CRIAÇÃO DE TILÁPIAS DA LINHAGEM GIFT E SUAS VANTAGENS PARA O TERRITÓRIO BRASILEIRO

Márcio faber lopes ( [email protected])
Felipe martinelli ( [email protected])
Grasiela mello ( [email protected])
Leonardo átila ( [email protected] )
Melhoramento genético – Professor: Fausto moreira ([email protected] )

Resumo

Objetivou-se com este trabalho mostrar as vantagens da criação de Tilápia do Nilo da linhagem GIFT no território brasileiro, de forma a incentivar o estudo e investimento em técnicas de manejo e principalmente, incentivar o melhoramento genético desta espécie, uma vez que esta, após poucas gerações posteriores de melhoramento, apresentou resultados significativos quando comparada as outras linhagens, além de possuir uma capacidade de adaptação considerável, favorecendo assim a implantação desta espécie em nossa região.

Palavras chaves: Tilápia. GIFT. Melhoramento genético

1 Introdução

A piscicultura é uma atividade que ocorre em todo o território brasileiro, de acordo com as características particulares de adaptação de cada espécie de peixe para determinada região.

A tilápia do nilo ( oreochromis niloliticus ), embora ser uma espécie introduzida, é uma das principais espécies cultivadas em todo o território brasileiro, devido a sua elevada capacidade de adaptação, resistência a doenças , sua capacidade de rápido ganho de peso , além de possuir uma de grande aceitação no mercado. Entre as linhagens mais cultivadas estão: GIFT (Genetic Improvement of Farmed ), Bouaké e Chitralada. Aonde através de estudos aprofundados foi constatado que a linhagem GIFT se sobressai entre as outras duas linhagens. Resultados semelhantes foram observados por Siddiqui e Al-Harbi (1995), Bentsen et al. (1998) e Wagner et al. (2004), avaliando o desempenho de linhagens de tilápias comparando linhagens locais, que se encontram adaptadas ao ambiente, com
linhagens recém-introduzidas no país. Tudo indica que o potencial de desempenho das diferentes linhagens de tilápias pode estar relacionado a fatores genéticos.

A tilápia Gift chegou ao Brasil em 2005, foi criada a partir de um cruzamento da ONG World Fish Center, sendo uma espécie originária da Malásia. Hoje é uma espécie em potencial para a aquicultura brasileira devido aos seus diversos fatores positivos, fazendo com que cada vez mais haja interesse em estudar e desenvolver melhores técnicas de manejo de forma que esta espécie expresse ainda mais o seu potencial genético.

2 Desenvolvimento

A implementação do melhoramento genético em um número relativamente pequeno de tilápias pode ser suficiente para servir uma população envolvida na produção, maximizando os benefícios do programa de cruzamento, o melhoramento genético chega ao setor produtivo rapidamente. Os valores relativos do setor do grupo envolvido na seleção, multiplicação e produção, é examinado para permitir uma transferência efetiva do ganho genético ao setor produtivo, trazendo assim suas características fenotípicas positivas para as próximas gerações. Aliando-se a tecnologia, o melhoramento conta com diversos artifícios tecnológicos para o sucesso no desenvolvimento genético. Sendo os marcadores genéticos peças fundamentais neste processo. Segundo Melo et al. (2006), os marcadores moleculares podem ser utilizados para indicar aos criadores a redução da diversidade genética, ou seja, para o monitoramento genético das gerações de cultivo. Foi destacado pelos autores que tais marcadores podem orientar os cruzamentos entre os indivíduos mais divergentes, visando elevar ou promover a manutenção da variabilidade genética, sendo esta, condição essencial para o melhoramento genético de qualquer organismo.

Os peixes da linhagem GIFT possui alto desempenho zootécnico considerando-se os índices de crescimento, reprodução, ganho de peso, além do rendimento de filet e maior rusticidade, sendo superior às demais espécies conhecidas. Adquirir a tilápia da linhagem Gift podem ocorrer de duas maneiras, que podem servir tanto para os pequenos, os médios e os grandes produtores. Pode-se comprar os alevinos que vão se transformar em reprodutores (a R$ 1,50 cada alevino) ou montar um determinado núcleo de seleção, sendo chamado de núcleo satélite por pesquisadores. Nesta ocasião, o produtor recebe os produtos das melhores famílias de tilápia Gift , permitindo que ele mesmo faça o seu programa de melhoramento.
Outro fator determinante que incentiva a criação de tilápias na fase juvenil se dá pela baixa necessidade de grandes investimentos, como em laboratórios entre outras instalações mais complexas. Possibilitando assim os pequenos produtores de investir nesta área, que além de não possuir altos custos ainda possui um rápido retorno financeiro.
Utilizando pouca mão-de-obra, a piscicultura nos açudes e represas não conflita com as demais atividades desenvolvidas numa fazenda. Pelo contrário, é considerada um complemento proveitoso, dado que tem a característica básica de reciclar subprodutos e resíduos, transformando-os em proteína animal. De acordo com a FAO (Food and Agricultural Organization), órgão das Nações Unidas responsável pelo estudo dos problemas de alimentação no mundo, um hectare cultivado com peixes produz mais do que com qualquer outro animal.
A partir da criação de tilápia, além de extraído o filé, se aproveita o couro da tilápia sendo este muito requisitado para a fabricação de bolsas, cintos, carteiras e sapatos. O restante é utilizado na fabricação de farinha de peixe, que acaba como componente das rações que vão alimentar outros peixes. Dos restos de peixe ainda pode ser extraído o óleo, muito utilizado na indústria de cosméticos.
A carne de peixe é recomendada no mundo inteiro por médicos e nutricionistas como a mais saudável e melhor opção entre as carnes. Pois os peixes são ricos em proteínas de alta qualidade, sendo ricos em aminoácidos essenciais (substâncias não produzidas pelo nosso organismo), os peixes possuem proteínas com valor nutritivo ligeiramente superior às das carnes vermelhas. Sua porcentagem de lipídeos (gorduras) da maioria dos peixes encontra-se em pequenas quantidades. O omega 3 esta presente nestes lipídeos, e é um tipo de gordura conhecido como ácido graxo essencial pois é muito importante para uma boa saúde. Devendo-se levar em consideração que o corpo humano não é capaz de produzir omega 3, tendo que obtê-lo da alimentação. A partir de inúmeras pesquisas foi constatado diversos benefícios do omega 3 para o coração e todo sistema circulatório. Benefícios os quais favorecem ainda mais o consumo deste tipo de carne.

3 Considerações Finais

A partir deste trabalho foi concluído que a piscicultura vem crescendo no pais com o passar do tempo, acompanhada do crescimento da demanda da carne de peixe. Onde a tilápia se torna uma opção viável para ser cultivada não só por grandes produtores, mas também por pequenos. Além de possuirmos em nossa região uma grande riqueza hídrica. Sendo uma opção de baixo investimento e alta rentabilidade, pois esta, além de se reproduzir com facilidade , esta espécie possui características positivas como ganho de peso, rusticidade entre outras. Após algumas pesquisas, constatou-se que a linhagem Gift apresentou um melhor desempenhos de uma forma geral, quando comparada as outras linhagens. Todas estas características consorciadas com um manejo adequado e a implantação de programas de melhoramento genético, constroem um negócio que possui todos os fatores determinantes para se atingir o sucesso no empreendimento.

4 Referências Bibliográficas:

WORLDFISH CENTER. GIFT technology manual:
an aid to tilapia selective breeding. Penang, 2004.

ZIMMERMANN, S. Incubação artificial: técnica permite
a produção de tilápias-do-nilo geneticamente superiores.

WAGNER, P. M.; RIBEIRO, R. P.; MOREIRA, H. L. M.;
VARGAS, L.; POVH, J. A. Avaliação do desempenho
produtivo de linhagens de tilápia do Nilo (Oreochromis
niloticus) em diferentes fases de criação. Acta Scientiarum.

MELO, D.C. et al. Caracterização genética de seis plantéis de tilápia (Oreochromis) utilizando marcadores micro satélites. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., Belo Horizonte, v. 58, n. 1, p. 87-93, 2006.

Revisado por Editor do Webartigos.com