O rei Felipe VI e a rainha Dona Letizia da Espanha chegaram nesta quarta-feira ao Marrocos para uma visita oficial de dois dias ao convite do rei Mohammed VI, uma visita que consagra a densidade e a diversidade de relações entre os dois países.

Durante esta visita, a ser marcada por conversações oficiais entre o rei Mohammed VI e o rei Felipe VI, os dois soberanos também vão presidir a assinatura de convenções entre os dois países.

O rei Felipe VI, acompanhado por uma grande delegação do Executivo espanhol com vista a abrir novos horizontes para os negócios entre os dois países.

A dinâmica econômica bilateral conheceu uma forte progressão no curso dos últimos anos, as trocas comerciais entre os dois países excederam 14 bilhões € . Cerca de 1.000 empresas espanholas foram implantadas no Marrocos, tornando a Espanha o maior parceiro comercial.

Além disso, a cooperação bilateral é também muito densa nos planos políticos, de segurança, culturais e humanos. Mais de 800.000 marroquinos vivem hoje em Espanha, bem integrados e contribuem para o desenvolvimento e o crescimento da Espanha.

Muitos jornais locais consideram que esta visita vai consolidar ainda mais as relações e fortalecer  os sectores de produção, o que ia contribuir para a segurança e estabilidade da economia marroquina.

Por sua vez, o ministro espanhol de Negócios Estrangeiros, da União Europeia e Cooperação, Josep Borrell sublinhou sobre a relação que une os dois países e da integração em termos de economia.

Para o chefe da diplomacia espanhola, "as relações com o Marrocos são uma prioridade e uma política de Estado para a Espanha, independentemente dos partidos políticos no poder".

Lahcen EL MOUTAQI

Professor Universitário- Rabat- Marrocos