Falar o que se pensa, uma visão de mundo!

 

Por: André Lúcio Gonçalves da Silva 

 

Resumo

 

   Pesquisa baseada em uma avaliação de fatos reais estudados através de uma análise crítica de fatos, artigos, reportagens e explicações dadas nos meios de comunicações que apresentam alguns acontecimentos no país e no mundo e seus conflitos e adversidades causados de certa forma por essa diversidade tão exaltada na atualidade onde expor um pensamento hoje pode significar a vida ou a morte literalmente ou não, pois irá depender de vários fatores como a educação, valores éticos e morais e a própria cultura dos povos onde esses estão perdendo a capacidade de pensar e avaliar, ou seja, a própria razão, muitos são escravizados e vivem os ideais de outros e não seus próprios e a educação tem fundamental importância nesse sentido o que levanta o seguinte questionamento: As pessoas são ensinadas a viverem suas próprias vidas ou são domesticadas a viverem os ideais dos outros? Quantas pessoas fazem esse tipo de questionamento? Será apresentada várias questões e algumas definições para que se possa pensar melhor sobre esse assunto sem tendências nem em caráter ofensivo a grupos ou pessoas, mas ligando o senso crítico das pessoas para os temas mais polêmicos da atualidade.  

 

Palavras chaves: Liberdade, Ética, Moral, Politica, Sociedade, Sexualidade, Justiça.

 

 Abstract

 

   Research based on an assessment of real facts studied through a critical analysis of facts, articles, reports and explanations given in the media that present some events in the country and in the world and their conflicts and adversities caused in some way by this so exalted diversity nowadays where exposing a thought today can mean life or death literally or not, as it will depend on several factors such as education, ethical and moral values and the very culture of the people where they are losing the ability to think and evaluate, or that is, reason itself, many are enslaved and live the ideals of others and not their own and education is of fundamental importance in this sense, which raises the following question: People are taught to live their own lives or are domesticated to live ideals from others? How many people ask this type of questioning? Several questions and some definitions will be presented so that one can think better about this subject without trends or in an offensive character to groups or people, but linking people's critical sense to the most controversial topics today.

 

Introdução

 

     Atualmente se fala tanto em liberdade de expressão, em diversidade e respeito aos direitos de todos com base nas histórias das injustiças que ocorreram no passado e que se repetem ao longo da história, porém sem analisar as consequências para a sociedade, pois tudo é relativo de acordo com alguns grupos e ativistas  o relativismo está em alta na atualidade onde se supõe que todas as religiões são verdadeiras inclusive o ateísmo, que o sexo de um indivíduo não é mais definido por seus órgãos sexuais sendo esse chamado de  gênero e não mais de sexo macho e fêmia segundo alguns grupos ideológicos onde conceitos formados e ensinados a séculos são apontados como ofensivos e preconceituosos aos que não os aceitam onde esses forçam essas mudanças através de força de leis obrigando a todos a aceitarem como normais essas ideologias diante dessa diversidade  confusa da atualidade. A ética a moral e os bons costumes estão sendo considerados crimes conforme essa ideologia dos ativistas dos grupos que afirmam defender as minorias, mas essas mudanças podem ser perigosas, podendo desencadear uma verdadeira guerra entre grupos dentro da sociedade, porém deve-se pensar nessas consequências e no futuro, pois quando se avalia essa questão só se ver o ponto de vista de uma realidade em não conformidade com as leis naturais assim de acordo com Rifan (2015) “A harmonia humana é desfeita. Não se estará assim fabricando desequilibrados mentais? ” é algo que precisa ser muito bem pensado, pois  vive-se hoje uma ditadura disfarçada de democracia onde só se pode falar o que for favorável a toda essas ideias e ainda se diz haver liberdade de expressão onde só se pode expressar em favor  e nunca contra, diante da liberdade de expressão se pode dizer que, se a liberdade realmente existe e tem algum valor na sociedade essa dá o direito de se dizer o que muitos  geralmente não querem ouvir, Martin Luther King[1] disse: “Para criar inimigos não é necessário declarar guerra, basta dizer o que pensa!” É o que se pode ver claramente na sociedade e comprovado através dos meios de comunicações atualmente, onde fica explicito tão confusa e despreparada estão as pessoas que não compreendem o que está ocorrendo no mundo nos meios políticos, científicos, sociais e religiosos e em particular a sexualidade humana que está cada dia mais confusa sem falar nos conflitos de etnias e não raciais como se fala no popular,  pois as cores da pele como pretos, brancos, pardos  não definem o caráter, a personalidade ou inteligência de um indivíduo o que pode levar o mesmo a exclusão social  o que pode ser denominado como discriminação  essa discriminação pode ser também apresentada como: Discriminação social, política, religiosa, sexual e outras, porém não se deve confundir discriminação com preconceito, pois não é o mesmo, mas define-se da seguinte forma:.

 

  Discriminação é um conceito mais amplo e dinâmico do que o preconceito. Ambos têm agentes diversos: a discriminação pode ser provocada por indivíduos e por instituições e o preconceito, só pelo indivíduo. A discriminação possibilita que o enfoque seja do agente discriminador para o objeto da discriminação. Enquanto o preconceito é avaliado sob o ponto de vista do portador, a discriminação pode ser analisada sob a óptica do receptor. (Wikipédia, 2014)

 

    Atualmente o preconceito é um pouco mais polêmico, devido as interpretações diversas dadas do ponto de vista do receptor onde se pode dar a seguinte definição para o preconceito: “é um "juízo" preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude discriminatória perante pessoas, lugares ou tradições consideradas diferentes ou estranhos" (Wikipédia, 2014). Esse ainda segundo Wikipedia (2014) “costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente”, porém há um ponto a ser considerado nessa definição onde o que se afirma ser um preconceito por ser diferente poderá também não ser exatamente um preconceito, pois esse é o ponto de vista do receptor enquanto do ponto de vista do transmissor esse é um conceito já formado dentro da sociedade fundamentado em leis naturais e principios e valores éticos e morais ensinados por gerações e empregados como o correto a seculos dentro da sociedade no mundo inteiro para hoje diante de uma ideologia ou teoria duvidosa uma das quais a idiologia de gênaro a qual está comprovada como sendo um erro grave baseada em uma experiência que acabou em desagregação familiar com suicídio quando realizada pelo psicologo John Money[2], logo afirmar que alguém é preconceituoso por não aceitar e não concordar com essa ideologia e suas mudanças repentinas de comportamento e valores dentro da sociedade onde se quer obrigar essa aceitação a todo custo limitando o senso critico das pessoas e suas liberdades de expressão onde só se pode falar o que for favoravel a essa ideologia e nunca se opor o que pode ser visto como um tipo de ditadura. Atualmente todos querem e exigem igualdade de direitos sejam entre homens e mulheres ou entre pretos, brancos e assim por diante, no entanto poucos atentam que tais direitos já existem e sempre existiram, mas da forma que esses grupos estão exigindo acabam esses tendo mais direitos do que o restante da humanidade por se acharem injustiçados ou por terem sido descriminados e/ou prejudicados de alguma forma em períodos da história, porém se esses direitos não foram e nem estão sendo respeitados é devido em um primeiro momento a falta de conhecimento e nos dias de hoje as próprias ideologias inseridas nas políticas de forma equivocada as quais ativistas exigem essas pela igualdade de forma autoritária, mas esses direitos não podem dar o direito a esses grupos de obrigar ou coagir  a sociedade a aceitar como verdadeira ou corretas essas teorias e comportamentos duvidosos como naturais e normais sendo esses fruto do livre direito de escolha de cada indivíduo. Seja na política, na sexualidade, na etnia, na cultura e na religião, porém há algumas particularidades baseadas na história e nas leis da natureza que provam que as ideologias são tendenciosas e falsas.

   

Pensando Sobre os Acontecimentos

 

    Está se vivendo no momento atual uma crise ética e moral sem precedentes na história da humanidade, onde há debates para se tentar provar essa normalidade dentro de um conceito ideológico de grupos que defendem interesses próprios de cada grupo em particular e de indivíduos, porém de acordo com a Wikipédia (2016) a normalidade é um estado padrão, normal, que é considerado correto, justo sob algum ponto-de-vista, o oposto da anormalidade, baseando-se nessa definição ja se conclue que sob o ponto-de-vista de individuos ou grupos e as ideologias nas quais eles acreditam para assim considerarem determinados comportamentos como normais fundamentados em valores pessoais e não em valores modelos ensinados a seculos a todos em todo mundo o que desencadea conflitos entre o que é normal e essas ideologias desses grupos ou individuos em particular e para piorar a situação desenvolve-se  politicas que criam grupos de estudos favoraveis a essas causas fora dos padrões que desenvolvem teorias tendenciosas para embasar suas afirmações que não podem ser provadas e que continuam em conflito e sem solução defimitiva através das quais são associados a outros grupos também favoraveis que tentam criar leis para forçar a aceitação onde essas leis podem ter como consequência a imobilização da sociedade pois quase tudo que se disser ou fizer poderá ser enquadrado nas tais leis como sendo assédio, racismo, preconceito, discriminação, booling e uma serie de fobias que no sentido real da palavra não faz nenhum sentido e isso tudo está dividindo a sociedade causando uma pandemia de ofendidos por qualquer forma de expressão que seja contrarias as ideias desses grupos e seus ativistas e esse é um caminho perigoso, pois estão idiotizando as pessoas já que não se pode questionar nem duvidar ou mesmo pensar, uma coisa é certa estamos aprendendo, e o que se sabe é muito pouco apezar do desenvolvimento das ciências onde muitas afirmações e teorias ao longo da historia vem sendo redefinidas, porém poucas estão realmente definidas corretamente, temos como exemplos na historia: Acreditava-se que a terra era plana e era o centro do universo, no entanto apatir de estudos e posteriormente com a ida do homem ao espaço ficou mais que provado que a terra é esferica e não é o centro do universo, isso é incontestavel, acredita-se em um único Deus criador do universo que existe desde muito antes do espaço e do tempo e são inúmeros relatos historicos por diferentes povos e em diferentes epocas durante a historia da humanidade, logo não se pode negar sua existência embora há grupos contrários ainda que defendam suas ideias baseadas em hipoteses não provadas, mas são apenas hipoteses, porém Deus é Improvável, ou seja aquele que não pode ser provado através de espermentos cientificos, mas a prova pode ser vista no reflexo do espelho onde a imagem e semelhança desse criador é vista por sua criatura, o homem.

 

    Ainda hoje muitos acreditam que todo cientista é ateu ou hereje, seja o cientista cristão ou não cristão, os metodos cientificos que se usam em pesquisas e expermentos causam essa impressão que o mesmo é ateu, pois precisa-se provar o que se afirma onde essas acabam sendo refutadas muitas vezes por grupos religiosos e outros que não concordam gerando conflitos e até confrontos. Atualmente há uma infinidade de conflitos que desencadeiam mais conflitos, exemplo: Estudos mais recentes sobre a sexualidade identificou semelhanças entre cerebros de homosexuais e o de heterosexuais ao observá o objeto do desejo comum a ambos, mas são apenas semelhanças não há nada conclusivo e definitivo ou que comprove que a causa de tal comportamento é genetica ou que é um homem em um corpo de mulher ou uma mulher em um corpo de homem de acordo com a coluna ciência (2014), pois é o que se tenta afirmar nessa ideologia, com tudo a pressão dos ativistas homosexuais já conseguiram desassocia a homosexualidade da patologia, porém nada foi provado até agora sobre a homosexualidade, são muitas perguntas sem respostas, enquanto isso esses ativistas ganham espaço nas midias e criam mais conflitos entre as pessoas dentro da sociedade, pois estão redefinindo até o conceito de casal assim como a familia onde se sabe que naturalmente apenas um macho e uma fêmia podem ser genitores e nunca dois do mesmo sexo, mas ainda sim querem ensinar as crianças que elas não naceram com sexo como se o sexo fosse definido por uma decisão do individuo, mas conforme a Associação Americana de Pediatras.

 

   Ninguém nasce com um gênero. Todos nascem com um sexo biológico. Gênero (uma consciência e percepção de si mesmo como homem ou mulher) é um conceito sociológico e psicológico, não um conceito biológico objetivo. Ninguém nasce com uma consciência de si mesmo como masculino ou feminino; essa consciência se desenvolve ao longo do tempo e, como todos os processos de desenvolvimento, pode ser descarrilada por percepções subjetivas, relacionamentos e experiências adversas da criança, desde a infância. Pessoas que se identificam como "se sentindo do sexo oposto" ou "em algum lugar entre os dois sexos" não compreendem um terceiro sexo. Elas permanecem homens biológicos ou mulheres biológicas.

 

   A crença de uma pessoa, que ele ou ela é algo que não é, trata-se, na melhor das hipóteses, de um sinal de pensamento confuso. Quando um menino biologicamente saudável acredita que é uma menina, ou uma menina biologicamente saudável acredita que é um menino, um problema psicológico objetivo existe, que está na mente, não no corpo, e deve ser tratado como tal. Essas crianças sofrem de disforia de gênero (DG). Disforia de gênero, anteriormente chamada de transtorno de identidade de gênero (TIG), é um transtorno mental reconhecido pela mais recente edição do Manual de Diagnóstico e Estatística da Associação Psiquiátrica Americana (DSM-V). As teorias psicodinâmicas e sociais de DG/TIG nunca foram refutadas. (Praeponere,2016)

 

    E ainda diante do que foi exposto temos grupos que já estão propagando que todos que seguem os padrões naturais é que precisam de tratamento, é praticamente impossivel esses grupos provarem que tal afirmação é verdade. Em relação aos sexos o movimento feminista em sua luta por igualdade desencadeou um conflito entre os sexos que deixa claro que há  uma especie de relação de odio das mulheres (Ativistas) para com os homens o qual ao invés de haver um consenso e união entre os mesmos há apenas uma competição onde uns querem ser mais que os outros em muitos campos e aspectos além de posições hieraquicas onde opiniões que não estejam de acordo com o que se espera ouvir são denominadas de machistas ou feministas e isso está explicito nas midias, contudo vale lembrar que homens e mulheres são iguais em dignidade nenhum é melhor que o outro, pois são complementares, porém há diferenças fisicas e biologicas incontestaveis, mais o que vem a ser machismo ou feminismo, bem esses são conceitos meramente politicos onde o feminismo se a afirma como uma luta por igualdade de direitos, porém o que parece ser é uma verdadeira competição, pois não se aceita mais que se fale de fonções e tarefas as quais sempre foram atribuidas as mulheres onde isso se considera como machismo esse pensamento é meio confuso, pois o homem não pode parir, nem amamentar, ele pode sim ajudar a cuidar da cria, mas essa ideia de igualdade ainda sim pode está criando um novo problema que são homens afeminados e/ou mulheres com caracteristicas masculinas, mas esse seria um outro estudo, e assim esses conceitos por sua vez envolvem outros grupos como os religiosos onde muitos desses grupos não aceitam determinados padrões de comportamentos baseados em seus padrões culturais e religiosos. Já no mundo das religiões há apenas três religiões monoteistas que acreditam em um só Deus sendo o Judaismo, o Cristianismo e o Islamismo que tem como patriarca Abraão, no entanto elas estão em conflito entre elas e internamente entre seus adeptos desencadeando divisões internas por discordancias entres seus membros o que causam até guerras e de acordo com Demócrito[3] (SÉCULO V A.C.) “Desejar violentamente uma coisa é tornar-se cego para os demais”. Há ainda grupos do contra como anti-religiosos, ateus e alguns ligados aos LGBT’s (lesbicas, Gays, Bisexuais, Travesti e simpatzantes) e  ignorantes que se opõe aos padrões éticos e morais existentes além de os acusarem de inúmeros erros na historia, o que não pode ser considerado erro, pois fez parte de cada época para se chegar ao hoje onde o pensamento da época era diferente do entendimento de hoje. Se tem o ateu que se diz não acreditar em um Deus e/ou em deuses no entanto acredita nas leis da natureza, da fisica, da quimica e da biologia que e regida por quem? E ainda pior acredita em si mesmo como se fosse um deus. Bém do ponto de vista religioso pode-se deizer que há apenas uma divindade denominada  Deus e não os deuses mitologicos criados pelos homens ao longo da historia para explicar o que não se compreende onde pode ser esse denominado como a propria lei da natureza, a enegia do universo que é OnipotenteOnisciente e Onipresente que não se cria mais se transforma ele é a propria fisica entre outras que ainda não são comprendidas pelos homens. Os inumeros deuses criados pelo homem ao longo da historia não é o mesmo Deus criador do universo e de todas as coisas por isso se coloca em duvida a divindade desses deuses apresentados em diversas culturas como deus do amor, da guerra, do vento, do mar e muitos outros.

 

     Hoje em pleno século XXI há pessoas que ainda não acreditam que o home foi a lua assim como não acreditam em um Deus e de acordo com Adamson(2011) “se alguém se opõe radicalmente à possibilidade de Deus existir, então qualquer prova ou explicação apresentada poderá ser imediatamente refutada”, esse é um direito de cada um. Dentro dos grupos religiosos, academicos, cientificos e sociedade em geral há discordancias sobre inúmeros temas. Palavras são usadas de forma equivocadas e se alguém ousar contestar é acusado de ser preconceituoso e está sujeito a ser processado, ir para a prisão e outras punições pelo simples fato de falar o que se pensa baseado nas culturas dos povos ou em padrões éticos e morais ou nas verdades desses o que comprova a afirmação de Martin Luther King, mas o que é a verdade segundo a Wikipédia (2014) a palavra verdade pode ter vários significados, desde “ser o caso”, “estar de acordo com os fatos ou a realidade”, ou ainda ser fiel às origens ou a um padrão, porém  o que ainda pode-se dizer sobre a verdade de acordo com FREUD (1921,p20) “as massas nunca tiveram a sede da verdade. Requerem ilusões, às quais não podem renunciar. Nelas o irreal tem primazia sobre o real, o que não é verdadeiro as influencia quase tão fortemente quanto o verdadeiro. Elas têm a visível tendência de não fazer distinção entre os dois.”  E o que vem a ser padrão em modo mais simples padrão é um modelo a ser seguido, porém esse modelo levanta outros questionamentos criando conflitos entre grupos que determinam padrões conforme seu entendimento, porém há determinados padrões que não podem ser mudados pelo homem por mais que se queira, pois são os determinados pelo Criador para os que acreditam em sua existencia, pela natureza e pelas leis do universo (fisica, quimica e biologia), no entanto as mudanças  de pensamentos que ocorrem atualmente confundem o homem que tenta criar novos padrões para tentar mudar o imutavel segundo o entendimento da verdade desses individuos que  muitas vezes se chocam com a verdade absoluta, ou seja, entram em conflitos com o que se tem como padrão desde que o homem começou a compreender o mundo em sua volta, porém já que não se consegue mudar esse entendimento e padrões dos que já têm seus conceitos formados estão tentando fazer essas mudanças através das novas gerações dentro da educação, ou seja, mudando esses conceitos nas crianças em processo de apredizagem, um serio risco para a humanidade onde se pode esta se criando uma geração de desequilibrados mentais como já citado. Se chegou ao ponto de se afirmar que uma criança não tem sexo é uma afimação meio confusa, pois biologicamente seu corpo e orgãos reprodutores apresentam o sexo da criança e também se diz que a criança não pertence a seus pais, a propria biologia prova o contrario, pois uma criança é parte daquele casal através da sua genetica e depois através dos encinamentos, certos ou errados isso vai depender de fatores externos dentro da sociedade assim uma criança é propriedade genetica de seus pais. Desenvolveu-se uma teoria de que o corpo não mais determina o sexo do indivíduo como se os indivíduos pudessem escolher isso contrariando a natureza a qual não se têm o controle ou não se pode controlar, esquecem que não é a vontade de ser que determina o sexo do indivíduo e que para se gerar uma vida é necessário um macho e uma fêmia onde essa criança pertence a esses genitores, mesmo que eles se recusem a aceita-la onde muitas vezes essa é deixada no mundo sem ninguém, pois de forma filosófica se diz que uma criança é fruto do amor entre duas pessoas e essa proposição não é verdadeira, essa é fruto da relação sexual entre duas pessoas de sexos opostos, pois as pessoas confundem relações sexuais com o amor que é um sentimento assexuado, porém há inúmeros casos que envolvem uma relação com amor, mas não esqueçam que são coisas distintas, pois o sexo também não é e nem deve ser apresentado como a pratica do amor como alguns insinuam.

 

   A sociedade está cada dia mais confusa, pois os valores morais estão deturpados em quanto isso há um aumento da violência, do desemprego, da miséria e injustiça, em relação às injustiças temos que políticos e as políticas que deveriam favorecer a toda a sociedade favorecem apenas alguns grupos privilegiados com alguns interesses, enquanto isso a grande maioria da sociedade sofre as consequências desses atos, há também um grande descrédito da sociedade em geral em relação aos políticos, as políticas e a justiça, mas com uma pequena dose de esperança, pois se espera alguma melhoria o que dar margem a novas desilusões e decepções, no entanto as pessoas que deveriam servir como exemplo para toda uma sociedade são as primeiras a deturparem a ética, a moral e a justiça, logo como se poderá cobrar da sociedade os deveres se há tratamentos diferenciados dentro da sociedade, assim levanta-se a seguinte questão: Há diferença entre ricos e pobres, pretos e brancos, autoridades políticas, juízes, promotores e cidadãos e entre homens e mulheres? Em se tratando de justiça não deveria haver diferenças, pois segundo Wikipédia (2014) “ Justiça é um conceito abstrato que se refere a um estado ideal de interação social em que há um equilíbrio razoável e imparcial entre os interesses, riquezas e oportunidades entre as pessoas envolvidas em determinado grupo social ”, esse é um conceito presente no estudo do Direito, Filosofia, Ética, Moral e Religião, porém do ponto de vista prático há diferenças de tratamento entre grupos e pessoas e isso fica muito explícito através dos meios em que se vive e comprovado e visto no mundo real como os meios de comunicações ou não, ainda segundo Wikipédia (2014) “ as aplicações práticas variam de acordo com o contexto social e sua perspectiva interpretativa, sendo comumente alvo de controvérsias entre pensadores e estudiosos”[, como pode ser percebido não há um consenso nas interpretações, mas tendendo a favorecer quase sempre ao lado de maior poder, veja o contraste, se um pobre e acusado de um crime ele e preso até que se prove que ele é inocente, se é um rico ele permanece solto até que se prove que ele é culpado e assim se segue dois pesos e duas medidas. Ainda em relação à justiça a defesa do rico contrata os melhores advogados do país que em conjunto encontram argumentos nas leis para inocentar o indivíduo que muitas vezes é realmente culpado, já o pobre quando sem condições para pagar um advogado vai ser defendido pela defensoria pública ou por aqueles que estiverem dentro de suas condições onde na maioria das vezes por não ter como defende-los das argumentações hipotéticas esse já é apresentado como culpado pela justiça e pela sociedade impulsionado pela ansiedade em encontrara e punir um culpado, assim se perde a causa ou se faz acordos e o indivíduo é condenado e em alguns casos ele é realmente inocente como também indivíduos que são detidos por pequenos delitos e são colocados juntos a condenados e perigosos em um sistema prisional, e os presos ainda são chamados de ré-educandos em um lugar onde se sofre todos os tipos de violências que se pode imaginar ou não e muitos dentro da sociedade aprovam esse tratamento desumano chamando isso de justiça, mas que reeducação ou ressocialização  será essa? Diante desses exemplos como se pode confiar no poder judiciário se esse condena os pobres e indefesos enquanto os ricos e poderosos ficam sem uma punição justa além de terem um tratamento diferenciado? Atualmente o que é certo é errado e o que é errado é certo! É complicado definir o certo e o errado, pois esses baseiam-se no ponto de vista, cultura e conhecimento de cada um, veja o exemplo: Os políticos que são eleitos pelo povo para governar e legislar em prol de toda sociedade o faz em seu próprio benefício e de alguns grupos seletos onde eles acreditam estar acima das leis, em muitos casos devido as suas prerrogativas, a princípio sim, pois são raros os que são punidos por corrupção, improbidade administrativa entre outros crimes cometidos por esses geralmente por prescrição, falta de provas ou por essas provas serem invalidadas pelas próprias leis que deveriam puni-los.

 

   É sabido de toda sociedade que há privilégios para as classes mais elevadas e que tem poder como a política, justiça e pessoas de posses e que esses privilégios influenciam grande parte da sociedade de tal forma que todos passam achar a corrupção e outros atos ilícitos praticados por esses normal o que acaba muitas vezes transformando esses em ídolos para alguns,  ao chegar as eleições os eleitores esquecem tudo e não levam em conta os candidatos que se envolvem nesses atos ilícitos e que não são dignos desse cargo e o elegem novamente fazendo com que eles permaneçam no poder passando posteriormente para seus filhos e outros parentes perpetuando-os no poder, mas o que gera a aceitação de tudo isso? A falta de conhecimento e a educação, lembrando que o ser humano de um modo geral pode ser corrompido, cada ser humano tem um preço de acordo com o seu caráter, posição social, educação e nível financeiro, todavia a exceção, mas não se pode dizer que se é incorruptível, pois todos estão sujeitos a serem corrompidos uns mais outros menos, porém se todos tivessem acesso ao conhecimento e uma educação de qualidade e adequada os políticos seriam outros além de diminuir drasticamente a corrupção, mas as condições de vulnerabilidade a que as pessoas são submetidas as tonam propicias a se corromperem de diversas formas em diversos campos e níveis.

 

      Já os grupos políticos deveriam ser um exemplo para a sociedade em matéria de justiça e igualdade, mas não são, pois muitos entram na política pelo poder e uma série de outras vantagens que estão contidas nesse poder e não se importam com as consequências que venham causar por seus atos, seja na geração atual ou nas próximas, a única coisa que importa é o poder nas mãos o que lhes gera uma série de vantagens, raciocinando se pode dar os seguintes exemplos; se um político deixa de investir  em algo destinado a um benefício para a sociedade ele está causando um problema imediato e outro a longo prazo consequentemente para outras gerações sendo que o maior prejudicado é a sociedade de modo geral, pois quando ocorre um desvio de verba do estado se deixa de investir em diversos setores como educação, saúde, segurança e infraestrutura onde a educação é o mais importante dentre esses, pois a deficiência na educação tem como consequência menos profissionais qualificados no mercado, logo teremos cada vez menos pessoas preparadas com conhecimentos para o mercado de trabalho no futuro que por sua vez acarretam em mais uma series de outros problemas como o empobrecimento da sociedade com o crescimento da pobreza, da miséria, da corrupção e consequentemente  o aumento da criminalidade, ou seja, uma ação que gera reações prejudicando toda uma sociedade e até mesmo o país do ponto de vista socioeconômico com outros desdobramentos enquanto isso há o enriquecimento ilícito de uns poucos que não se importam com as consequências de seus atos .

 

    A educação não tornam todos inteligentes, intelectuais ou sábios, pois ninguém é igual cada ser humano tem seu nível próprio de aprendizagem, uns aprendem mais outros aprendem menos, uns tem mais aptidão para umas coisas e outros para outras coisas, uns são influenciados com mais facilidades já outros não, pois aquele que deseja influenciar deverá ter argumentos muito fortes e convincentes para conseguir influenciar, mas no cenário atual tem-se que as pessoas são e estão carentes de muitas coisas inclusive de fé em si própria e em um ser superior, Deus ou como queiram chamar, logo elas estão sujeitas a serem corrompidas facilmente com palavras, dinheiro, bens, serviços e em outros casos com acordos e dessa forma grande parte da sociedade é corrompida em seus valores éticos e morais. Nos grupos religiosos tem-se uma série de conflitos como exemplo os cristãos que vem se dividindo assustadoramente onde todos os dias surge uma nova igreja onde muitos desses líderes por questões políticas afirmam que Jesus não fundou uma Igreja, bem segundo a história e a própria bíblia que é bem clara diz que Jesus fundou uma Igreja única sobre a primazia de Pedro um de seus discípulos dando-lhes autoridade para governa-la e isso está na própria bíblia onde Jesus diz "TAMBÉM TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EU EDIFICAREI A MINHA IGREJA" (Mt. 16,18) o que gera também uma série de interpretações e explicações contraditórias por grupos cristãos que protestam até  hoje contra o primeiro grupo cristão onde esses baseiam-se em suas próprias interpretações para criarem sofismas[4] e provocarem dúvidas sobre aqueles que tem pouco conhecimento sobre o assunto ou nenhum o que faz com que a cada dia surja novas interpretações sobre o que já está definido, porém para o embasamento desses sofismas são escritos inúmeros livros tendenciosos com mais e mais sofismas por estudiosos e simpatizantes desses grupos o que causam mais confusões e erros nas interpretações, o que isso mostra é que o conhecimento também pode corromper as pessoas tornando-as cegas para a verdade fazendo muitas tornarem-se soberbas, arrogantes e vaidosas levando-as a desdobramentos mais complexos dentro da sociedade e na própria religião, mas vale lembrar que a Bíblia não é só um livro de religião ela é também de história e filosofia a qual necessita de conhecimento e estudo para se compreendê-la.

 

    Atualmente todos têm pressa o imediatismo impera na sociedade e no mundo corporativo todos querem mais e mais o mais rápido que for possível o que gera uma corrida desenfreada da indústria e da sociedade, só que todos se esquecem de uma coisa muito importante para cada ação há uma reação (Terceira Lei de Newton) [5] por exemplo: Se forçar uma máquina a fazer mais do que ela foi projetada para fazer ela irá apresentar problemas a mesma coisa acontece com o ser humano se força-los demais esse irá causar  estresse, depressão ou até mesmo a loucura além de efeitos físicos, isso quando não ocorre acidentes que muitas vezes interrompem a vida e tudo isso pois se quer ter mais e cada vez mais, ou seja, se alguém tem x hoje amanhã se quer ter duas vezes x e assim por diante os seres humanos devem ter ambições na vida pois é isso que os faz crescer, mas deve-se ter cuidado pois junto a ambição existe um lado mau chamado ganância essa ganância é egoísta, é algo muito destrutivo dentro da sociedade e quando isso parte dos governantes afeta todo o país durante gerações. Usa-se muito termos questionáveis atualmente tipo isso é meu a quilo é meu, toda essa terra é minha, mas pergunta-se, por quanto tempo? A terra é sua ou você é da terra? Pois quando você nasceu a terra já estava aqui e você morrerá e a terra irá permanecer no mesmo lugar, a mesma coisa é para o ouro a prata e o dinheiro não se ficará com nada após a morte todos irão se decompor da mesma forma, do pó viemos e ao pó retornaremos (GN 3:19), logo fica a questão, como se pode viver bem nesse mundo corrupto tão cheio de injustiças onde uns tem muito mais do que o que precisa e outros não tem nada? Em um município, estado, país e no mundo há terra suficiente para todos viverem e construírem suas moradias, mas não é simples assim, pois há milhões que não têm o direito de terem uma moradia digna com o mínimo para sobreviver como alimentação, moradia, educação, trabalho e saúde nessa sequência, pois uma coisa proporciona  outra e como o tempo de cada ser humano é finito e é preciso viver já que se nasceu nesse planeta nada mais justo que todos tenham esse direito que é básico, pois hoje cria-se leis que proíbe-se o homem de sobreviver, seja, construir sua moradia nos lugares desocupados, caçar, pescar ou até se defender de outros que tentem contra a sua vida ou a de terceiros, pois o sistema informa que o estado defenderá os seus cidadãos através de agentes criados para esses fins, mas não é o que se vê na pratica com  exceções, pois esses agentes tem uma certa prerrogativa sobre os demais cidadãos, com limites claro, mas chegam ao ponto de cometerem erros absurdos abusando desse poder e não querem assumir que tais abusos existem os quais são cometidos todo o tempo, a menos que haja provas incontestáveis, caso contrário o corporativismo os livram de quaisquer culpas sendo esse corporativismo muito opressor, pois esse tenta calar a verdade a qualquer custo culpando muitas vezes inocentes na tentativa de elucidar casos ou mesmo não admitir sua incapacidade de dar uma resposta para a sociedade onde não há provas ou testemunhas onde se cria uma hipótese sobre o ocorrido e as defendem como se tratasse da verdade, exemplificando de forma condicional que provas podem ser forjadas, testemunhas podem ser criadas e/ou coagidas e os cenários podem ser preparados, onde muitas vezes nos depoimentos se dá prioridade ao sim ou não e as contradições devido as pressões psicológicas a que os suspeitos são submetidos, nesses novos tempos deve-se desconfiar de tudo e todos e não só dos suspeitos mais dos acusadores já que há pressa em se dar uma resposta a sociedade que se justifique, mas vale observar também que existem acusados que pelo seu poder financeiro ou de relacionamentos tentam transformar os investigadores e julgadores em criminosos subvertendo a ordem alegando que a verdade e uma mentira para que tais fatos incontestáveis sejam invalidados. 

 

      Tudo é ofensivo hoje, não se pode falar que alguém é preto que logo surge alguém que diz que é preconceito, e os brancos, ruivos e outros? não se pode ser contrário a ideologia gay e suas praticas, pois isso é homofobia palavra criada baseada em uma visão distorcida da fobia que significa medo de algo, o sentimento para com o homossexualismo não é de medo, se acredita que determinadas atitudes e comportamentos não combinam com o sexo feminino isso já é denominado machismo, não se pode mais paquerar as mulheres que isso é denominado de assedio no caso dela não gostar da cantada e essa varia de acordo com a educação e cultura de cada indivíduo o que pode dá margem a interpretações diversas, aonde se chegara com isso! Ateus e antirreligiosos falam sempre que a culpa de todos os erros que ocorreram na história é da religião, muitos ignorantes afirmam que toda religião é verdadeira e isso não é verdade, pois há muitos mitos alguns deles já ultrapassados como os astros e as estrelas que eram considerados como deuses, e não são , esculturas e pinturas também não eram ou ainda são em algumas culturas, onde essas são relíquias e/ou símbolos históricos de algo ou alguém verdadeiro ou também fictício de figuras mitológicas, ou seja, irreais. Na sociedade atual ainda acusam-se as pessoas de coisas que não dá para acreditar como exemplo a formação de quadrilha em determinadas situações onde o próprio corporativismo em muitos setores da sociedade e do estado pode ser considerado como tal, porém ninguém pode se quer falar que se trata de formação de quadrilha, o próprio desacato que é uma via de mão dupla onde em muitos casos aqueles que representam a autoridade do estado abusam do  poder que lhes foi dado pela sociedade sendo arrogantes, prepotentes e truculentos e se recusam a aceitar que os cidadãos se defendam desses abusos e violências o que pode ser dito como uma total falta de respeito para com quem os deu esse poder para zelar pela paz com educação e respeito e não apresentar-se como se fossem uma divindade que exige ser tratada com veneração. As pessoas estão cansadas da impunidade e da falta de respeito das autoridades do estado para com os cidadãos dentro da sociedade que é quem os pagam indiretamente para esses prestarem um serviço de péssima qualidade para a sociedade, o que ocorre atualmente e é o que vem se repetindo ao longo da história. A sociedade está tão confusa que justiça e vingança não diferem muito, se tem casos de acusados de um crime serem condenados ou mortos sem que haja prova alguma simplesmente por que a sociedade tem pressa e exige uma resposta rápida para esclarecer o caso ocorrido e que um culpado seja apresentado e punido exemplarmente, essa pressa muitas vezes provoca ações absurdas dentro da sociedade como também no sistema judiciário e seus agentes. Tem-se hoje uma lei do desarmamento que provocou um aumento absurdo nos crimes, pois é a garantia de um crime seguro para quem os cometem sem reação das vítimas. Afirmaram os políticos em seus discursos eloquentes, a violência e as mortes irão diminuir com o desarmamento, porém não foi o que ocorreu na pratica e caso você reaja a tentativa de um criminoso e o vença você passa de vítima a agressor segundo as leis vigentes, onde já se viu isso! Aqueles que devem defender os cidadãos nunca estão no momento que se precisa e/ou quase sempre chegam após o ocorrido quando nada mais pode ser feito, porém se entende que é impossível ter agentes disponíveis em tempo integral para todos os cidadãos, contudo o estado deveria ser responsabilizado por esses crimes e em casos de perdas matérias ressarcir as vítimas por suas perdas com indenizações e em casos mais graves a responsabilização do próprio estado pelas vítimas. Lembrando ninguém nasce criminoso, seja, ladrão, corrupto, assassino, estuprador e muitos outros que se consideram como inaceitáveis dentro da sociedade, no entanto a sociedade e o próprio sistema são culpados por desenvolverem essas características nos indivíduos que surgem ao longo do tempo assim como a injustiça social explicita como aí está. Se têm crimes causados pelas mais diferentes  motivações, porém depois do próprio estado tê-los criados querem condena esses até a morte, bem ninguém tem o direito de tirar a vida de seu semelhante mesmo os doutores da lei não têm esse direito, pois eles fazem parte de todo um sistema que envolvem sociedade e políticas que tiram e dão direitos as pessoas a terem ou não condições de vida digna, vícios como drogas, bebidas e sexo também são fomentadas pela sociedade, pois indivíduos nascem sem nada disso e no meio em que ele vive desenvolve todas essas características que por falta de uma educação de qualidade ou por desvio de caráter acabam por se tornarem criminosos, porém a sociedade de hoje não se importa com as causas mais só com os seus efeitos que se multiplicam a cada dia onde o que interessa é apenas o ter, o poder e o dinheiro é isso que é ensinado dentro da sociedade, muitos que não têm nada querem ter dinheiro, os que têm dinheiro querem ter poder e os que tem poder querem dominar tudo e todos, querem controlar até o que as pessoas pensam e não é esse o caminho, foi dado a todos seres do gênero humano algo chamado de livre arbítrio que dá o direito a cada um de decidir por si mesmo, cabendo a missão para os mestres e líderes de ensinar as novas gerações que há dois caminhos a se seguir o certo e o errado a decisão será  de cada um, mas vale lembrar que de acordo como a Bíblia cristã que “tudo nos é permitido, porém nem tudo nos convém”(1Coríntios 6:12).

 

     Nos dias de hoje os jovens implicitamente estão sendo desmotivados a estudarem e a querer adquirir conhecimento, são incentivados pelo sistema ao imediatismo a querer ter mais e sempre mais, a serem individualistas e egoístas, para si tudo e o outro não importa sendo   cada um por si essa é a mentalidade. Existem determinadas áreas que não precisam de muito estudo, nem de atualizações de conhecimentos técnico ou científicos para alcançar o sucesso onde tem seus representantes e motivadores apresentados sempre na mídia, muitos deles são idolatrados graças ao marketing das mídias, claro que dentro dessas áreas são empregadas pessoas com conhecimentos para que esse seguimento se desenvolva e continuem a crescer, no entanto isso frustra  muitas vezes estudantes e profissionais desmotivando muitos a buscarem conhecimentos técnicos e científicos para trabalhar em prol da sociedade onde o número de pessoas interessadas tende a diminuir, pois todos querem conquistar seu lugar no mercado e na sociedade a curto prazo em um ritmo imediatista, por exemplo, o que mais é lucrativo nos dias de hoje seja honestamente ou não?  O ilícito como Drogas, a política em todas as formas e alguns concursos públicos, pois o poder está nas mãos desses que podem quase tudo dentro da sociedade e alguns esportes em particular e assim por diante mais todos esses aqui citados precisam de apoio de pessoas com conhecimentos em diversas áreas técnicas e políticas, logo mistura-se o certo e o errado gerando uma confusão nas cabeças das crianças e adolescentes os adolescentes em particular pois eles sempre querem ser diferentes e nessa busca da diferença acabam se desvirtuando dentro da sociedade carente de conhecimento tão cheia de questões é tudo tão simples e ao mesmo tempo complexo que uma pergunta geram mais perguntas e termina-se cheio de dúvidas sobre o que e certo e o que é errado  para alguns o certo é  errado e para outros o errado é certo, ou seja, o relativismo, pois estão considerando tudo relativo.

 

 Considerações finais

 

      O lamentável dessa guerra fria declarada é que quem fala o que pensa ou a verdade é quem sofre as consequências dos que se sentem ofendidos ou que têm culpa em tudo isso ou parte disso podendo esses destruir pessoas ou suas carreiras sem levantar suspeitas, pois ao longo da história, seja, nos  impérios, nas ditaduras e até mesmo dentro da democracia as pessoas são imobilizadas de forma direta ou indireta para se evitar que elas se manifestem sobre as determinações e ações que são criadas para controlar a sociedade onde a maioria não entendem o que está por traz dessas ações e os que tentam esclarecer para esses leigos são imobilizados através dessa guerra fria podendo até serem envolvidos em conspirações complexas onde quem levanta a suspeita ou acusa acaba sendo desacreditado de alguma forma, pois o sistema só aceita quem está a seu favor mesmo estando completamente errado. Se vive hoje em um mundo egoísta, imediatista e muito perigoso. Observa-se que muitos fatos da história que ocorreram continuam a se repetir na atualidade, porém poucos observam esses fatos ou não dão a devida atenção e efetuam a comparação devido ao desconhecimento da história ou a falta de estudo. Ainda hoje as pessoas continuam escravas umas das outras, do dinheiro, de ativistas e seus ideais socioeconômicos, culturais e religiosos, porém com uma falsa ideia de liberdade pregada por muitos governantes e até líderes religiosos que violam o livre arbítrio e os direitos individuais das pessoas onde no fundo o único direito que as pessoas têm é o de não ter direito, mas apenas o de obedecer ao que é imposto por aqueles que estão no poder o que deixa as pessoas confusas e impotente principalmente no campo das religiões, pois as afirmações são de Deus e está escrito e muitas vezes são ditas por pessoas sem conhecimento do que está falando e a fé não admite ser contestada, logo ficam todos na dúvida sobre a verdade apresentada por esses os quais podem levar milhões ao erro com uma certeza de que estão certos, tem–se como exemplo: analfabetos ou analfabetos funcionais falando sobre assuntos complexos onde na maioria eles estão apresentando sofismas ou apenas repetindo o que já foi dito por outros e não por inspiração divina como muitos podem pensar através dos olhos da fé lembrando que muitos ousam fazer comparações com profetas e líderes do passado que não tinham estudo, mas apenas conhecimento baseado em tradições que muitas vezes se moldavam conforme a cultura da época ou de grupos e pessoas, não muito diferente de hoje, porém uma grande parte hoje sabe ler e escrever e isso não significa que por isso entendam tudo.

  

     Nessa guerra fria o estado está invadindo as vidas das pessoas através de leis que tentam controlar as mesmas com a desculpa de que é para a proteção da sociedade, de países, de governos e ainda pregam a liberdade, contudo essas causam a impressão que as pessoas são propriedades do estado e pertencem ao mesmo com um discurso que diz que uma criança não é propriedade de ninguém, bem, biologicamente isso é uma inverdade, pois a criança é propriedade genética de seus pais que o geraram ou seus genitores.

 

   Tem-se a criminalização das pessoas por muitas coisas banais em comparação a crimes como torturar, matar, estuprar, violentar, roubar e outros, alguns exemplos desses crimes duvidosos são: alguns acidentes como os de transito onde o homicida é sempre o condutor do veículo e nunca a outra parte que pode até ser até um suicida além de imprudente, negligente ou imperito sendo esse o causador do sinistro. Os chamados crimes ambientais como derrubar uma arvore, usar de violência ou até matar um animal irracional, do ponto de vista humano, que pode representar um risco ou até um perigo para as pessoas, eles têm o direito a vida justificam os ativistas e simpatizantes, claro que tem, porém não são humanos nem são iguais aos humanos, eles estão vivos, mas não pensam, entretanto têm pesquisadores que afirmam que eles pensam, logo supostamente teriam sentimentos baseados em semelhanças nas reações eletroquímicas dos cérebros dos referidos comparando as reações do cérebros dos seres humanos e em comparações de comportamentos, todavia eles agem por instinto e não por um raciocínio ou são condicionados conforme o convívio com o ser humano, mas são imprevisíveis muitas vezes além de não serem todos completamente indefesos como se tenta demonstrar, eles podem muitas vezes conter vírus e bactérias nocivos aos seres humanos, por esses pertencerem a outras espécies não podem ter um status de igualdade aos seres humanos ao ponto de se comparar os crimes contra esses como se eles fossem humanos. Os humanos estão se tornando tão desvalorizados que se prefere adotar um animal irracional e chama-lo de filho, querido e até meu amor investindo-se muito nesses seres, mais do que em uma criança órfã ou outros seres humanos abandonados, lembrando que amar ao próximo como a se mesmo é amar aos seus semelhantes(mesma espécie) e não substitui-los por animais irracionais onde as justificativas são as mais variadas por parte dos ativistas e simpatizantes, algo que precisa ser reavaliado como todo esse apego aos animais. Pode-se apresentar como crimes ambientais derrubar matas e florestas inteiras, poluir rios e lagoas assim como levar a extinção muitos animais de forma direta ou indireta sem uma justificativa e não apresentar uma forma de reparação do meio que não tenha nada haver com multas, pois dinheiro não repara o que foi perdido e é sabido de todos como isso funciona! Em muitos países não se vê animais circulando livremente nas ruas com exceção dos pássaros, existem alguns casos em particulares, mas não se vê sujeiras deles pelas ruas e calçadas em países desenvolvidos.

 

   Se diz ser um crime possuir uma arma dentro de casa para autodefesa e de sua família por motivos óbvios, pois não se tem segurança quando se mais precisa desta, contudo estão imobilizando toda uma sociedade através de leis que proíbem as pessoas de se defenderem assim como outras situações mais complexas como a da prostituição de adolescentes pelos mais variadas causas além de outros crimes cometidos por menores em situação de vulnerabilidade social a qual suas famílias são submetidas que tem como causa principal a corrupção do estado em áreas de educação, saúde e segurança entre outros que contribui para a pobreza e miséria de um país e têm como incentivo a certeza da impunidade para os agentes corruptos e corruptores, tudo isso graças a ideologias políticas com péssima gestão do estado assunto esse que exige maiores estudos. Incentiva-se as pessoas a serem passivas diante de crimes, ou seja, simplesmente presenciarem seus semelhantes serem violentados, assassinados ou a si próprio e não fazerem nada em sua própria defesa ou de terceiros, pois os discursos eloquentes que se pregam para as pessoas é; “Não reajam”, dizem os políticos e agentes do estado! Mas reagir não significa incentivar a violência mais apoiar o instinto de sobrevivência dos indivíduos, logo aonde chegará a humanidade se continuar com esses ideais de vida do ter e poder sobre tudo e todos a qualquer custo, de querer controlar o que os outros devem ou não pensar e o que devem ou não fazer, o que é melhor ou não para os outros esses pensamentos são individuais e particular de cada um onde sem liberdade não existe liberdade, mas a sim uma ditadura com discursos demagógicos de hipócritas sobre as liberdades individuais onde conforme a demagogia a liberdade será usada para a autodestruição dos que acreditam serem livres.

 

   É importante observar que tudo o que se apresentou é bem atual, pois foi planejada ao longo da história com as previsões de sua implantação bem como suas consequências, mas sem previsão certa de sucesso. Nos diálogos de Platão ele apresentou uma ideologia de um estado ideal no qual assemelha-se muito com o que alguns ditos ideólogos atuais pretendem como por exemplo os filhos não pertencerem aos seus pais mais sim ao estado, casamentos coletivos onde as esposas pertencem a todos e não aos seus maridos entre outras, têm o decálogo de Lênin[6] cuja suas consequências são comprovadas nos fatos da atualidade diante de sua aplicação pratica que estão explícitos nos dias de hoje, têm-se no livro “Os Protocolos dos Sábios de Sião” textos antissemitas que descrevem uma conspiração dos Judeus e Maçons para atingirem a dominação mundial através da destruição do mundo ocidental como alegado nesse livro, porém esse livro foi escrito pelos proprios russos na época da Russia Imperial e a pós a revolução Russa ele foi traduzido para varios idiomas, textos esses que podem ter influenciado o nazismo, a criação desses textos segundo historiadores teve um proposito politico e quando se compara o conteudo do que está escrito com o que se vê na sociedade hoje se tem ideia de tudo que foi e está sendo feito para que se cumpra tudo que está escrito no livro, porém não conspirado pelos judeus, mas pelos comunistas e seus lideres que atribui aos outros aquilo que eles são ou fazem e por fim segue-se com  o decalogo que por si só apresenta o que se vê nas midia atuais e nos meios politicos do país através  do aparelhanento do estado.

 

                       OS DEZ MANDAMENTOS DO COMUNISMO DECÁLOGO DE LÊNIN

 

Em 1913, Lênin escreveu o “Decálogo” que apresentava ações táticas para a tomada do Poder

 

1.Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual

2.Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais

4.Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

5.Colabore para o esbanjamento do dinheiro público;

6.Coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7.Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8.Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9.Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10.Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa…

 

Qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência.

 

      Assim como pode ser visto não aqui não se trata de uma teoria da conspiração mais sim da aplicação de toda essa teoria na pratica o que está explícito para um bom entendedor onde não se faz necessária agencias de checagem para comprovar tais fatos, pois lamentavelmente essas são tendenciosas deturpam fatos para adequá-los aos seus ideais sociopolíticos, isso também é um fato, não há imparcialidade, tão pouco essas agencias formadas muitas vezes por pessoas que se acham detentores da verdade, mas da mesma forma que eles leem e interpretam as pessoas instruídas também podem, contudo os livros que instruem esses grupos dessas agencias tem como principal objetivo a desinformação em primeiro plano para posteriormente apresentarem sua própria versão dos fatos negando quaisquer outras versões apresentadas que seja antagônica as suas, omitindo livros que relatam os verdadeiros fatos e pensamentos de outros estudiosos que muitas vezes estudam e estudaram sobre o assunto por mais tempo do que esses que tentam elucidada toda a historia baseada em seus ideais socio políticos e não na própria historia um exemplo quando se fala em genocida só e citado Hadolf Hitler e o nazismo e não se fala no comunismo Russo de Lenin, no Chinês Mao Tsé-Tung entre outros como Fidel Castro e Che Guevara todos associados a ideais comunistas que visam controlar o mundo e que juntos mataram mais pessoas em nome de um ideal do que o nazismo que é dissidente desse regime revolucionário progressista da esquerda, mas tudo isso é omitido todos silenciam ao falar nesse assunto, pois são fatos comprovadamente reais e verdadeiros.

 

Referencias bibliográfica

 

Adamson, Marilyn. Deus existe?. Disponível em: http://www.suaescolha.com/existencia/deusexiste/deusexiste/. Acesso em: Agosto, 2011.

 

Bíblia. Português. Bíblia Sagrada. Tradução monges de Maredsous (Bélgica).São Paulo: Editora Ave Maria,1992.1632. Edição 82.

 

Dicionário online de Português. SOFISMAS. Disponível em: http://www.dicio.com.br/sofisma/ . Acesso em: Julho, 2014.

 

Coluna Ciência. A homossexualidade sob a lupa da ciência. Disponível em http://ciencia.folhadaregiao.com.br/2012/02/o-homossexualismo-sob-lupa-da-ciencia.html  . Acesso em: Julho, 2014.

 

Folha da Religião. Ciência: O homossexualismo sob a lupa da ciência. Disponível em: http://www.folhadaregiao.com.br/Materia.php?id=93611 . Acesso em: Julho, 2014.

 

FREUD, Sigmund. PSICOLOGIA DAS MASSAS E ANÁLISE DO EU E OUTROS TEXTOS (1920-1923). Disponível em: http://ideiaeideologia.com/wp-content/uploads/2012/10/freud-sigmund-obras-completas-cia-das-letras-vol-15-1920-1923.pdf . Acesso em: Novembro, 2015.

 

Portal do Carreiro. Os 10 mandamentos de Lênin: Qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência. Disponível em: https://www.portaldocareiro.com.br/os-10-mandamentos-de-lenin-qualquer-semelhanca-com-o-brasil-nao-e-mera-coincidencia/. Acesso em: Junho, 2017.

 

Praeponere, Christo Nihil . Associação Americana de Pediatras fulmina ideologia de gênero: Grupo de médicos dos EUA emite declaração explicando, cientificamente, por que ideologia de gênero é nociva para as crianças. Disponível em: https://padrepauloricardo.org/blog/associacao-americana-de-pediatras-fulmina-ideologia-de-genero . Acesso em: novembro, 2016.

 

Rifan, Dom Fernando Arêas. A ideologia de gênero. Disponível em: http://www.cnbb.org.br/outros/dom-fernando-areas-rifan/16673-a-ideologia-de-genero . Acesso em: Junho, 2015.

 

WIKIPÈDIA. Demócrito. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dem%C3%B3crito . Acesso em: Julho, 2014.

 

WIKIPÈDIA. Discriminação. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Discrimina%C3%A7%C3%A3o . Acesso em: Setembro, 2014

 

WIKIPÈDIA. John Money. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/John_Money

. Acesso em: Julho, 2019.

 

WIKIPÈDIA. Justiça. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Justi%C3%A7a . Acesso em: Julho, 2014.

 

WIKIPÈDIA. Leis de Newton. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Leis_de_Newton  . Acesso em: Julho, 2014.

 

WIKIPÈDIA. Martin Luther King Jr. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Martin_Luther_King_Jr . Acesso em: Julho, 2014.

 

 

WIKIPÈDIA. Normal: Normalidade. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Normalidade_(comportamento) . Acesso em: Janeiro, 2017.

 

WIKIPÈDIA. Preconceito. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Preconceito  . Acesso em: Setembro, 2014.

 

WIKIPÈDIA. VERDADE. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Verdade . Acesso em: Maio, 2014.

 

WIKIPÈDIA. Lenin . Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lenin . Acesso em: Julho, 2019.

 

WIKIPÈDIA. Os Protocolos dos Sábios de Sião . Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Os_Protocolos_dos_S%C3%A1bios_de_Si%C3%A3o

 . Acesso em: Julho, 2019.

 

[1] Martin Luther King Jr. (Atlanta, 15 de janeiro de 1929 — Memphis, 4 de abril de 1968) foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo.

[2] John William Money (8 de julho de 1921 - 7 de julho de 2006) foi um psicólogo, sexólogo e autor, especializado em pesquisa de identidade sexual e biologia de gênero. Ele foi um dos primeiros cientistas a estudar a psicologia da fluidez sexual e como as construções societárias de "gênero" afetam um indivíduo.

[3] Demócrito de Abdera (em grego antigo: Δημόκριτος, Dēmokritos, "escolhido do povo"; ca. 460 a.C. — 370 a.C.) nasceu na cidade de Abdera (Trácia), e é tradicionalmente considerado um filósofo pré-socrático.

[4] Sofismas raciocínio vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir em erro ou ainda Premissa ou argumentação cujo propósito se estabelece na intenção de produzir uma ilusão da verdade, apresentando uma estrutura lógica mas, além disso, relações incorretas e propositalmente falsas.

[5] A expressão leis de Newton designa as três leis que possibilitaram e ainda constituem a base primária para compreensão dos comportamentos estático e dinâmico dos corpos materiais, em escalas quer celeste quer terrestre. As três leis foram formuladas pelo físico inglês Isaac Newton ainda no século XVII e encontram-se primariamente publicadas em seu livro Philosophiae Naturalis Principia Mathematica.

[6] Vladimir Ilyich Ulyanov, mais conhecido pelo pseudônimo Lenin (Simbirsk, 22 de abril de 1870 – Gorki, 21 de janeiro de 1924), foi um revolucionário comunista, político e teórico político russo que serviu como chefe de governo da República Russa de 1917 a 1918, da República Socialista Federativa Soviética da Rússia de 1918 a 1922 e da União Soviética de 1922 a 1924. Sob sua administração, a Rússia e em seguida, a União Soviética tornaram-se um Estado socialista unipartidário governado pelo Partido Comunista. Ideologicamente marxistas, suas teorias políticas são conhecidas como leninismo.