CONTROLO DE PERDAS NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA CIDADE DE CHIBUTO

Romão Júlio Isaías Cuna*, Fernando Brazão Tembe¹, Phillipa Nomagugu Ncube²

Os sistemas de abastecimento são cruciais para garantir o fornecimento adequado e seguro de água para os consumidores finais, e é vital que se faça o controlo de perdas para garantir a sustentabilidade, eficiência e confiabilidade dos sistemas de abastecimento. O objetivo desta pesquisa é o controlo de perdas de água no sistema de abastecimento, no distrito de Chibuto, província de Gaza, Moçambique, desenvolvendo uma abordagem específica para a realidade deste sistema de distribuição, por forma a reduzir o desperdício de água no sistema, com recurso ao software EPANET. Para a materialização deste objetivo foi feita a adequação da rede de distribuição existe ao ambiente virtual, a identificação das perdas no sistema e a modelagem e simulação da rede de distribuição no software EPANET. Quanto a adequação da rede de distribuição existente ao ambiente virtual realizou se a coleta de dados reais da rede (tipologia da rede, diâmetro das tubagens, tipo de material, consumo), fornecidos pela entidade gestora. Em relação a identificação das perdas, recorreu se a basa de dados e histórico da entidade gestora do sistema. Quanto a modelagem e simulação, a rede de distribuição foi modelada no EPANET cuidadosamente para permitir uma compreensão abrangente da dinâmica do sistema e foi incorporado os dados relevantes, e foram simulados em diferentes horários, considerando o funcionamento de sistema. A calibração garantiu uma representação precisa da realidade, facilitando a deteção de desvios e vazamentos, isso proporcionou uma visão mais clara das áreas problemáticas de pressão e vazão. Os resultados após a aplicação da rede ao simulador EPANET demonstram pressões elevadas em alguns pontos da rede que variavam de (10 a 70) m.c.a. não satisfazendo a NBR 12218/1994. Após a calibração e otimização da rede, observou-se uma melhoria significativa na capacidade de mitigação das perdas. Para mitigar as perdas, foi proposto a estratégia de controlo aplicada gestão de pressão é avaliada por meio dos resultados do simulador após a otimização (Alegre et al, 2005). A redução das pressões elevadas com a aplicação de Válvulas Redutoras de Pressão nos pontos críticos da rede foi crucial para a otimização da rede, deste modo satisfazendo a NBR 12218/1994, e garantido as pressões de serviço (10 a 60) m.c.a.. Conclui-se que a abordagem proposta contribui para uma gestão sustentável dos recursos hídricos e melhoria da operação das redes de abastecimento, e isso resulta em benefícios econômicos e ambientais, e o EPANET demostrou ser eficaz na identificação e analise das perdas, e ofereceu uma solução para um problema persistente das perdas de agua em sistemas de abastecimento.

Palavras-chaves: Perdas de água; Modelagem hidráulica; Gestão de Pressão; Sistema de distribuição de água.