RESUMO

Este trabalho é resultado da pesquisa que foi desenvolvida pelos alunos do Centro de Ensino Liceu Maranhense, turma 206 vespertina, com o objetivo de retratar, de forma resumida e preliminar, a atual influência do índio no processo de formação da cultura brasileira, apresentando uma metodologia utilizada para o desenvolvimento do artigo científico da turma 206 vespertina da escola da rede estadual de ensino básico do estado do Maranhão, centro de ensino médio Liceu Maranhense, onde foi feita tendo como base a Pesquisa de Campo; Pesquisa e grupos específicos, e finalizando com um resumo para redação do presente artigo.

Palavras-chave: ÍNDIO, CULTURA, INFLUÊNCIA, IDENTIDADE, ETNIAS.

INTRODUÇÃO

“[...] E vocês, da sociedade dos brancos, também podem ajudar nesta luta. Primeiro, procurando se informar mais sobre a realidade de cada povo. Compreender o povo indígena. Os brancos precisam buscar, lá no fundo do coração deles, a verdade que existe e que tentam esconder.[...]”
(Aurivan dos Santos Barros, líder Truká)
Atualmente a cultura brasileira é uma diversidade significante de povos e etnias de todo o mundo.
As influências indígenas têm suas marcas desde o uso e fabricação de objetos, os costumes herdados por nós até hoje, os usos medicinais de/com plantas nativas, crenças no folclore, até influências na língua portuguesa com o Tupi Guarani, segundo (FUNAI, 2017).
A marca indígena não para por aí, tem traços especialmente na música brasileira, na culinária, nas festas populares, no artesanato e na língua, segundo (NOVA ESCOLA, 2017).
Hoje é oficialmente aceito o fato de que a população brasileira é caracterizada e formada pela junção de raças: a indígena, a branca e a negra. Além dessa variedade de raças, os índios têm consigo uma grande biodiversidade em suas terras, sendo a maioria totalmente preservada, representando quase 13% do território brasileiro. Com cerca de 305 etnias, povos étnicos falando 274 línguas, sendo 200 registradas no brasil e 180 ainda faladas atualmente, segundo (NOVA ESCOLA, 2017).
Com a chegada dos portugueses ao Brasil em 1500, os nativos já estavam lá, os indígenas, cuja corrente migratória não pode ser afirmada com segurança, porém, há a possibilidade de que eles sejam originários do próprio continente.
Os índios, como primeiros povos das terras brasileiras, serviram como base para os portugueses, que nada sabiam sobre aquele novo lugar em que ali chagavam.
Os portugueses não tinham conhecimentos sobre o Brasil, ou seja, necessitaram dos conhecimentos indígenas para a produção que buscaram no Brasil colonial, (NOVA ESCOLA, 2017). Além do conhecimento indígena para aproveitamento de ervas, extração do Pau Brasil, etc. Conhecimentos foram passados dos índios para os portugueses, conhecimentos esses que, atualmente, foram aprofundados e fazem parte da cultura brasileira.
As influências indígenas na cultura brasileira estão enraizadas em todos os indivíduos e vão desde objetos e ações simples. Como a cultura indígena teve também grande influência na medicina, crenças no folclore, costumes caseiros na culinária.
As influências indígenas deixaram sua marca em especial na música brasileira, culinária como já citado, nas festas populares, no artesanato e na língua, mesmo com a diminuição gradativa e preocupante de sua população desde a chegada dos europeus em 1500, conforme (NOVA ESCOLA, 2017).
Segundo dados do censo de 2010 e da FUNAI, vivem atualmente no Brasil cerca de 817 mil índios, o correspondente a 0,4% da população brasileira, e estão distribuídos entre 688 terras indígenas e algumas áreas urbanas.

[...]

Revisado por Editor do Webartigos.com