Você é mais!!!

 

Você é mais do que os outros conseguem ver. É mais do que esse sorriso disposto e aberto, sempre pronto a ajudar e dar atenção. Você é mais do que tua própria beleza, pois como dizia Manuel Bandeira: “... A beleza? A beleza é um conceito. E a beleza é triste. Não é triste em si, mas é triste pelo que há nela de fragilidade e incerteza”. Você é muito mais do que às vezes você mesmo supõe. Supor, aliás, é perigoso, porque não é a realidade. É o confronto de quem você é para quem os outros imaginam que você é. Isso vai além. Você vai além de como as pessoas te julgam, medem você, às vezes “colocam preço”. É triste tanto quanto... Não se deixe esquecer por quem os outros vêem, porque eles projetam o que eles querem, não quem você é! O essencial disso tudo é que as suposições dos outros não influenciem quem você é: mais! Além, jamais aquém.

 

Escrito por Johney L. da Silva em 22/10/2009.