PAI NOSSO DO JORNALISTA

 Há diante do trono um mar de vidro, transparente, semelhante ao cristal, e também no meio do trono e à volta dele, quatro seres viventes, cheios de olhos por diante e por detrás.

Apocalipse de JESUS, segundo João, cap. 4:6.

 

PAI Nosso,

O Vosso Trono

É cercado como sempre

De muito ser vivente

Chamado de Jornalista

Que pela Imprensa Escrita

Tudo relata.

 

 “Por acaso você acha que a luz somente existe enquanto a está vendo? Não, é você que não existiria se a luz não o visse.”

 Schopenhauer – filósofo alemão (1788-1860).

 

Diante do Vosso Trono

Com olhos por toda parte

Está a Imprensa Televisa

Sempre ativa

Mostrando para o Mundo

O que todo mundo

Precisa ver.

 

PAI Nosso,

Muita gente pensa

Que a Vossa Imprensa

Não tem uma Visão

Que mostra sem distorção

Todos os acontecimentos.

 

“A dificuldade é compreender a falta de fundamento das nossas convicções...”

Ludwig Wittgenstein – filósofo austríaco (1889-1951).

 

PAI Nosso,

O Vosso Periodista

Tem a Vossa Vista.

 

Não precisa de uma bola de cristal

Para vislumbrar num ângulo total

Todas as ocorrências.

 

 “O homem não é mais do que a série dos seus atos.”

 George Hegel – filósofo alemão (1770-1831).

 

Pra ele

Todo mar é transparente

Revelando não somente

Os atos dos seres humanos,

Mas de todos os Espíritos

Que vigiam o caminhar de todo astro

Que habita o Vosso Compasso.

 

PRESUNÇÃO E VISÃO

 Saiu uma voz do trono, exclamando:

Cantai louvores ao nosso DEUS, todos os Seus servos, vós que O temeis, os pequenos e os grandes.

Apocalipse de JESUS, segundo João, cap. 19:5.

 

PAI Nosso,

Muito sabichão

Acha que a Internet

Surgiu por acaso,

Quando houve um descaso

Da Vossa Onisciência.

 

“O conhecimento é uma ilha cercada por um oceano de mistério. Prefiro o oceano à ilha.”

 Ludwig Wittgenstein – filósofo austríaco (1889-1951).

 

Um dia a presunção passa,

Pois o tempo tudo mostra

E o orgulhoso se prostra

Diante da Vossa Supremacia.

 

 “Filosofar é como tentar descobrir o segredo de um cofre: cada pequeno ajuste no mecanismo parece levar a nada. Apenas quando tudo entra no lugar a porta se abre.”

 Ludwig Wittgenstein – filósofo austríaco (1889-1951).

Revisado por Editor do Webartigos.com