eBook gratuito: clique agora e baixe.

1. INTRODUÇÃO

O presente estágio acontecerá dentro do Centro de Psicologia Aplicada (CPA) popularmente conhecido como Clínica de Atendimentos Psicológicos, no Instituto Luterano de Ensino Superior (ILES/ULBRA). Criado em 2009, com o objetivo de dar suporte para os graduandos no curso de psicologia em seus estágios curriculares obrigatórios e práticas profissionais, a fim de contribuir em sua formação ao mercado de trabalho. O centro psicológico engloba diversas áreas da psicologia, sendo elas: psicologia educacional, avaliação psicológica, processos clínicos e processos de gestão. Tendo em si também a função de atender a comunidade, com base no compromisso com a faculdade e profissionais. Os horários correspondentes ao funcionamento da clínica abrangem os dias de Segunda a Sábado das 07h30min às 17h30min. Caso haja a necessidade de remanejamento, deverá ser autorizado e estudado pela Coordenação da Clínica e seus supervisores, para então assim ser realizado. Para iniciar-se o atendimento alguns quesitos devem ser analisados como a disponibilidade do serviço, da modalidade do atendimento, da necessidade/urgência do caso, priorizando o ensino-aprendizagem do estagiário. Os atendimentos que ocorrem no Centro, são embasados na teoria e fundamentos do modelo Clínica-Escola, associando o ambiente clínico com uma instituição de ensino. Seu principal objetivo é complementar o aprendizado do aluno a fim de garantir sua formação enquanto profissional da área, tendo como objeto de estudo a realização da prática clínica advinda de uma supervisão de um professor-orientador. Pessoas de diversas idades são atendidas, com o intuito de desenvolver um atendimento psicológico seja individual, casal ou grupal. Pensando em um melhor desempenho e aprendizagem de acordo com as devidas posturas e atitudes perante ao atendimento psicológico, se faz necessário atentar a alguns quesitos, como: 1. Na relação com a instituição: partindo para esse contexto o estagiário é percebido como um profissional, sendo necessário que o mesmo se adeque as exigências do órgão, como por exemplo: a sua vestimenta e comportamentos, os quais devem ser correlacionados ao local e função exercida; 2. Na relação com a clientela: extrema descrição no contato com o cliente, limitando a dar apenas informações solicitadas, impedimento de transações comerciais ou doações ao cliente; 3. Na relação com os colegas: respeitar os horários agendados para não prejudicar o próximo atendimento, evitando assim qualquer comentário a respeito de casos fora da sala de supervisão; 4. Na relação com o funcionário: Com o intuito de ajudar os estagiários, alguns funcionários são preparados a respeito, e como aluno o mesmo tem o dever de respeitar orientações dadas a ele, executando de forma correta e condizente para com todos. Informações sigilosas devem ser confidenciadas pelo estagiário, seguindo o Código de Ética Profissional do Psicólogo. 5. Na utilização de materiais e salas: ao solicitar o material, o estagiário deverá verificar se o mesmo se encontra em perfeitas condições. Caso perceba algum dano ou falta, imediatamente deve-se comunicar o funcionário responsável. Toda e qualquer pessoa que chega ao Centro Psicológico, deve ser acolhida e atendida, garantindo a acessibilidade e universalidade do serviço. Se faz necessário um atendimento humanizado, uma escuta qualificada, levando em conta, que o sujeito apresenta intenso sofrimento psíquico devendo ser contemplada sua necessidade de um modo singular.

eBook gratuito: clique agora e baixe.