Contratempos ocorrem quando mais precisamos terminar algo ou estamos em meio a um projeto ou prestes a alcançar o nosso objetivo.  Algo acontece e nos desvia da rota que traçamos e que deveríamos seguir.

Tenho certeza que já aconteceu com você. Comigo algumas vezes e outras em situações que até me deixaram chateada por um bom tempo ou pelo menos nao tao contente. Uma em especial, a qual me fez escrever esta pequena crônica. Porém, quando reflito sobre essa situação em particular acabo percebendo cada vez mais que há algo ainda maior : O tempo de Deus !!

Outro dia lá estava eu preocupada com alguns projetos de trabalho e, de repente, de novo, uma situação inusitada ocorreu e precisei parar o projeto e me vi obrigada a alterar alguns planos. Desta vez não fiquei chateada, mas não há como evitar, a gente acaba se questionando: Tudo não dá na mesma? Quando aquilo passou, a coisa meio que quebrou um pouco do encanto do que eu pretendia fazer e começou a esfriar, mas nunca saiu da minha cabeça. Até um dia quando alguém estava em uma reunião e um assunto muito similar veio à tona. E então, ao recomeçar o projeto percebi que havia algo que realmente não funcionaria se fizesse como eu havia projetado inicialmente.

Sabe gente, o que quero passar com essas pequena experiência ou quem sabe melhor dizendo, situação é que tudo tem um fundamento maior que muitas vezes vai além daquilo que podemos entender. Não, não é uma visão negativa ou apenas de aceitação, e sim saber ou tentar assimilar, superar, evoluir e seguir adiante da melhor forma possivel.  E quanto mais reflito sobre isso, e olho no retrovisor do passado para situações que fizeram com que minha vida mudasse drasticamente após ter sobrevivido ao ataque terrorista em Nova York, ou melhor dizendo, quando percebi que o que precisava era valorizar e apreciar a vida e a chance de ainda poder estar aqui, muita coisa mudou mesmo! Minha fé se fortaleceu e estou sempre buscando me manter com uma energia positiva para minha própria saúde e a de todos ao meu redor. Claro que é um trabalho diário, contínuo e árduo, mas não impossível. Vampiros de energias estão às soltas por todos os cantos como nunca antes, então os bloqueie! E quando o ódio ao seu redor falar alto, fique surdo por alguns minutos.

O importante é perceber que os erros que cometemos em determinadas situações e que nos obriga a superar obstáculos maiores, também nos ensinam o caminho certo. Como no velho ditado que diz: “O que será, será”, e que se completa com: “Tudo na sua hora, não devemos acelerar”.

Assim sendo, sempre fazer o melhor possível e seguir adiante não importa o obstáculo. Não é preciso forçar a barra, gritar e muito menos acusar ninguém. Como a sabedoria da água: “A água não discute com seus obstáculos, apenas o desvia”.

Lembre-se que para tudo e para todos existem leis... A lei do homem, a lei divina e as leis que vão além dos nossos conhecimentos. Todas estão aí!

Com isso em mente, cuide do seu legado, suas experiências e suas lutas pessoais. Jamais aceite as coisas quando são impostas. Nossa vida, nossa história e nossas escolhas apenas a nós nos pertencem.

No meu caso, algumas pessoas ainda me perguntam se eu perdoei os terroristas que causaram o atentado em Nova York, se eu tenho algum rancor, ou se eu faria algo contra eles se tivesse oportunidade. Minha resposta pode não ser compreendida por muitos, mas eu escolhi como seguir minha vida. Tive uma chance de ainda estar aqui e meu amor à vida e a minha gratidão são maiores que qualquer sentimento negativo que pudesse me deixar presa em uma teia, onde sim eles teriam alcançado suas metas.  Acredito nas leis e a quem deva julgá-las e assim sigo adiante com mais amor, compartilhando ainda mais uma missão de sempre divulgar o valor e amor à vida. É indiscutível que me deixaram com sequelas profundas e muito difíceis de lidar. Minha vida foi afetada de forma traumática, mas o único caminho será sempre o novo a ser trilhado.

Assim, termino esta pequena reflexão para que vocês, meus lindos leitores e leitoras ( que amo demais),  percebam que sim há muitas histórias dramáticas, há muitos obstáculos que fogem do comum, mas acredite que há algo especial em basicamente tudo e uma lição a ser assimilada. Não é só aprender, mas assimilar tudo ao máximo.

Concluo com uma frase que gosto muito de um escritor brasileiro muito querido por todos. Uma mensagem simples e linda: “Que a felicidade não dependa do tempo, nem da paisagem, nem da sorte, nem do dinheiro. Que ela apareça com toda a simplicidade, de dentro para fora, de cada um de nós”, Carlos Drummond de Andrade.

Te Amo Deus e agradeço todos os dias pela minha nova chance de vida e sei que tudo ocorre no seu devido tempo.

Com um sorriso para o Mundo, Adriana Maluendas.

Revisado por Editor do Webartigos.com