Aprenda a transformar Derrota em Vitória!

 

No Livro de Josué cap. 8 vers. 1 à 7 encontramos uma interessante história real onde Israel se exaltou sobre a pequenina Cidade de Ai.

 

De acordo com esta narrativa bíblica, podemos observar como Deus conduziu Israel nas conquistas e está disposto a conduzir cada um de nós também!

 

Precisamos reconhecer que Derrota, Perda, Fracasso são palavras que não deveriam constar no vocabulário do povo de Deus, se dependesse apenas da vontade dEle. Mas, por causa da nossa rebeldia e desobediência, às vezes Deus permite a derrota para que possamos entender o quanto dependemos do Senhor em nossas vidas. Infelizmente, existem determinados tipos de lições que só podemos aprender através do fracasso e da derrota.

Mas, o que fazer diante das derrotas da vida? É realmente possível transformar derrota em vitória?

De acordo com este texto registrado por Josué,  podemos  verificar três maneiras pelas quais nós temos condições de, com a ajuda de Deus, obter vitórias em nossa vida.

 

Em primeiro lugar, através daquela derrota, Deus ensinou ao Povo de Israel que, para transformar derrota em vitória, é muito importante que queiramos restaurar a nossa comunhão com Ele. Israel foi derrotado porque havia perdido a Comunhão com o Altíssimo. Com certeza, nas nossas vidas, não é diferente!

 

De acordo com este triste exemplo, precisamos aprender a força humana pode resultar em fracassos, sem a ajuda divina, e é por isso que dependemos de Deus. Existem várias lições que o pecado de Acã nos ensina e, entre elas, podemos citar:

 

O pecado de Acã ensina que o erro de um pode resultar no fracasso de todos os integrantes do grupo.

 O pecado de Acã ensina que nas pressões da vida corremos o perigo de termos reações precipitadas.

O pecado de Acã ensina que Deus exige santidade de Seus filhos.

O pecado de Acã ensina que Deus pode utilizar-se de métodos humanos para revelar verdades ocultas que desconhecemos.

O pecado de Acã ensina que a confissão da culpa glorifica o nome de Deus, e beneficia os seres humanos.

O pecado de Acã ensina que Deus está sempre pronto a perdoar o seu povo.

 

Precisamos entender que, quando restauramos a nossa comunhão com Deus, temos mais facilidade em reconhecer de fato, quem são, de fato, os nossos inimigos que temos de enfrentar.

 

Em segundo lugar, para transformar a derrota em vitória, não podemos e nem devemos subestimar os nossos adversários. Israel foi derrotado exatamente pelo fato de ter subestimado o pequeno Exército da Cidade de Ai.

 

Muitas pessoas são derrotadas na vida por não observar lições importantes como estas. Como você vê a vida? Como você se vê e como você vê as pessoas ao seu redor?

Conta-se que, enquanto um professor estava ensinando a um grupo de alunos, ele apanhou uma folha de papel enorme e fez um ponto bem no centro com a sua caneta tinteiro. Então, ele ficou segurando a folha para que todos pudessem enxergar e perguntou: "O que vocês estão vendo?" Rapidamente um deles respondeu: "Eu vejo um ponto preto." "Correto!", respondeu o professor. "O que mais vocês estão vendo?" Houve um completo silêncio. "Vocês não conseguem ver mais nada além deste ponto preto?" perguntou ele. E todos responderam em coro: "Não!"

"Muito me admira a resposta de vocês", disse o professor. "Vocês simplesmente deixaram de ver a coisa de maior importância - a folha de papel”. Então ele fez a aplicação. Ele disse que em nossas vidas frequentemente somos distraídos por pequenos desapontamentos como um ponto ou pelas experiências dolorosas e logo ficamos propensos a esquecer as inúmeras bênçãos recebidas das mãos de Deus. Mas, como a folha de papel, as boas coisas são muitíssimo mais importantes do que as adversidades que com tanta facilidade monopolizam a nossa atenção.

 

Gosto sempre de dizer que a vida é uma guerra, e toda guerra é feita de várias batalhas. O fato de perder uma batalha não quer dizer que perdemos a guerra!

 

Pare de olhar para os "pontos negros" de sua vida e concentre a sua atenção na "folha" de fundo da sua vida que é a bondade e a misericórdia de Deus.

 

Em terceiro lugar, precisamos entender que, para transformar derrota em vitória, precisamos confiar em Deus com todas as nossas forças. Precisamos entender e reconhecer que, sem Deus, somos falíveis, mas com Ele, somos invencíveis!

 

Compartilho aqui a história real acontecida com um alpinista que sempre buscava superar mais e mais desafios. Ele resolveu, depois de muitos anos de preparação, escalar o Aconcágua. Mas ele queria a glória somente para ele, e resolveu escalar sozinho sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada dessa dificuldade.

 

Ele começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde, porém ele não havia se preparado para acampar resolveu seguir a escalada, decidido a atingir o topo. Escureceu, e a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, e não era possível mais enxergar um palmo à frente do nariz, não se via absolutamente nada. Tudo era escuridão, zero de visibilidade, não havia lua e as estrelas estavam cobertas pelas nuvens.

Subindo por uma "parede", à apenas 100 metros do topo, ele escorregou e caiu... Caía a uma velocidade vertiginosa, somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na mesma escuridão, e sentia a terrível sensação de ser sugado pela força da gravidade. Ele continuava caindo e, nesses angustiantes momentos, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que ele já havia vivido em sua vida. De repente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade...! Como alpinista experimentado, ele havia cravado estacas de segurança com grampos a uma corda comprida que fixou em sua cintura.

Nesses momentos de silêncio, suspenso na mais completa escuridão, não sobrou nada para ele além do que gritar: "Oh, meu Deus! Me ajude!"

De repente uma voz grave e profunda vinda do céu respondeu:

"O que você quer de mim, meu filho?"

"Me salve, meu Deus, por favor!"

"Você realmente acredita que eu possa te salvar?"

"Eu tenho certeza, meu Deus."

"Então corte a corda que te mantém pendurado..."

Houve um momento de silêncio e reflexão. O homem se agarrou mais ainda a corda e refletiu que se fizesse isso morreria...

Conta o pessoal de resgate que no outro dia encontrou um alpinista congelado, morto, agarrado com força com as suas duas mãos a uma corda... à tão somente dois metros do chão.

 

E essa pergunta também vale pra cada um de nós; às vezes estamos “seguros” demais nas nossas próprias “cordas” e deixamos de confiar em Deus. Para transformar derrota em vitória, temos de ter a coragem de “soltar as cordas” e crer que Deus sempre pode fazer por nós até o impossível.   

 

Finalmente, para transformar derrota em vitória, precisamos nos dispor a aprender identificar quais são as lições que a derrota pode nos oferecer. Aprender com o fracasso é o segredo dos grandes vencedores!

 

Pr Adilson Batista Amelio

Email: pastoradilsonbatista@gmail.com