Aprendendo a lidar com a frustração

A frustração é sem dúvida um sentimento que todos nós, mais cedo ou mais tarde, vai ter de encarar na vida. A frustração é uma espécie de sentimento que sempre aparece quando nos vemos impedidos de conquistar alguma coisa ou algum sonho em particular, ou mesmo a realização de algum desejo em particular.

As causas da frustração podem ser de vários tipos como, por exemplo a falta de algum bem material que desejamos muito ou até mesmo quando enfrentamos alguma dificuldade que nos impede de realizar nossos desejos pessoais. Por exemplo, a frustração pode surgir quando terminamos um relacionamento, quando ficamos reprovados numa entrevista de emprego, quando não passamos no vestibular, entre outras coisas.

Não foi diferente na vida do Profeta Elias. De acordo com o texto de 1 Reis cap. 19 vers. 8 a 18, logo após a grande e incontestável vitória no Monte Carmelo, muito provavelmente ele deve ter achado que viria um tempo de tranquilidade. Afinal, seu nome ficou muito popular depois daquele evento tão marcante. Mas, ao contrário, quando Elias ficou sabendo que a rainha Jezabel queria tirar sua vida a qualquer preço, foi imediatamente tomado de uma espécie de sentimento de frustração que o fez se sentir tão mal ao ponto de ter se esconder em uma caverna e desejar a própria morte.

Mas a grande pergunta que fica é: Se a frustração é praticamente inevitável onde, em algum momento das nossas vidas todos nós teremos de enfrenta-la, como podemos fazer para lidar um este tipo de sentimento chamado frustração?

Em primeiro lugar, a melhor maneira de lidar com a frustração é fazer uma análise interior e tentarmos descobrir as causas da frustração que estivermos enfrentando. Mas, se for muito difícil fazer isso sozinhos, recomenda-se que procuremos a ajuda de profissional habilitado para tal.

Normalmente, existem as pequenas frustrações do dia-a-dia que, na maioria das vezes são fáceis de serem contornadas ou resolvidas. E para que isso aconteça, precisamos entender que nem todos os nossos desejos podem ser satisfeitos ou realizados. Fazendo assim fica muito mais fácil lidar com a frustração.

Em segundo lugar, uma boa maneira de lidar com a frustração é tomarmos consciência de que tudo na vida tem o momento certo para acontecer e nem sempre acontece do jeito que desejamos. Quando encaramos a frustração dessa forma, as coisas ficam muito mais fáceis pois entendemos que para alcançarmos alguns objetivos nem sempre dependerá somente de nós. Muitas vezes, existem outras pessoas envolvidas e precisamos entender e aceitar que seu tempo de agir nem sempre coincide com o nosso tempo.

Agora, se a causa de não conseguirmos realizar os nossos sonhos está baseada apenas em algum tipo de medo, insegurança, falta de autoconfiança ou outra limitação particular, precisamos entender, dessa forma, seremos tomados por um sentimento de incapacidade que, com certeza, servirá apenas para aumentar ainda mais a realidade da frustração diante de nós. E é justamente por isso que precisamos fazer uma verdadeira introspecção e tentar descobrir qual é a verdadeira causa da nossa frustração, se a causa é interna ou externa.

Quando aprendemos a definir as causas da nossa frustração, descobriremos facilmente quais são as causas que dependem de uma reação nossa ou aquelas que não dependem apenas de nós.

Normalmente a frustração é mais difícil de ser enfrentada por crianças e adolescentes, normalmente bem impulsivos em função da imaturidade diante das difíceis e variadas situações do dia-a-dia.

Não podemos esquecer nunca que a frustração faz parte da vida adulta, que nem sempre nossos sonhos e desejos serão realizados, e encarar a frustração com uma dose maior de realismo, com certeza será muito importante para o nosso crescimento interior.

O importante é não perder de vista que libertar-se da frustração exige uma atitude de nossa parte, caso contrário nos tornaremos amargos, mal-humorados e incapazes de desfrutar os bons momentos da vida.

Precisamos aprender com o profeta Elias que, dentro da caverna, soube refletir sobre todos os acontecimentos vividos anteriormente. Mas, no momento certo soube depender das orientações recebidas diretamente de Deus.

Finalmente, faz-se por demais importante entendermos que não devemos nos deixar dominar pela frustração e uma das maneiras mais fáceis de fazer isso é lembrarmos as grandes dificuldades enfrentadas e vencidas anteriormente, sempre lembrando a Palavra de Deus que diz: “Se Deus é por nós quem será contra nós?” E você, está na caverna agora? Aproveite para ouvir a voz de Deus que, com certeza está te perguntando como fez com Elias; "Que fazes aí?"

Pastor Adilson Batista Amelio

Email: advogadoevangelico@gmail.com