GILBERTO NOGUEIRA DE OLIVEIRA

GILBERTO NOGUEIRA DE OLIVEIRA
NASCEU EM 26-08-53 EM NAZARÉ-BA. FOI ECONOMIÁRIO DURANTE 28 ANOS. ESCREVEU 9 LIVROS, TODOS REGISTRADOS NA FBN-MIN. CULTURA-RJ LANÇOU UM DOS LIVROS EM 2005. ESCREVE PARA A REVISTA ELETRONICA VARAL DO BRASIL (SUIÇA). TEM UM BLOG NA INTERNET COM O NOME gilbertoescritor.blogspot.com NO QUAL APRESENTA SUAS POESIAS. CONTINUA VIVO COM 57 ANOS DE IDADE.
(186) artigos publicados
Membro desde agosto de 2010
Publicado em 27 de October de 2011 em Poesias

O desorientado ser humano

Publicado em 23 de October de 2011 em Poesias

... e eu morri sorrindo

Publicado em 22 de October de 2011 em Poesias

Os gananciosos

Publicado em 21 de October de 2011 em Poesias

Espere um pouco, se quiser

Publicado em 19 de October de 2011 em Poesias

Anti pesquisa

Publicado em 17 de October de 2011 em Poesias

O sofrimento

Publicado em 16 de October de 2011 em Poesias

O cruzeiro

Publicado em 14 de October de 2011 em Poesias

Homens inertes e imprestáveis

Publicado em 11 de October de 2011 em Literatura

Ferro - teatro de sátira

Publicado em 09 de October de 2011 em Poesias

Precipitação

Publicado em 07 de October de 2011 em Poesias

Hallelujha

Publicado em 30 de September de 2011 em Poesias

Belo horizonte

Publicado em 22 de September de 2011 em Poesias

DIANTE DE MEUS OLHOS

Publicado em 20 de September de 2011 em Poesias

... E A PRAIA FICOU TRISTE

Publicado em 19 de September de 2011 em Poesias

O FALSO OURO

Publicado em 17 de September de 2011 em Poesias

NATUREZA VIL

Publicado em 16 de September de 2011 em Poesias

ISABEL, A CAMPONESA

Publicado em 13 de September de 2011 em Poesias

UM SONHO

Publicado em 10 de September de 2011 em Poesias

VEJO TUDO

Publicado em 06 de September de 2011 em Poesias

EVASÃO

Publicado em 05 de September de 2011 em Poesias

A PONTE IMAGINÁRIA

Publicado em 04 de September de 2011 em Poesias

SEMPRE FOI ASSIM

Publicado em 03 de September de 2011 em Poesias

LABIRINTO

Publicado em 31 de August de 2011 em Poesias

O POBRE

Publicado em 30 de August de 2011 em Poesias

POESIA PARA BRASÍLIA

Publicado em 29 de August de 2011 em Poesias

OS ALIENADOS DO CELULAR

Publicado em 28 de August de 2011 em Poesias

PAI, MÃE E FILHOS

Publicado em 24 de August de 2011 em Poesias

QUANDO EU NASCI

Publicado em 23 de August de 2011 em Poesias

ODE AO OVO

Publicado em 21 de August de 2011 em Poesias

DO OUTRO LADO DA VIDA