As páginas estavam escritas
O palco da vida iluminado
A plateia inquieta
A luz reduzida
Começou...

Entra em cena o AUTOR da vida
Aplausos e muita alegria
Uma gargalhada no ar
Olhei e era ela...
Mãe..!

Por: Lourival Jose Costa