O tutor EaD: Suas principais competências sob diferentes perspectivas e a importância do seu trabalho no ensino à distância.

 

Marlene da Silva Maximiano de Oliveira[1]

 

 

Resumo:

 

Com o avanço tecnológico, o crescimento exponencial da internet e seus recursos e ainda a busca por qualificação profissional e otimização de tempo, foram criados formatos de estudo para os diferentes tipos de estudantes. Dessa forma, a educação a distância ganhou força nas últimas décadas e vem crescendo a cada dia, pois a possibilidade de estudar a distância e ter mais flexibilidade de tempo e acompanhamento dos conteúdos com mais autonomia atrai cada vez mais estudantes. Quando se fala em educação à distância, vem logo em nossa mente um ambiente virtual de aprendizagem onde temos o professor, vários alunos e o tutor que é o mediador do processo de ensino aprendizagem. O presente trabalho pretende destacar a atuação do tutor na educação à distância, focando especialmente na importância do seu trabalho e suas principais competências no processo de ensino aprendizagem do ensino à distância sob diferentes perspectivas.

 

 

Palavras-chave: Tutor 1. Ensino à Distância 2. Papel do tutor 3.

 

 

 

 

Abstract (resumo em inglês):

 

With technological advances, the exponential growth of the internet and its resources, and the search for professional qualification and time optimization, study formats were created for different types of students. Thus, distance education has gained strength in recent decades and has been growing every day, as the possibility of studying at a distance and having more flexibility in time and monitoring of content with more autonomy attracts more and more students. When talking about distance education, a virtual learning environment comes to mind, where we have the teacher, several students and the tutor who is the mediator of the teaching-learning process. The present work intends to highlight the role of tutors in distance education, focusing especially on the importance of their work and their main competences in the teaching-learning process of distance education from different perspectives.

 

Keywords:  Tutor 1. Distance Learning 2. Tutor1s role 3.

 

 

 

 

 

1 O tutor EaD 

 

O professor tutor é o profissional que atua como mediador do processo de ensino aprendizagem, deve estar sempre atento e em constante diálogo com os estudantes, auxiliando-os em suas atividades. Responsável também pela correção das atividades avaliativas. Deve estar disponível na plataforma por meio de canais que são disponibilizados dentro do ambiente virtual de aprendizagem para sanar as dúvidas dos estudantes durante o andamento do curso.

 

O tutor EaD é um profissional que atua na mediação do processo de ensino aprendizagem, articulando as pessoas envolvidas (o professor responsável por propor a disciplina e o aluno que se propõe a aprender) com o conteúdo da disciplina que ele tutora.

(ANDRADE, 2010).

 

Concordando a autora acima, o tutor é percebido como uma engrenagem do processo de formação à distância. Ele pode ser considerado como um elo articulador entre as diferentes partes do processo de ensino aprendizagem. Ele é um elo articulador entre o conteúdo, onde temos o conteúdo que deve ser ensinado, ou seja, o conhecimento. Ele é um elo articulador entre o professor que é a pessoa que pensa a disciplina, é a pessoa que se organiza, que propõe o processo de aprendizagem. E ele também é o elo articulador entre o aluno, que é aquele para quem se destina todo este processo, ou seja, o conteúdo e a ação didática do professor. Então temos um profissional que vai atuar num espaço virtual, atuando como um mediador, unindo: conteúdo, professor e aluno.

 

2 As principais competências do Tutor EaD

 

O tutor EaD para desenvolver o seu trabalho, ele precisa de algumas competências. Existem alguns autores que apresentam as competências do tutor EaD. Ou seja, o que os tutores devem fazer para desenvolverem bem o seu trabalho, o que eles devem fazer para realizar a tutoria da melhor maneira possível.

 

Tecchio fala que as competências do tutor estão divididas em dois grupos: Competências Técnicas e Competências Organizacionais. Nas competências técnicas temos a organização da rotina de trabalho, conhecimentos de informática, conhecimento do ambiente virtual de aprendizagem, conhecimento da disciplina, do conteúdo, dos relacionamentos interpessoais, da comunicação do trabalho em equipe. Tudo dentro de uma dimensão técnica. Nas competências organizacionais temos a empatia, entrosamento, a articulação, organização e planejamento, a proatividade, a automotivação, o equilíbrio emocional, a flexibilidade, a assiduidade, o comprometimento e a criatividade. Estes são os elementos que compõe as competências necessárias para um tutor segundo esse autor.

 

Andrade, explica que as competências do tutor podem ser organizadas em cinco categorias: Pedagógica, Didática, Tecnológica, Linguística e Pessoal. A competência pedagógica compreende a área onde este profissional atua. A competência didática compreende a escolha da forma de ensinar na modalidade à distância. A tecnológica que consiste na escolha no conhecimento e na escolha da melhor ferramenta tecnológica que se adapta naquele processo de ensino aprendizagem. A competência linguística consiste em de que forma a comunicação oral e escrita entre as partes dentro do ambiente virtual de aprendizagem vai ocorrer. A competência pessoal que trata da empatia, o respeito ao outro, espaço para as relações afetivas e o acolhimento.

 

3 A importância do tutor na EaD

 

A tutoria a distância atua a partir da instituição, mediando o processo pedagógico junto a estudantes geograficamente distantes. Sua principal atribuição é o esclarecimento de dúvidas através de fóruns de discussão pela Internet, pelo telefone, participação em videoconferências, entre outros, de acordo com o projeto pedagógico (COSTA, 2013, p. 14).

 

Desta forma, o tutor trabalha com os alunos por meio das tecnologias, contribuindo para sua aprendizagem com mensagens, recados e orientações por meio do ambiente virtual de aprendizagem (AVA), telefone, e-mail, internet e outros, não chegando a atuar pessoalmente com esse aluno, assim esclarecendo o termo tutor a distância, explicando a distância geográfica entre o tutor e o aluno.

 

Costa (2013) apresenta algumas atribuições do tutor onde podemos destar:

 

  • A mediação da aula interativa;
  • A orientação quanto ao desenvolvimento de atividades no ambiente virtual de aprendizagem;
  • A estimulação dos alunos quanto à participação nas atividades propostas;
  • Corrigir as atividades propostas;
  • A condução dos alunos no bom aproveitamento do curso nos momentos de autoestudo;
  • A aplicação das avaliações, bem como a sua correção e atribuição das notas de acordo com os critérios pré-estabelecidos pela coordenação pedagógica;
  • Propor a cooperação e o trabalho em equipe nas atividades;
  • Manter-se atualizado constantemente.

 

De acordo com Costa (2013), o tutor na execução dessas atividades, deixa de ser um apêndice do professor, que seleciona os conteúdos que comporão sua disciplina e orienta a direção da construção dos conhecimentos pelos alunos e passa a ser seu parceiro. Portanto, ambos dividem a responsabilidade de gerenciamento das condições de aprendizagem dos alunos.

 

4 Considerações Finais 

 

Todas essas características apresentadas são muito importantes para a constituição do profissional, o Tutor Ead. Podemos destacar o tutor como um importante professor, que faz parte de toda uma equipe, que atua dentre as várias atividades tirando dúvidas dos alunos seja em qual for o ambiente.   Além de tirar dúvidas o tutor deve acompanhar, motivar, orientar e estimular o aprendizado dos alunos. Alunos estes, que sem a figura do tutor, não saberiam sozinhos como se ambientar numa plataforma virtual, como acessar e realizar as atividades como maior facilidade. Ou seja, o tutor faz toda a diferença no processo de ensino aprendizagem, não deixando jamais os alunos sem um guia, um apoio em todo a caminhada do seu aprendizado.

 

Além disso, o tutor deve manter se atualizado continuamente, mantendo o comprometimento com a sua função e a sua atuação constante, estes são elementos que vão impactar e vão ajudar a qualificar e a desenvolver essas competências. Refletindo em tudo isso, temos que entender este profissional como uma peça muito importante, como uma engrenagem e como elo e para tal é preciso estar em constante formação.

 

4 Referências Bibliográficas

 

ANDRADE, Jaqueline Barbosa Ferraz de. A mediação na tutoria on line: o entrelace que confere significado à aprendizagem. In: Santos, Gilberto Lacerda. Andrade, Jaqueline Barbosa Ferraz de. (Org.) Virtualizando a escola: migrações docentes rumo à sala de aula virtual. Brasília: Ed. Líber Livro, 2010. p. 43-80.

 

TECCHIO, Edvandro Luiz et al. Competências fundamentais ao tutor de ensino a distância. Colabore - Revista Digital da CVA - Ricesu, V. 6, n. 21, out. 2009.

 

COSTA, M. L. F. (2013). Educação a distância no Brasil. Maringá: Eduem.

 

[1] Mestrando em Tecnologias Emergentes em Educação pela Must University. E-mail: [email protected]