CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CURSO DE Pedagogia

BARRA DO BUGRES

2018

PROJETO INTEGRADOR 

CARLA D SILVA VENANCIO GOMES

LEITURA INFANTIL A IMPORTÃNCIA DA LEITURA NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Projeto de Pesquisa apresentado à Anhanguera-Uniderp, como requisito parcial para o aproveitamento da disciplina Projeto Integrador I da 7ª série do Curso de Pedagogia.

Tutor a Distância:  xxxxxxx

Introdução

      O contato com a leitura nos proporciona a ampliação da percepção do mundo que está a nossa volta. Como cita Freire (1989) a leitura da palavra é precedida da leitura do mundo. Ler é atribuir sentido ao texto, é relacioná-lo com o contexto e com as experiências vivenciadas pelo leitor. Ao incentivar e proporcionar momentos de leitura a um indivíduo, maiores serão suas chances de estar integrado com o meio em que vive. A prática da leitura se faz necessária por ampliar a visão de mundo ao inserir um leitor mais preparado em nossa sociedade, possibilitando também a vivência de emoções, exercendo o mundo da fantasia e o da imaginação. Leitura essa que pode ser realizada de diferentes maneiras, a mais utilizada é através da escrita, sendo encontrada em livros, revistas, jornais, entre tantos outros exemplares que possam estar à disposição.

Cabe ao professor juntamente com os familiares o papel de mediador, realizando uma parceria consciente, reconhecendo a necessidade da leitura desde cedo, sendo assim, a escola torna-se uma parceira fundamental na inserção da criança neste universo simbólico, em que a leitura em voz alta mostra que as marcas gráficas no papel também comunicam algo para o interlocutor. O presente trabalho tem por objetivo identificar a importância da leitura na Educação Infantil. Buscando destacar a função do professor enquanto mediador, que cria ou favorece condições para que o educando seja estimulado em seu desenvolvimento para a formação do mesmo enquanto pessoa, ouvinte e na iniciação do seu processo como futuro leitor. O projeto tem a temática a leitura como ferramenta importante para o processo de aprendizagem na Educação Infantil, ressaltando a realidade pedagógica de uma escola da rede municipal de ensino da cidade de Jundiaí. A leitura deve ser introduzida na vida das crianças, como algo prazeroso.

JUSTIFICATIVA

A leitura é algo importante para a aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer e acrescentar nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação. O que seria o conceito de leitura? Como ponto de partida para essa reflexão, consultamos o dicionário Aurélio (AURÉLIO,2004):

Ato, arte ou hábito de ler. Aquilo que se lê. Operação de percorrer, em um meio físico, sequências de marcas codificadas que representam informações registradas, e reconvertê-las à forma anterior (como imagens, sons, dados para processamento). (FERREIRA 2004, p. 511)

Muitas pessoas dizem não ter paciência para ler um livro, portanto, isso acontece por falta de gosto, pois se a leitura fosse um hábito, as pessoas saberiam apreciar uma boa obra literária, por exemplo. A relevância desse trabalho consiste em promover mais uma fonte de pesquisa, através de uma coletânea de estratégias para que colegas professores e pedagogos possam consultar as estratégias desenvolvidas e assim proporcionarem aos alunos, momentos de leitura de uma maneira criativa e pedagógica, usando métodos lúdicos para que as crianças percebam o quanto ler é prazeroso.

[...] de alguma maneira, porém, podemos ir mais longe e dizer que a leitura da palavra não é apenas precedida pela leitura do mundo mas por uma certa forma de “escrevê-lo” ou de “reescrevê-lo”, quer dizer, de transformá-lo através de nossa prática consciente. (PAULO FREIRE, 1981, p.13)

PROBLEMA

Ou seja, ao vivenciar práticas de leitura em grupo, mediadas pelas professoras (os), os alunos expandem suas vivências de letramento e seus repertórios textuais, desenvolvem estratégias variadas de compreensão textual, introduzindo-se no mundo da escrita e promovendo-se como leitor, por mais que ainda não saibam ler automaticamente, (BRANDÃO E ROSA, 2011, p. 22). O Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil (v.3, 1998), traz sobre a leitura a seguinte colocação:

A leitura de histórias é um momento em que a criança pode conhecer a forma de viver, pensar, agir e o universo de valores, costumes e comportamentos de outras culturas situadas em outros tempos e lugares que não o seu. A partir daí ela pode estabelecer relações com a sua forma de pensar e o modo de ser do grupo social ao qual pertence. (RCNEI, p.143, v.3, 1998)

As autoras Brandão e Rosa (2011) acreditam que em um plano mais especificamente linguístico, ao ler histórias para crianças proporcionamos a ampliação de seu repertório de palavras, focando sua atenção não somente no conteúdo da mensagem, mais também na maneira de narrar. Fazendo com que a criança se familiarize com os gêneros literários, por exemplo, com a leitura de poemas, fábulas, contos de fadas, entre outros. Teberosky e Colomer (2003) seguem o mesmo raciocínio referente a crença de que a leitura possa favorecer a aprendizagem de vocabulário das crianças, o que amplia a capacidade das mesmas para o uso da linguagem expressiva, a compreensão da função da escrita e o conhecimento de gêneros texto. É possível dizer que o lúdico é uma ferramenta pedagógica que os professores podem utilizar em sala de aula como técnicas metodológicas na aprendizagem, visto que através da ludicidade os alunos poderão aprender de forma mais prazerosa, concreta e, consequentemente, mais significativa, culminando em uma educação de qualidade. Entretanto, o problema que gerou esse estudo foi justamente a forma que os professores utiliza as atividades lúdicas na sala de aula para interagir a criança com a leitura infantil.

                                       REFERÊNCIAS

ABRAMOVICH, Fanny. Literatura infantil: gostosuras e bobices. São Paulo: Scipione, 1989.

CARPANEDA, Isabella; BRAGANÇA, Angiolina. A chuvarada. São Paulo: FTD, 2007.

COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: teoria, análise, didática. São Paulo: Ática, 1991. FONSECA, Edi. Interações: com olhos de ler. São Paulo: Blucher, 2012.

https://www.infoescola.com/educacao/a-importancia-da-leitura/

http://editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/Modalidade_1datahora_16_06_2014_23_42_12_idinscrito_1300_9e5f64435b1f564d03d153880cdceb72.pdf