Arte da dedução, ferramenta essencial do detetive particular

Os Detetives particulares vem aperfeiçoando técnicas e a arte da dedução traz vantagens para este profissional habilidoso sempre estar um passo a frente das situações.

Você já deve ter ouvido falar naquele provérbio que diz "o diabo está nos detalhes".

Em uma investigação, essa expressão se encaixa perfeitamente, a dedução nestes casos é muito importante, pois cada detalhe conta e pode ser muito importante para que o detetive particular consiga solucionar o caso corretamente, o mais rápido possível.

O uso de equipamentos modernos que auxiliem na coleta de informações ao longo do processo investigativo é fundamental, mas apenas levantar dados não é o suficiente para resolver um caso.

O trabalho do detetive particular vai muito além. É preciso saber interpretar detalhadamente algumas informações, identificar quando elas parecem incompletas ou equivocadas e perceber as ligações entre elas e entre as pessoas.

Além disso, ao conversar com alguém para tentar descobrir o que precisa, o investigador deve estar apto a fazer uma leitura corporal, das expressões e até do tom de voz do interlocutor.

Em suma, o detetive particular é capaz de analisar situações através de pequenos detalhes e desvendar casos que pareciam complexos do ponto de vista de uma pessoa que não possui o "olho clinico".

Porém para obter tais técnicas, é necessário muito estudo e anos de experiência aplicando o que aprendeu na teoria, ensinamentos estes que não se aprende em cursos.

O corpo fala mais do que imaginamos

Nós falamos com a boca, mas também dizemos muito com o resto do nosso corpo e às vezes, quando mentimos, ocultamos ou temos medo, raiva e outros sentimentos, podemos deixar isso transparecer sutilmente nos gestos e movimentos que fazemos, embora verbalmente estejamos dizendo o oposto.

Isso alerta o detetive particular sp de que existe alguma outra coisa ali que merece ser investigada.