O PAPEL DO DESIGNER INSTUCIONAL PARA CURSOS EDUCACIONAIS

 

Estudo de caso: planejamento e execução de curso online para docentes de uma unidade escolar

 

Marlene da Silva Maximiano de Oliveira[1]

 

Resumo:

O trabalho do Designer Instrucional está envolvido em várias etapas e um projeto de ensino, ele é o profissional que deve conhecer e utilizar eficientemente as melhores técnicas e os melhores materiais, além de estar sempre atualizado com as novas tecnologias de ensino e saber aplicá-las de forma adequada e/ou adaptada ao seu público-alvo, pois a sua função é facilitar esse processo de ensino aprendizagem em todas as modalidades de ensino. Diante disso, este trabalho busca avaliar as práticas do designer instrucional utilizadas nas etapas de análise, design, planejamento, desenvolvimento, implementação e avaliação de um curso on line educacional de aprendizagem utilizando como exemplo a elaboração e execução de um curso on line criado para docentes de uma escola técnica estadual que tinha como objetivo capacitar todos os seus docentes para a utilização da plataforma virtual de aprendizagem Moodle (que até então a maioria conheciam apenas como alunos e não com professores) em suas aulas de forma remota.

 

Palavras-chave: Designer Instrucional 1. Aprendizagem 2. Curso online 3.

 

 

 

 

Abstract 

 

The Instructional Designer's work is involved in several stages and a teaching project, he is the professional who must know and efficiently use the best techniques and the best materials, in addition to being always up to date with new teaching technologies and knowing how to apply them appropriately and/or adapted to its target audience, as its function is to facilitate this teaching-learning process in all teaching modalities. Therefore, this work seeks to evaluate the instructional designer's practices used in the stages of analysis, design, planning, development, implementation and evaluation of an online educational learning course, using as an example the preparation and execution of an online course created for teachers of a state technical school that aimed to train all its teachers to use the Moodle platform (which until then most of them knew only as students and not as teachers) in their classes remotely.

 

Keywords: Instructional Designer 1. Learning 2. Online course 3.

 

 

 

1 Introdução 

 

1. 1 Designer instrucional

 

O designer instrucional, profissional que atua na área da educação, responsável pela execução de um projeto de ensino que para ser bem-sucedido deve ser muito bem planejado e executado em todos os processos que este projeto é envolvido como: planejamento, design, desenvolvimento, implementação e avaliação.

 

Concordando com Filatro (2004) que ressaltava, que o trabalho do Designer Instrucional envolve a utilização de métodos, técnicas, atividades, materiais, eventos e produtos educacionais em situações didáticas específicas, a fim de facilitar a aprendizagem humana a partir dos princípios de aprendizagem e instrução conhecidos. Desta forma, este profissional além de ter perfil multidisciplinar deve conhecer bem seu púbico alvo a saber adequar o projeto de ensino a este público a fim de facilitar o processo de aprendizagem tanto de um curso on line ou presencial. O Designer Instrucional certifica de que realmente o estudante está aprendendo, ele cria métodos e estratégias para conseguir transmitir o conteúdo para o aluno de forma compreensível.

 

Este é o campo de pesquisa e atuação do design instrucional, entendido como o planejamento, o desenvolvimento e a utilização sistemática de métodos, técnicas e atividades de ensino para projetos educacionais apoiados por tecnologia. (FILATRO,2007,p.32).

 

Confirmado por Filatro,  Kensky  e  Barbosa  (2007)  que complementam  que  o Designer instrucional deve promover a qualidade no processo de aprendizagem, por meio da seleção de atividades e materiais de acordo com cada situação de oferta educacional.

 

Além do Design instrucional temos ainda um outro profissional que é o Designer Educacional, que é o profissional que deve ter um perfil ainda mais complexo e abrangente, pois ele deve ter seu trabalho focado para o planejamento, desenvolvimento e implementação de projetos enquanto que o Designer Instrucional é o executor de todos esses processos do projeto deve focar seu trabalho nesta prática.

 

Em março de 2020, com o isolamento de toda a população por conta da pandemia causada pelo Corona vírus, todos os docentes tiveram que se adaptar à nova realidade de ensino, alguns já utilizavam de alguns recursos tecnológicos a fim de obterem aulas mais dinâmicas e interativas com recursos que facilitassem atividades como questionários automáticos, vídeos, testes, grupos em redes sociais, entre outros recursos. Mas nunca pensaram em um dia ter que adaptar todas suas aulas no formado EaD em tão pouco tempo. A Etec de Guarulhos, em uma reunião e replanejamento detectou uma carência de conhecimentos em grande parte de seus docentes e assim surgiu a necessidade de criar uma capacitação aos seus docentes sobre o uso da plataforma Moodle nas aulas que daquele momento em diante seria EaD, esta plataforma já era conhecida por boa parte de seus docentes. Muitos já haviam feito cursos online nesta plataforma, e conheciam boa parte de seus recursos, porém sob o ponto de vista de usuário e não como o de desenvolvedor de um curso online. Foi elaborado então um plano de curso sob medida aos docentes da unidade escolar de maneira que pudessem conhecer e explorar as ferramentas da plataforma a fim de aplicá-las no desenvolvimento de suas aulas ead.

 

Contudo, este trabalho busca apresentar uma visão das atividades de um designer instrucional, bem como de um designer educacional utilizando como exemplo as etapas de planejamento e execução deste curso online para docentes.

 

2 Sala Virtual para docentes 

 

2. 1 Planejamento do curso

 

Todos os docentes da unidade foram apresentados à plataforma Moodle, agora como criadores de cursos e não apenas como alunos como até então eram. Foi apresentado os recursos disponíveis na plataforma numa breve reunião, foram solicitados aos mesmos o apontamento de quais ferramentas apresentadas da plataforma gostariam de utilizar em suas aulas e o apontamento de quais ferramentas tinham maior dificuldade. Para os recursos mais solicitados foram sugeridos a elaboração de vídeos demonstrativos, para os recursos com maior dificuldade foram sugeridos além de vídeos demonstrativos a elaboração de tutoriais passos a passo com exemplos sobre como usar aqueles recursos, para assim os docentes pudessem utilizá-las sem dificuldades em suas aulas.

 

A coordenação da unidade escolar, observou as reais necessidades dos docentes, e procurou elaborar um curso adequado à realidade daquele grupo de docentes a fim de que pudessem lecionar à distância utilizando das ferramentas disponíveis da plataforma. Podemos associar esta etapa com a fase de análise cuja etapa trata de entender o problema educacional e elaborar uma solução que resolva este problema.

 

2. 2 Design e desenvolvimento do curso

 

Com base nas necessidades levantadas pelos docentes, foram criados tutorias passo a passo e vídeos explicativos apresentando o uso cada ferramenta da plataforma. Todos os docentes com posse destes materiais poderiam dominar as ferramentas da plataforma e assim colocar em prática estes ensinamentos inserindo essas ferramentas em suas respectivas salas virtuais. É visível aqui que as etapas de Design e Desenvolvimento do Design Instrucional  cujo o objetivo é  determinar os objetivos específicos e ainda a escolha das ferramentas a serem utilizadas e a seleção de mídias.

 

2. 3 Implementação e Avaliação

 

A criação da sala virtual propriamente dita, ou seja, foi criado um curso online para os docentes contendo a apresentação passo a passo de como se criar e alimentar uma sala de aula virtual com os seus principais recursos como por exemplo: apresentação de conteúdo, submissão de tarefas, criação de fóruns de discussão, dúvidas e colaboração, criação de chats online, disponibilização de links para vídeos externos à plataforma, entre outros recursos necessários.

A partilha dos meios de comunicação mediada por computador, como o correio electrónico, a conferência áudio e vídeo, o grupo de discussão, o fórum e o quadro virtual, promove o envolvimento dos membros da comunidade nos processos de negociação das representações, do reajustamento continuado dos modelos mentais, da compreensão da complexidade do conhecimento e ainda do desenvolvimento do pensamento crítico através da experiência partilhada, enquanto meios de comunicação em rede que se transformam e são utilizados como prolongamentos das capacidades cognitivas do aluno.” (Dias, 2000: 161-162).

 

Para que possam ser usadas de forma adequada dentro do contexto educativo, todos os docentes deveriam criar suas respectivas salas virtuais contendo os recursos apresentados durante curso oferecido pela coordenação da unidade escolar. Dentro do prazo de 30 dias, todos os docentes da unidade estavam aptos para receberem seus alunos em suas salas virtuais e assim darem andamento ao ano letivo. Podemos observar aqui as etapas de Implementação e Avaliação do Design Instrucional, pois refere-se a execução do curso conforme planejado e a elaboração por parte dos docentes de suas salas virtuais contendo as ferramentas necessárias para apresentar os conteúdos aos seus alunos, conversarem em tempo real utilizando os chats online, participação dos alunos em debates através dos fóruns e ainda os mesmos poderiam inserir nestes fóruns as suas dúvidas para que o docente pudesse inserir a sua resposta de maneira que todos os alunos pudessem ler e assim trocarem conhecimentos.

 

3 Considerações Finais 

Há cada ano, nós docentes somos desafiados no nosso trabalho, somos sempre levados a aprender e utilizar novas tecnologias para melhorarmos nossas aulas. Capacitações à distância, que é uma realidade incontestável e necessária para todos nós que muitas vezes não podemos e não temos tempo para descolocarmos de um lugar para outro para trabalhar e estudar. Precisamos nos atualizar constantemente. Com uma direção e coordenação entrosada e preocupada com o prosseguimento do ano letivo sendo obrigado a ser levado totalmente o EaD  e com a necessidade de suprir as necessidades de conhecimentos dos docentes da unidade no domínio da plataforma virtual de aprendizagem em pouco tempo foi de suma importância o levantamento das reais necessidades dos docentes, apresentação da ferramenta e seus recursos, apresentação de como usar cada recursos e ainda o acompanhamento de cada docente na criação e execução de suas respectivas salas virtuais.

Desta forma, diante de cada etapa apresentada neste estudo de caso, vemos a importância do trabalho de um designer instrucional na análise, design, desenvolvimento, implementação e avaliação de um curso online.

 

4 Referências Bibliográficas

Dias, Paulo (2000), Hipertexto, Hipermédia e Media do Conhecimento: Representação Distribuída e Aprendizagens Flexíveis e Colaborativas na Web. Revista Portuguesa de Educação, 2000, 13(1). CEEP - Universidade do Minho (141-167).

 

Filatro, A. (2008). Design Instrucional contextualizado. São Paulo: Senac.

 

Filatro, A. (2008). Design Instrucional na prática. São Paulo: Pearson.

 

KENSKI,  V.  M.;  BARBOSA,  A.  C.  L.  S. Gestão  de  pós-graduação  a  distância:  curso  de especialização  em design instrucional  para  educação  on line. In:  Congresso  Luso - Brasileiro de  política  e  administração  da  educação,  Porto  Alegre,  2007.  Anais.  Porto  Alegre:  Anpae, 2007. 12 p.

 

Macedo, C.C.; Bergmann, J.C.F. O Designer Instrucional e o Designer Educacional no campo da EaD: Conceito e prática. Santa Catarina: UFSC, 2018.

 

OLIVEIRA, J. B. A.; OLIVEIRA, M. R. Tecnologia Instrucional: um enfoque sistêmico. São Paulo, Pioneira, 1974.

 

Piskurich, G. M. (2012). Rapid instructional design: learning ID fast and right. 2. ed. Hoboken: Pfeiffer.

 

[1] Mestrando em Tecnologias Emergentes em Educação pela Must University. E-mail: [email protected]