EDUCAÇÃO E SABEDORIA: uma união perfeita

 

JOSÉ MARIA MACIEL LIMA[1] 

 

Na atualidade, considera-se a educação um dos bens mais importantes para o desenvolvimento de uma sociedade. É através da produção de conhecimentos que um país cresce, aumentando sua renda e melhora a qualidade vida das pessoas. Esse bem conta com um forte aliado, a sabedoria, que tem um papel decisivo na aquisição e a aplicação de um dos maiores bens da humanidade, o conhecimento.

Desde a antiguidade, o homem preocupou-se em buscar respostas para si mesmo e para o mundo a seu redor. Encontrar respostas para esses questionamentos é, e tem sido ao logo do tempo, significativo para o homem (satisfação pessoal) e para a humanidade (bem comum a todos).

Percorrendo o caminho do tempo, chegando aos confins de hoje, a busca de respostas para as indagações que encucam o homem se inicia, quase sempre, na Escola, exercitando o aluno a trabalhar com sua mente, ou seja, o indivíduo é levado a pensar desde sua infância.

Desse modo, o pensar tem se situado na história como ferramenta indispensável para o homem. Neste sentido, a Sabedoria e Educação caminham juntas. Por sabedoria, entende-se o conjunto de conhecimentos adquiridos e, por educação entende-se o aperfeiçoamento e o desenvolvimento das faculdades humanas.

Assim é através da educação que o homem adquire conhecimento e a aplicação deste conhecimento na prática, consiste na sabedoria. Além disso, o saber se constitui de forma dual, ou seja, o fazer e o agir: o fazer refere-se à atividade técnica e o agir diz respeito a sua aplicação na prática (ética). Essa dualidade, resulta na atividade humana (sabedoria).  E isso, requer muito conhecimento. Este, na maioria das vezes, é adquirido através da educação pelo aperfeiçoamento das faculdades intelectuais do homem.

Desse modo, é impossível falar em educação e não lembrar de sua aplicação na vida prática, a sabedoria. Ainda que de forma inconsciente, o homem vivencia diariamente o saber em seu dia-a-dia. São suas aplicações que orientam o indivíduo tanto na visão concreta de vida, como em seus valores e significados, e isso é imprescindível quando se fala em conduta humana.

Diante disso, pode-se dizer que a sabedoria é importante para educação, pois o exercício de pensar, de buscar a verdade, tem início no processo educacional: ensino e aprendizagem. Este processo pode ser resumido basicamente em: exercitação e aperfeiçoamento das faculdades intelectuais do individuo, pois é na Educação que o saber se eleva e se constrói e se torna útil para a humanidade. Nesta perspectiva, pode-se dizer que, se o modo de explorar a realidade desde a antiguidade foi por meio da reflexão, do pensamento, hoje não é diferente.

Portanto, levantar questionamentos, procurar a razão, buscar a verdade e se abster do próprio ponto de vista para aceitar a realidade que nos cerca é responsabilidade, quase que exclusivamente, da educação aliada à sabedoria, que é a melhor forma de chegar ao conhecimento, buscando o ápice da verdade.

Neste sentido, educar significa: orientar, conduzir, que é uma influência deliberada e sistemática de um ser "maduro" para um ser "imaturo", através da instrução, ensino e disciplina e desenvolvimento "harmonioso" de todas as potencialidades do ser humano, aliadas a educação e a sabedoria.

Assim, pode-se afirmar que não existe educação sem está associada ao saber, ou seja, a sabedoria. Logo, é possível dizer que a sabedoria vem a ser, então, a junção da educação e do conhecimento.

Em suma, não se pode negar as contribuições da educação e do conhecimento para a sabedoria humana. Sobretudo, na construção do conhecimento e na aplicação deste. Além disso, Educação, Conhecimento e Sabedoria é uma tríade indissociável e nesse triângulo, um sempre está na dependência do outro, sem essa tríade é impossível à humanidade nascer, crescer, viver, evoluir (cultural e cientificamente) e sobreviver através dos tempos.

 

REFERÊNCIAS

 

ARANHA, M. L de A. & MARTINS, M. H. PFilosofando. São Paulo, Moderna, 1992.

CHAUÍ, M. Convite à FilosofiaSão Paulo, Ática, 1994.

 COTRIM, Gilberto. Fundamentos da Filosofia: História e grandes temas. São Paulo: Saraiva, 2006.

 

[1] Professor da rede Estadual de Ensino, Licenciado Pleno em Letras/Português - UFPA, Letras/Espanhol-UNIUBE, Letras Inglês-UFOPA, Graduado em Filosofia pela FPA, Especialista em metodologia de Ensino de Filosofia e Sociologia-UNIASSELVI e Ensino de Língua Espanhola-UNICAM. E-mail: ze.maciel@bol.com.br.   

Revisado por Editor do Webartigos.com