Carta aos “alunos do final de ano”

Terminando o ano letivo, o aluno tem a mesma preocupação de todos os anos: será que conseguiu passar de ano ou não. Ainda a pouco não se fala tanto em reprovação. Passa o aluno sem que ele saiba ler ou escrever. Passa apenas porque sua idade curricular e as normas de ensino diz que ele precisa estar naquela determinada série. Deste modo, é necessário saber o que é EDUCAÇÃO.

Caro aluno, a Palavra “Educação” vem do Latim – educere – significa: levar para fora, fazer sair, tirar de, dar à luz, produzir. É o ato de conduzir de um estado para outro, a partir daquilo que o sujeito carrega em si, aproveitando potencialidade.

É muito simples entender o que é educação. Porque falar de educação é basicamente trabalhar com o conhecimento. Nossa linha de pensamento exige de nós uma produção intelectual. Por exemplo, a cada vez que lemos um livro e refletimos sobre seu conteúdo o que estamos realmente fazendo é produzir conhecimento enquanto somos educados.

Contudo, para muitos filósofos da educação, educar é diferente de ensinar. Oxalá pudesse responder a esta questão: “a escola hoje educa ou ensina?” A partir do significado acima eu respondo com toda ousadia que está mais pra ensinar. Caso contrário, teríamos muitíssimas produções intelectuais dos alunos. A educação é, pois, todo o conjunto de ensino.

Falando sobre o conhecimento, é indispensável tratar da relação professor e aluno. Nesta relação ensina-se e aprende, mas ensinar e aprender o que? Aquilo que diz respeito ao ser humano. Deste modo, o outro tem grande estimação na questão de sujeito e objeto. Cada pessoa deve ser conhecida na sua integridade. Ela conhece por processo e o resulto disto é o produto, já o resultado com sua construção.

Outro resultado no processo será então a epistemologia, conhecimento de pesquisa. Mas também existe um conhecimento doxológico, um conhecimento vulgar, de opinião. Ambas as formas de pensar dá ao aluno a possibilidade de estarem vivendo os valores de cada ciência e sendo educado por ela.

Assim, caros alunos, cada um de vocês é uma seta. Indica para um mesmo ponto: ser bem educado e aprender sempre. Mas claro, sem precisar ser “alunos do final de ano”, o que passa sem saber ler e escrever. Eduque-se: produz conhecimento.

Pe. Joacir d’Abadia, Pároco em Alto Paraíso-GO

autor de 7 livros, Coord. da Pastoral da Educação.

joacirsoares@hotmail.com (61) 9931-5433