Resumo

A competência e a prática pedagógica vão além dos conteúdos ensinados dentro de uma sala de aula e do espaço escolar. O ato de ensinar às crianças é uma das responsabilidades do pedagogo, mas não é somente sua única função como docente. Ainda assim, no tempo atual a atuação do pedagogo é atribuída também a outras funcionalidades não escolares. Este estudo se realize em função da contribuição de pedagogos nas empresas, visto que na contemporaneidade esses profissionais vêm conquistando seus espaços, para o avanço e melhor envolvimento dos colaboradores nas empresas, realizando formações, treinamentos, ensinos, programas e projetos, contribuindo para o progresso da organização, assim, também que os funcionários dispostos a colaborar com os projetos definidos para a empresa. Partindo dessas hipóteses, este artigo procura mostrar que o pedagogo empresarial é um profissional que busca contribuir com o avanço e o sucesso das organizações no dia a dia. No que diz respeito ao papel do pedagogo nas empresas, ele tem como as suas principais atividades ligadas à formação e à capacitação de pessoas no espaço empresarial. A metodologia adotada para realizar este estudo foi baseada nas pesquisas bibliográficas ou documentais exploratórios com análise qualitativa de dados adquiridos através dos livros, artigos científicos, meio digitais relacionados ao tema empresarial. Através desse trabalho, chegamos ao resultado de que as empresas, hoje em dia, investem nos seus colaboradores para obter o melhor resultado possível dentro e fora do ambiente de trabalho. Entendemos, portanto, que o pedagogo empresarial é um colaborador habilitado que exerce uma função importante no campo empresarial para o crescimento tanto para organização da empresa em geral e o desenvolvimento profissional dos colaboradores que atuam na empresa.


Palavras – chave: Pedagogo. Empresa. Atuação. Treinamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos.


Introdução



Ao longo da história do mundo, principalmente na Grécia Antiga, surgiu a palavra da pedagogia baseada num simples homem responsável por conduzir a criança ao ambiente de ensino. Mais tarde nasceram várias ações pedagógicas que influenciaram durante anos a educação e a cultura ocidental. A existência e a transformação da humanidade levam a compreender que a vida do ser humano está baseada em várias dimensões, ao longo da sua trajetória de vida, como, por exemplo: na educação, na história e no trabalho. Assim, se no passado, a partir do século XX a educação era simplesmente a relação entre o professor e o aluno no espaço escolar, em diante, com a evolução e a transformação da sociedade em termo de progresso científico e econômico, obriga os setores da economia a optar pela necessidade de ter conhecimento dos profissionais da educação no seu campo de desenvolvimento econômico.

Dessa forma, o pedagogo integra os diferentes setores da economia, mais precisamente nas empresas para atuar como profissional de transmissor de conhecimento de modo a ampliar seu papel como profissional habilitado capaz de colaborar   com   as   organizações econômicas nessa    transformação    de evolução econômica e do capital humano.

Partindo dessas premissas, o presente trabalho debruça-se o tema: a empresa e o pedagogo: sua colaboração no crescimento das organizações econômicas na sociedade. No cenário econômico que vivemos hoje, as organizações mostram cada vez mais seu interesse pela educação no espaço de trabalho e veem também a existência de ação educativa do pedagogo como uma referência para o crescimento do capital econômico e humano na sua organização. A partir desse contexto, o principal objetivo deste trabalho é mostrar a importância da presença do pedagogo nas empresas, sendo que a visão pedagógica do pedagogo no espaço da organização está contribuindo para a realização das atividades relacionadas à formação, ao treinamento e à capacitação dos profissionais que fazem parte do âmbito empresarial.

Esse trabalho é de grande relevância para o mercado de trabalho, no sentido de contribuir para o desenvolvimento das empresas, e profissionais da área empresarial e de estudantes que buscam entender a importância da nova proposta de administração e dos recursos humanos no gerenciamento de pessoas e da produtividade da organização.


Este estudo é realizado a partir de estudos exploratórios cuja análise qualitativa dos dados adquiridos em artigos científicos, livros relacionados aos assuntos empresariais e sites com informações confiáveis a respeito do tema.

Quanto à justificativa para a realização deste estudo, foram consultados um conjunto de trabalhos relacionados ao tema da pesquisa e as atribuições do pedagogo empresarial no mercado de trabalho entre eles, Almeida (2012), Chiavenato (2009), Ribeiro (2003).

O estudo é dividido em quatro partes: Na primeira, abordamos a questão de empresa, clientes e colaboradores. Na segunda, são apresentados o pedagogo, bem como o significado de pedagogia empresarial. Já na terceira parte do estudo, apresentamos um breve relato sobre o que é a pedagogia. Por fim, na última parte, mostraremos o pedagogo como o profissional é importante no treinamento e no desenvolvimento de recursos humanos da organização.


A empresa, clientes e colaboradores.



O ser humano vive e depende de vários serviços oferecidos por diferentes setores da sociedade são eles: o primeiro, o segundo e terceiro setor. O mundo é composto por pessoas físicas e jurídicas, e cada uma delas tem algo importante a oferecer para a sociedade onde vive. Dessa maneira, dizemos que nós seres humanos, estamos vivendo num mundo onde existem trocas de bens, serviços e de experiências entre pessoas e empresas. As pessoas mudam de comportamento em relação ao seu bem-estar e suas necessidades, assim que a sociedade vai mudando, o estilo de vida dos indivíduos vai exigir mudanças também. Portanto, tanto as empresas quanto as pessoas estão cada vez mais mostrando os seus maiores interesses pelo futuro.

As empresas (os três setores da economia), no tempo atual, os seus interesses estão baseados no progresso financeiro tendo também os melhores recursos humanos possíveis para atender e oferecer com qualidade os seus produtos para os clientes. Assim, as pessoas hoje em dia têm como perspectiva que as empresas produzam com qualidade por meio da tecnologia para oferecer produtos e serviços de melhor qualidade. Contudo, quanto mais as empresas vão evoluindo, elas vão ampliando os seus serviços e haverá a capacidade de responder com muito mais eficácia as demandas dos seus clientes, parceiros e seus colaboradores. No decorrer desse caminho empresarial, as instituições públicas e privadas se estabelecem na sociedade com o objetivo de oferecer vários serviços para melhorar a vida dos indivíduos na sociedade e no mundo.

Conforme a definição do dicionário Caldas Aulete da língua portuguesa (2008), a palavra empresa é definida como “[...] organização que produz, vende e/ ou oferece bens e serviços”. Outrossim, Cassaro (1988, apud VIAPANA, 2000, p. 28) define empresa como “um agrupamento de seres humanos, uma organização humana, com atribuição de atividade e de responsabilidades entre vários seres que a constituem, de modo que se possa atingir objetivos predeterminados”.

Portanto, considera que em qualquer sociedade, sempre existe uma grande troca de valores, serviços e experiências entre as empresas, clientes, colaboradores e fornecedores para o bem e bom desenvolvimento dos vários setores econômicos da sociedade. Desta forma, apresentamos logo a seguir uma figura que mostra os serviços oferecidos de cada setor da economia mencionados no início da introdução. [...]