CAMINHOS
A ansiedade que envolvia minh'alma deu lugar a serenidade e ao sorriso largo
Passei a gostar do que faço! Meu caminho e as distancias encurtaram sem perder o percursso, o rumo e a direção
Olhei o retrovisor com outros olhos e o cenário abriu novas janelas para o coração que, outrora abatido, encontrasse motivos para o perdão consciente e resignado
Aprendi que o tolo tropeça e cai abraçado em suas tolices e vaidades
Reforçou-me a convicção de que o sábio recebe dupla honra e um manto de resiliêcia e graça repousa sobre todos os seus dias
Aprendi também que existe um jeito simples de ver e sentir cada experiência que a vida e as pessoas nos proporcionam
Ao final do percurso constatei que minhas vestes ficaram pequenas e que preciso continuar no caminho e crescer.
Por: Lourival Jose Costa 26/02/2016 às 20:25hs