Gestão De Pessoas
 
Gestão De Pessoas
 


Os avanços da tecnologia contribuíram muito para o desenvolvimento das organizações. O emprego da robótica e de máquinas com alta capacidade de resolução agilizaram as atividades do dia-a-dia das empresas, produzindo em menor tempo produtos com melhor qualidade e baixos custos devido ao volume da produção.

As máquinas realizam hoje, algumas atividades que o homem não teria condições de desempenhar em termos de eficiência e eficácia. A tecnologia é uma grande aliada das instituições, mas não pode desempenhar atividades relacionadas ao lado humano, ou seja, existem coisas que só uma pessoa pode desenvolver bem.

Pelo fato das pessoas constituírem um grupo de vital importância para o funcionamento de qualquer instituição empresarial, é imprescindível que os gestores primeiramente elaborem um planejamento de gestão de pessoal. É necessário efetuar um levantamento das necessidades em termos de recursos humanos na empresa. Iniciando com a quantidade de oportunidades disponíveis, o nível de capacitação dos indivíduos e finalizando com o capital dedicado a este investimento.
 
O planejamento se torna indispensável não somente pelo intuito de atrair pessoas compatíveis com as oportunidades disponibilizadas pela organização, mas também visando que seja concretizado o objetivo principal da instituição.

O planejamento de gestão de pessoal tem que alinhar a realidade social aos objetivos da empresa.O mercado disponibiliza mão-de-obra em excesso, mas cabe aos profissionais da área de gestão de pessoas da organização, saber filtrar aqueles que possuem o perfil da empresa. Em outras palavras, a maioria não usufruiu um acesso à educação, por este ser muito restrito em nossa sociedade e também pela atual situação econômico-financeiro na qual se enfrenta.

A gestão de pessoas auxilia na percepção do indivíduo que compõe a empresa, como é o seu comportamento, os seus anseios e as sua necessidades. Os indivíduos, diferentemente das máquinas ao vivenciarem a rotina diária podem oscilar muito em relação aos seus objetivos profissionais.

Para uma boa manutenção da gestão de pessoas em uma empresa, os gestores têm que estar sempre atentos as repentinas mudanças do cotidiano.Os executivos têm que voltar a sua atenção para as necessidades dos indivíduos que compõe a sua empresa. Pois, os funcionários são os principais responsáveis pela execução de planejamentos e atingimento de metas.

Propiciar boas condições de trabalho que objetive a qualidade de vida do colaborador é essencial não só para o funcionário desempenhar bem as tarefas que lhe são atribuídas, mas também para auxiliar como fator de motivação para o trabalho. Os indivíduos tendem a se desmotivar muito rapidamente, seja pelas condições oferecidas para desenvolver o seu trabalho, pelas atividades que exerce, pelo salário que recebe ou pelo relacionamento com os colegas.

Tendo em vista a retenção de talentos, os executivos vinculados à gestão de pessoal devem desenvolver ferramentas motivacionais para os seus funcionários. A falta de motivação para o trabalho constitui em média quarenta por cento o indicador de rotatividade de pessoal de uma empresa. Por isso, fazem-se essenciais a análise do ambiente propiciado ao indivíduo e a suas pretensões profissionais.
 
Avalie este artigo:
1 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Thais Fátima L Oliveira
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Administradora de Empresas e escritora, especialista em Gestão Estratégica de Negócios e Pessoas. Profissional com doze anos de experiência no mercado, sendo sete anos dedicados à área de Recursos Humanos, com atuação em importantes empresas privadas e públicas de pequeno, médio e grande porte, enga...
Membro desde fevereiro de 2007
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: