No início da última semana deste mês acordei pensando em você. Mas pensando mesmo em você. Sentindo falta da tua presença, do teu sorriso, do jeito acolhedor de me olhar e toda predileção com que teu coração sempre me recebia... Nossa, quanta falta você me faz! Não sei se é saudosismo, tristeza ou apenas saudade mesmo. Sei apenas que a saudade que sinto de você consegue me inspirar muito. Transformo essa pontinha de tristeza em força e muita vontade em trazer você mais presente do que nunca dentro de mim. Claro, você vai comigo por toda parte. Teu caráter e tua personalidade me marcaram profundamente, talvez eu mesmo não me dei conta ainda do quanto... Mas é algo especial e muito bom. Tua beleza está aqui, pregada na entrada do meu coração como que me dando “boas vindas” para a vida que vai acordando nessa semana... Não sei o que me espera nesses dias, não tenho noção do quanto a tua saudade vai bater forte na minha alma, mas o que eu posso afirmar é que quando sentimos falta de alguém na nossa vida, a melhor forma de transformar isso é pensar e sentir com todo amor e carinho, é lembrar das coisas boas, é olhar para dentro de nós e enxergar todos os sentimentos envolvidos. Sim, você está aqui me ajudando a ser alguém melhor, afinal, é como você me mudou. Pois, desde que te conheci passei a ser uma pessoa melhor, e agora, mesmo que não te veja mais ou com tanta frequência, é certo que tento ser um ser humano melhor, para mim e para os outros. Porque você simplesmente passou e fincou a raiz do amor incondicional no meu coração. Quanto amor sinto por você nessa (ainda) falta que você me faz...