Erwin Schrodinger.
 
Erwin Schrodinger.
 


 

  

Quem foi Erwin Schrodinger.

1887-1961.

Físico e Biólogo desenvolveu grandes teorias no inicio do século passado, criou principalmente uma equação que descreveu o comportamento do elétron atômico.

Em volta do seu principal núcleo, ele estava profundamente preocupado em entender as implicações filosóficas dos novos rumos da Física teórica.

Posteriormente escreveu um livro muito interessante que influenciou o mundo acadêmico. O que é a vida? Livro pequeno, mas sem dúvida muito importante para entender, sobretudo no início do século xx, a profunda relação que sempre existiu entre a Biologia e a Física.

A tese fundamental do livro, o entendimento do gene, não mais como uma unidade numérica porque nesse aspecto não interessava tanto a Física, como do mesmo modo a Biologia.

Mas em referência a outro ângulo que foi descrito, como uma substância física, tinha que necessariamente ser estável e ao mesmo tempo mostrava uma imensa variedade, o que é exatamente interessante.

Também sempre teve interesse a respeito dos avanços realizados no estudo da teoria quântica, que existia certo acúmulo de inconsistência, sobretudo em consideração ao comportamento dos elétrons.

Outro aspecto considerável a ser entendido se deu graças a estudos técnicos formulados por Louis Victor de Broglie, transformou-se no grande interesse elaborado posteriormente.

Ele tinha sugerido de maneira muito inteligente, da mesma forma em que Einstein havia formulado em que as ondas de luz se comportam como partículas.

Em certa circunstancia as partículas atômicas poderiam ter o mesmo comportamento, essa possibilidade deixou Schrodinger muito entusiasmado, sobretudo, quando estudava as teorias de Broglie.

O que fez Schrodinger, ele simplesmente colocou a hipótese de Broglie numa equação matemática, entendendo o elétron não como um ponto em diversos locais, em volta de um átomo, com exclusividade em um único lugar, isso até então era novo em Física quântica.

A grande novidade passando a uma nova acepção o elétron passou ser visto como uma onda vertical, sempre em volta ao núcleo do átomo, com níveis definido de energia, para demonstrar a sua teoria publicou vários artigos como fez exatamente Einstein.

Ao mesmo tempo em que Schrodinger concebia acepção da teoria da equação da onda, outro físico muito importante Werner Heisenberg, descreve o comportamento das partículas subatômicas.

Para resolver uma questão básica a essa teoria foi necessário à explicação da hipótese dos pulos quânticos, o que para ele não era inteiramente aceitável.

Diante do impasse como fórmula explicativa da velocidade do átomo, outro físico importante sugeriu como saída científica a questão da probabilidade do entendimento da velocidade do elétron. Hipótese desenvolvida por Max Born.

Nesse caso em específico o elétron tinha tão somente forma de onda, teoria defendida por Schrodinger, com isso uma nova teoria quântica havia nascido.

Ao contrário, o renomado físico Niels Bohr, acreditava ser essa descrição um pouco de ilusão não técnica, pois pensava que as partículas subatômicas não poderiam ser totalmente descritas.

Foi quando Schrodinger pensou que sua teoria pudesse a princípio levar a um entendimento completo do átomo, assim como Einstein continuou procurando uma teoria unificada para explicação da matéria, mesmo assim publicou a sua famosa teoria da mecânica da onda.

Posteriormente em outro período de estudos, influenciado até certo ponto pelo famoso astrônomo Arthur Eddington, Schrodinger teve seu segundo momento de gênio, resolveu escrever o seu brilhante livro de Biologia relacionada com a Física. O que é a vida?

Nesse livro ele procurou dar explicações de possíveis funções celulares de acordo com as leis da termodinâmica.

Ele tinha a ideia que os genes controladores da entropia ou da desordem que se desenvolve em qualquer sistema, ao que se refere ao mundo da Física, e, tudo que existe nele em forma de matéria ao que se refere ao mundo específico das Ciências da natureza.

Com efeito, em relação a essa comparação em noção a Física como fundamento da vida, a impossibilidade da mesma sem a matéria.

Podia se naturalmente ser entendida através das propriedades da Física e também da Química, o que significa basicamente as mesmas propriedades.

Em respeito do livro O que é a vida? Diz outro físico, Roger Penrose, significa o esforço para o entendimento de alguns mistérios dela mesma.

O livro apesar de equívocos naturalmente em aspectos consideráveis exerceu grande influencia sobre Francis Crick e James Watson, os dois formuladores da descoberta da molécula de DNA.

Schrodinger um grande cientista seus trabalhos dão margem a um entendimento fascinante, influenciando boa parte dos cientistas que vieram posteriores a ele.

Sua teoria a respeito das ondas, cujo objetivo foi evitar os chamados pulos quânticos, permaneceu de certo modo ligada às antigas ideias de uma realidade subjacente à própria realidade do mundo das partículas e, sobretudo, da realidade da Física quântica.

Quanto o livro O que é a vida? Os seres vivos são caracterizados pela entropia negativa, hoje considerada como errada pela Ciência.

O fato mais importante em relação Schrodinger ao que se refere à equação da onda fui um estudo de fundamental importância para teoria da mecânica quântica.

Trouxe ao mundo dos físicos os benefícios práticos de grande importância. A respeito do seu outro livro de grande relevância a disciplina de Biologia. O que é a vida?

Não se pode negar o seu valor, isso em consideração a influência proporcionada pelo mesmo em respeito não apenas a relação dele com a Física, como já se falou, mas também na influência do desenvolvimento da própria Biologia.

No caso de maior contribuição do desenvolvimento dos estudos de DNA, mas também no favorecimento da construção dos estudos da Biologia molecular.

Seu grande valor a sua maior contribuição em geral dos estudos da natureza em referência aos grandes avanços da Ciência.

Edjar Dias de Vasconcelos.

 
Avalie este artigo:
(5 de 5)
9 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Edjar Dias De Vasconcelos
Sobre este autor(a)
Bacharel em Teologia pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção - Arquidiocese de São Paulo com graduação máxima no Exame De Universa Theologia. Licenciado em Filosofia e História pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC-MG. Experiência na orientação de estudo...
Membro desde junho de 2012
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: