muito dinheiro no bolso para o sustento porque somente verão a comissão na quinzena posterior ao mês do pagamento das duplicatas pelos clientes e esquecem da experiência e que saibam realmente vender.

 

Para ser vendedor basta um cliente, dizia um velho amigo, mas será mesmo que isto é suficiente? No Japão, dizem os que lá vão, tem máquina para tudo: basta que alguém as abasteça com diversos produtos que, ao colocarmos uma moeda, obteremos o que precisamos e isto é um ponto de venda estratégico, mas onde está o vendedor caso a moeda tranque ou se o produto não for o esperado?

 

Para ser vendedor tem que haver alma, corpo e dedicação nesta arte. Não importa se tenha empresa ou se seja autônomo; se tenha uma carteira repleta de clientes ou se for de venda porta a porta. O quê o mercado precisa é de pessoas que gostem de vender e vender não é sentar-se a frente de um comprador e copiar o que ele dita, nas quantidades exatas e com os preços negociados. Vendedor é aquele que consegue perceber o que o comprador precisa, quando não, mostrar-lhe que, em comprando o que vende, seu negócio prosperará.

 

É claro que existem outros quesitos para ser vendedor, mas comece gostando do que faz e tenha em mente que senão satisfizer as necessidades e os desejos do seu cliente, vendedor não é.

 

Oscar Schild, vendedor, gerente de vendas e escritor.

http://www.grandesvendedores.com.br

 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Oscar Marques Schild
Talvez você goste destes artigos também