Vivendo fora de sintonia!

Certa vez estava viajando de carro e, determinado momento comecei a ouvir uma música muito linda. Mas, como estava atravessando a divisa de duas cidades nas montanhas, logo no início da música a rádio onde estava tocando saiu de sintonia e qual não foi a minha aflição ao tentar procurar colocar aquela faixa do rádio novamente em sintonia para tentar ouvir a música.

               

Fiquei pensando sobre isso pois na nossa vida, constantemente encontramos pessoas cujas vidas parecem rádios totalmente fora de sintonia. Pode se ouvir alguma coisa boa dessa forma? Com certeza não! 

Existem muitas pessoas assim; dão opnião onde ninguém pediu, criticam pessoas que nunca lhe fizeram nada, tentam mostrar que sabem tudo apenas pra apontar defeitos nas coisas que os outros estão fazendo quando elas mesmas não fazem nada de útil pra ninguém. Sabe o que elas são? São pessoas vivendo fora de sintonia.

Todo mundo já passou por uma situação assim. Acontecendo só de vez em quando, tudo bem, vai pra conta dos vacilos comuns a qualquer um de nós. O problema é quando você fora de sintonia todos os dias, quando isso começa a fazer parte da sua rotina de vida.

Quais são os tipos mais comuns de pessoas vindo fora de sintonia? São aquelas que não se comprometem com nada: nem com um ofício, nem com um relacionamento, nem com as próprias opiniões. Estão sempre alheias a tudo e a todos, pousando sem sentimento nenhum, brigando por idéia nenhuma, jamais se responsabilizando pelo que fazem, pois nada fazem. Parece que pra essas pessoas respirar já é uma tarefa árdua e suficiente. E os dias passam, e eles passam, e nada fica registrado, nada que valha a pena lembrar. São pessoas que não vivem, apenas passam pela vida, pois quando partem ninguém se lembra de que um dia elas existiram.

Mas existem ainda aquelas pessoas, em vez de viverem suas próprias vidas, ficam patrulhando a existência dos outros, decretando o que é certo e errado para os outros, não tolerando formas de vida que não sejam padronizadas, se envolvendo com fofocas, sem dedicar o mesmo empenho e tempo para elas mesmas.

Viver ao lado de pessoas assim é como tentar ouvir música num rádio fora de sintonia, é horrível, não tem como ouvir de forma harmoniosa e tranquila. Na verdade ninguém gosta de ouvir rádio fora de sintonia e nem de ficar ao lado de pessoas que vicem dessa maneira, não é mesmo?

Mas e nós, será que não nos tornamos pessoas fora de sintonia quando deixamos para amanhã o que poderíamos fazer hoje? Quando deixamos de procurar um amigo, quando deixamos de ler a Palavra de Deus, quando achamos que tudo é muito difícil ou cansativo demais ou quando achamos que tudo pode esperar ou ser adiado? Quando acreditamos que a nossa presença pode ser substituída por meros presentes ou pequenas lembranças?

Quando não sabemos de onde viemos e nem sabemos para onde iremos ou qual é a nossa verdadeira missão nesta terra, que passamos a viver a nossa vida completamente pautada pelas regras impostas pela mídia televisiva, nos preocupando muito mais com o que dizem do que com aquilo que realmente somos, eu e você passamos a ser pessoas vivendo fora de sintonia e isso não é bom pra mim, pra você e pra ninguém. Lembre-se: o tempo de mudança é agora. E para isso, que Deus nos ajude depressa, antes que as pessoas ao nosso redor comecem a reclamar da nossa terrível presença!

Pastor Adilson Batista Amelio

Email: advogadoevangelico@gmail.com