O exemplo de Enoque

E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou.” – Gênesis cap. 5 vers. 22 e 24.

Nos dias atuais temos vivido um tempo de grandes e constantes mudanças em todas as áreas da vida; temos vivido também um tempo muita praticidade e um auto grau de acomodação. No capo religioso temos visto uma geração que tem adotado o que se pode chamar de “evangelho fácil”! E o que podemos chamar de “evangelho fácil”? É um tipo de evangelho sem profundidade, sem arrependimento, sem compromisso, sem profundidade e sem santidade, onde o foco central não é a vontade de Deus mas sim a vontade pessoal de cada um.

Mas, ao contrário de tudo que temos visto por aí, a grande verdade é que Deus sempre procura chamar homens e mulheres para andar verdadeiramente com Ele. Não é um andar na carne e nem numa dimensão física, mas andar com Ele no sentido espiritual e até sobrenatural.

Através deste breve estudo, precisamos aprender com o exemplo de Enoque como fazer para conseguirmos andar com Deus nos dias atuais.

Em primeiro lugar, a bíblia diz no texto acima que “andou Enoque com Deus”. E andar com Deus não significa viver isolado e nem em qualquer tipo de clausura, mas sim, procurar ter intimidade com Deus, mesmo vivendo em um mundo perverso e violento com este em que vivemos atualmente. Com certeza, andar com Deus não é tarefa fácil, mas é preciso que este alvo possa continuar sendo perseguido mesmo entre os espinhos e os obstáculos.

Em segundo lugar, andar com Deus implica em caminhar com a compreensão de que os olhos dEle estão sobre nós 24 horas por dia. E foi isso que Deus ensinou para Abraão em Gênesis cap. 24 vers. 40: “Ele me disse: O SENHOR, em cuja presença eu ando…” Gn 17:1: “Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito”.

Em terceiro lugar, andar com Deus significa estarmos dispostos a estarmos separados do mundo, termos a coragem de sermos diferentes no meio desta geração. Quando a Bíblia diz sobre Enoque “e já não era” significa que ele já não “existia” mais pra si mesmo e sim pra Deus. Esse era o nível de intimidade que Enoque tinha com Deus. João Batista chegou a  dizer: “Convém que ele cresça e que eu diminua”. E essa atitude foi tão importante que o próprio Jesus chegou a dizer dele depois: “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista…” – Mateus cap. 11 vers. 11. Foi justamente porque João aprendeu a diminuir que Jesus o chamou de o “maior” entre os nascidos de mulher.

Finalmente, precisamos lembrar que, no meio de uma geração onde muitos procuram “brilhar” e trazer a glória para si mesmos, Deus tem procurado homens e mulheres que se disponham a manifestar apenas e tão somente a glória de Cristo.

Quando nos dispomos a andar com Deus, Ele nos toma para si ao ponto de manter uma grande intimidade conosco revelando para nós os seus mistérios e a sua vontade a cada dia.

Precisamos aprender com o exemplo de Enoque, se quisermos realmente aprender a andar com Deus também nos dias atuais. Eu tenho tentado andar com Deus; e você?

Pastor Adilson Batista Amelio

Email: advogadoevangelico@gmail.com