AUTORA: AMANDA NORONHA TORQUATO.

RESUMO:

O presente trabalho teve como foco estudar o processo metodológico e teórico do lúdico na Educação Infantil, a sua importância e apreço por parte dos estudantes. O lúdico está presente na vida da criança desde os primeiros sentidos como ouvir, falar, andar. A cada fase que ela passa, será um obstáculo vencido e uma aprendizagem alcançada. Considerando que o lúdico tem grande peso no ensino e aprendizagem, buscou-se então, investigar e estudar este método, acreditando em sua grande relevância para a socialização e sua aprendizagem. Deste modo, foi analisado o procedimento das atividades lúdicas e o incentivo por parte dos professores. Portanto, o objetivo primordial deste trabalho é explorar o uso de jogos e brincadeiras em salas da educação infantil como recurso para o ensino, contribuindo para o desenvolvimento e construção do saber. Para realizar essa pesquisa, foi usada fonte bibliográfica, destacando os autores, Kishimoto, para compreender a importância do brincar na Educação Infantil (2003), Tonietto, para entendera atividade física na Educação Infantil (2008), Piaget, para assimilar , a formação do símbolo na criança, imitação, jogo.(1978), Vygotsky, para entender a formação social da mente,(1998). Em decorrência do estudo apresentado, firma-se que jogos, brincadeiras, canções, contação de história, são estratégias para vivenciar o lúdico na creche e na pre-escola, desta forma, auxiliando no desenvolvimento das atividades propostas pelo docente, visto que esses recursos podem ser usados pelos professores como forma de enriquecer o conhecimento do aluno tendo o professor como mediador. Em virtude dos fatos mencionados, considera o lúdico necessário na sala de aula da Educação Infantil, como fonte de ensino para que a criança possa crescer e progredir continuamente.

Palavras-chave: Lúdico. Brincar. Jogos e brincadeiras. A importância do Brincar.

INTRODUÇÃO

O presente trabalho acadêmico traz como tema Aimportância do lúdico na Educação Infantil, na sala de aula de creche e pré-escola, ressaltando a importância do professor como mediador, visto que esse processo na educação há muito tempo vem se transformando, para melhor aplicar o ensino aos alunos. Desta forma, vêseos jogos, as brincadeiras, as dinâmicas e as canções como melhor forma de aprendizado. A escolha deste tema surgiu em virtude de uma experiência no decorrer da realização do Estágio Supervisionado em Educação Infantil analisando que o lúdico trabalhado através de jogos, canções e brincadeiras, era inserido no processo de ensino e aprendizagem de forma satisfatória para o aluno. A cada momento a expressividade dos olhares mudava, pois todos ficavam atentos e gostavam dos momentos na sala. O lúdico tem grande importância na sala de aula, pois envolve a todos numa dinâmica, em um clima de alegria onde os alunos aprendem brincando o processo de ensino ministrado pelo professor. Esse método é muito importante para que as crianças tenham mais facilidade no conteúdo e que além dessa vantagem o mesmo acarreta outras, como interação, participação, concentração. Considera-se que esse tema é essencial para ajudar a desenvolver o ensino e melhorar na qualificação dele. O profissional que usá-lo em sala deve estimular os alunos a aprender se divertindo. O brincar especificamente na creche e na pré-escola está sendo bem sucedido quando envolve as crianças no ato de pensar e compreender, ou seja, ajudando no seu desenvolvimento cognitivo, firmando assim este pensamento podese compreender que a prática dos jogos na escola é de extrema importância para o desenvolvimento das habilidades e das competências. Ramos (2014, p.25) afirma que “Os jogos e brinquedos em situações lúdicas podem auxiliar diretamente no desenvolvimento de todos os tipos de linguagem (visual, corporal, gestual, oral, escrita etc.)”. Ramos (apud Perrenoud, 2014, p.49) também destaca que atividades lúdicas se apresentam como uma possibilidade muito rica de aprendizado e de desenvolvimento de inúmeras potencialidades, habilidades e competências. 10 Consequentemente, ele reforça a importância do uso de jogos e brinquedos para o processo de ensino e aprendizagem, por promoverem a criatividade e o crescimento intelectual. O lúdico traz benefícios, sendo uma atividade planejada, que gera prazer e diverte as pessoas envolvidas na brincadeira, além disso, o conceito de atividades lúdicas está relacionado com o jogo, ou seja, atividades relacionadas com o ato de brincar, visto que o referido tema contribui nos avanços da educação no aumento da aprendizagem. A criança deve fazer bom uso da sua infância. Portanto, brincando ela desenvolve-se, fisicamente, cognitivamente, emocionalmente, acrescentando a interação a afetividade e a compreensão. Quando a sociedade entender que brincado também se aprende, compreende-se então, que os alunos serão mais abertos as novas experiências. De acordo com Friedmann (2012,p. 27): “O jogo é uma atividade prazerosa- o prazer do lúdico seria a expressão afetiva da adaptação do eu do indivíduo ao real (quando a criança se adapta à realidade do jogo, ela o demostra por meio de expressões de prazer).” Então, pode-se ver que as contribuições dos jogos proporcionam um melhor desenvolvimento. Conforme diz Oliveira (2011, p. 08): “Entre tantas estratégias de ensino capazes de contribuir para a formação de crianças leitoras, o jogo, por seu caráter lúdico, permite que os objetivos pretendidos possam ser alcançados com criatividade e alegria”. Então, quando uma criança estiver brincando em um ambiente os pais ou responsáveis não podem intervir, deixando a mesma liberar sua imaginação, visto que o brincar é muito importante, inclusive ele influencia diretamente na vida da criança. Segundo Goldschmied (2006, p.156): “Se a criança ainda estiver entretida e ocupada, ela não deve ser perturbada, pelo maior período de tempo possível, e as crianças que já acabaram de brincar devem ser envolvidas na reorganização”. Será através do brincar que o docente poderá descobrir novas formas de aprendizagem, pontos de dificuldade, ver e poder avaliar o seu aluno. Por outro lado a criança ganha novos conhecimentos melhorando e podendo intensificar nas dificuldades, ficando assim mais capacitado. Segundo Ramos (2014): Portanto, atividades envolvendo jogos e brinquedos, além de favorecer o desenvolvimento da socialização, estimulando a compreensão, a 11 participação e a cooperação, por seu caráter lúdico, essa atividades favorecem diretamente a aprendizagem (RAMOS, p. 57, 2014). Hoje, o educador tem grande participação e envolvimento com o educando fazendo com que ele se sinta confortável e seguro no decorrer da aula e dos jogos. O aluno poderá contar com o professor e saber que sua aula tem momentos de aprendizado diferenciados da forma tradicional. Nessa nova era as escolas se preparam mais para receber os alunos e capacitam os profissionais para que o aluno receba o melhor ensino. Então, se analisa que o mundo está mais moderno, pensando mais na aprendizagem das crianças, e por isso utiliza o lúdico como melhor arma para ampliar um ensino melhor para que a atividade lúdica ocorra de forma clara e concisa Oliveira (2011) relata que é de extrema importância a participação do professor como mediador. Considerando esse trabalho na vivência do aluno, se tem o foco de proporcionar ainda mais a curiosidade e instigar o professor a usá-la e inserir o brincar em seus planos de aula. Sommerhalder (2011) afirma que [...]o professor como um adulto afetivamente importante para a criança, quando acolhe suas vivências lúdicas abre um espaço potencial de criação. Com isso, o professor instiga a criança à descoberta, à curiosidade ao desejo de saber (SOMMERHALDER, p.29, 2011). O objetivo deste trabalho monográfico é relatar e apontar as mudanças na educação. Com o passar dos anos até hoje, os avanços e os progressos e como o lúdico contribui com esse crescimento. Portanto, o foco deste trabalho é ressaltar a importância dos jogos na alfabetização e como o brinquedo influi nesse desenvolvimento, como o docente pode auxiliar nesse processo, sendo um mediador, a construção do ensino será produzido por ele mesmo. Acrescentando um pouco mais sobre o objetivo este trabalho acadêmico visa focar no ensino básico e nos jogos que são usados para explorar o aluno de creche e de pré-escola, visando sempre o desenvolvimento do aprendente. Para a elaboração deste trabalho, foi feito estudos em livros, artigos com publicações de autores renomados que influenciaram na construção do mesmo. Este trabalho está dividido em três capítulos, cujos, seguem uma estrutura da seguinte forma: 12 No primeiro capítulo, um breve histórico do Lúdico na Educação Infantil. No segundo capítulo, o papel do professor na Creche e na Pré-Escola. No terceiro capítulo, como os jogos e as brincadeiras resgatam o lúdico na sala de aula. A leitura foi essencial para desenvolver esse trabalho acadêmico seguido de uma metodologia com pesquisa bibliográfica que envolve leitura científica específica sobre o assunto sendo feito uma análise sobre o que já se foi estudada a respeito do lúdico. Este trabalho será desenvolvido por uma pesquisa bibliográfica, sendo usados livros e artigos, visto que o método de investigação será qualitativo, que aborda como forma aproximar as teorias e os fatos, além de enfatizar os acontecimentos e sua sequência no decorrer dos anos fazendo um levantamento e uma análise do que já foi produzido sobre esse tema. Segundo Bauer (2017) a pesquisa qualitativa evita o uso de números e lida com as interpretações da realidade sociais fazendo um estudo mais profundo sobre o tema escolhido. [...]