Resumo O presente trabalho tem como objectivo produzir o biogás a partir de resíduos vegetais (cascas de frutas e legumes) gerados pela população da Vila Municipal de Massinga. O mesmo visa demonstrar a possibilidade de produzir o biogás a partir dos resíduos vegetaiscolectados no local em estudo.O biogás é um biocombustível composto maioritariamente por Metano (com 40 a 80 %;seguido do Dióxido de carbonocom 40 a 20 %. A presença do Metano no biogás produzidofoi identificada no laboratório pelo teste de combustão, e a quantidade do Metano foi determinada pelo método estequiométrico e pelo uso do aparelho analisador do biogás (Geotech GA 5000). Durante a combustão do biogás, verificou-se o aparecimento de uma chama de cor azul-claro.A quantidade do Metano aumentou de 0 % obtido no primeiro dia de produção para 59,4 % de Metano obtido no trigésimo dia de produção, quantidadeesta encontrada com o uso de Geotech GA 5000. Sendo assim, com os resíduos vegetais da Vila Municipal de Massinga produziu-se biogás. Palavras-chave: biogás, resíduos vegetais, energias renováveis, biodegradação anaeróbica. Abstract The objective of this work is to produce biogas from vegetable residues (fruit peels and vegetables) generated by the population of Massinga Municipal Village. The work aims to demonstrate the possibility of producing the biogas from the vegetable residues found in the local of the study. Biogas is a biofuel composed mostly of Methane (with 40 to 80%; followed by Carbon dioxide with 40 to 20%. The presence of Methane in the produced biogas was identified in the laboratory by the combustion test, and the amount of methane was determined by the stoichiometric method and by the use of the biogas analyzer apparatus (Geotech GA 5000). During the combustion of the biogas, there was the appearance of a flame of light blue color. The amount of Methane increased from 0% obtained on the first day of production to 59.4% of Methane obtained on the thirtieth day of production with the use of Geotech GA 5000. Thus, it is possible to produce biogas with the vegetal wastes of Massinga Municipal Village. Key words: biogas, plant residues, renewable energies, anaerobic biodegradation. Introdução 1() Graduada no Curso de Ensino de Química, Universidade Pedagógica – Delegação de Massinga. +258 846562228 / 849541241.jilodianhassengo@gmail.com 2() Docente orientador, Universidade Pedagógica – Delegação de Massinga. jilodianhassengo@gmail.com 2 O biogás foi descoberto por Shirley, em 1667. Entretanto, só em 1776 Alessandro Volta reconheceu a presença do Metano no gás dos pântanos, daí o biogás começou a ser produzido em larga escala na China e Índiapara atender às necessidades energéticas rurais. (ICLEI, 2009apud ZILOTTI, 2012). Quando a matéria orgânica é biodegradada pelas bactérias anaeróbicas (Clostridiumsp,Syntrophomonase, Methanobacterium), à temperatura de (20 a 40º C) e o pH de (6 a 8),origina biogás, que é uma mistura gasosa combustível composta na sua maioria por Metano(, seguido de Dióxido de carbono (,o vapor de água(,oSulfeto de hidrogénio, Hidrogénio (e Nitrogénio(. (OKAMURA, 2013);(OLIVEIRA, 2009).Estepotencialque os resíduos vegetais tem de gerar o biogás deve-se ao facto de a matéria orgânica ser constituída de macromoléculas como carboidratos, proteínas e lípidos que são convertidos pelas bactérias anaeróbicas em biogás. (NOGUEIRA, 1986 apud COLAÇO, at al. 2001). Na Vila Municipal de Massinga, os resíduos vegetais domiciliares e comerciais, são depositados em locais inapropriados (lixeiras próximas às residências), talvez tal actividade deve-se a insuficiência na reciclagem e/ou reaproveitamento desses resíduos. Os principais locais de geração dos resíduos vegetais comerciais na Vila Municipal de Massinga são os mercados: municipal e central, onde o Conselho Municipal faz a recolha para posterior depósito nas lixeiras(ao céu aberto), situadas nos bairros 7 de Setembro eEduardo Mondlane. Então, pelo facto do destino final dos resíduos vegetais na Vila Municipal de Massinga não obedecer ao regulamento e legislação sobre o Meio Ambiente, este trabalho aparece com o intuito de demonstrar a possibilidade de aproveitar os resíduos vegetais (cascas de frutas e legumes) para produzir o biogás, que o mesmo pode vir a ser usado em pequena escala nas comunidades como por exemplo na confecção de alimentos. A produção de biogás a partir de resíduos vegetais na Vila Municipal de Massinga, pode contribuir também para a preservação do meio ambiente, reduzir o depósito dos resíduos nas lixeiras,reduzindo desta forma a emissão de poluentes para a atmosfera como o Dióxido de carbono, o Metano, compostos de Enxofre, e aumentar a viabilidade e saneamento básico do meio. Biogás O biogás é resultado da biodegradação anaeróbica dos resíduos vegetais, efluentes ou lixo industrial, fábricas de alimentos, lodo de esgotos, em condições adequadas de humidade, temperatura e pH desses resíduos dentro do biodigestor.OLIVEIRA (2009). É considerado 3 fonte de energia renovável podendo ser utilizado alternativamente nos equipamentos electrodomésticos, nos geradores de irrigação dos campos agrícolas, alternando o uso dos combustíveis fósseis como o carvão mineral, petróleo bruto e gás natural. (GIACOBBO, 2013).