Projeto Político Pedagógico

 Segue 15 itens abaixo  que não pode faltar no P.P.P.- Projeto Politico Pedagogico da creche:

1. Verificar se o Projeto Político Pedagógico (PPP) ou Proposta Pedagógica possui sintonia com a LDB 9394/96, Diretrizes, PCN, etc. Analisar consistência interna da proposta. Informar: onde a instituição se situa, sua missão, a identidade do aluno que quer formar e outros itens constantes na proposta da instituição.

O Projeto Político Pedagógico sera elaborado com a finalidade de traçar metas a serem alcançadas com toda a comunidade escolar  , tanto pedagógicas quanto administrativas. Convém ressaltar que as metas e ações previstas neste projeto são elaboradas no coletivo com o conselho de pais e profissionais, buscando envolver um maior número de pessoas, tornando assim o projeto um compromisso de todos para o ano.

2. Verificar se a proposta possui clareza conceitual, coerência entre disgnóstico, objetivos e ações.

O Projeto Político Pedagógico tem como finalidade principal discutir, analisar e refletir todas as problemáticas que ocorrem no interior da Unidade de Ensino Infantil, as quais dificultam o processo de ensino aprendizagem, envolvendo os segmentos da Unidade no processo permanente de reflexão e discussão e na busca de alternativas viáveis a efetivação do papel social da educação.

3. Verificar se há viabilidade de execução da proposta.

- Identificar os problemas viabilizando sugestões para solucioná-los com a participação de todos os segmentos da Unidade.

- Executar as ações conforme o planejamento coletivo.

- Desenvolver um trabalho extra-unidade com troca de experiências, relacionando teoria e prática entre os profissionais da Educação Infantil.

- Oportunizar aos profissionais a participação em cursos de formação profissional específicos com sua área de atuação.

- Promover momentos de reflexão sobre a prática pedagógica educacional, através da formação continuada, e através de formação do grupo de estudos na unidade, fora dela e na Secretaria de Educação.

- Avaliar o processo de execução do PPP com vistas ao alcance dos objetivos propostos.

- Promoção de eventos tais como: palestras, festividades que contribuam para melhorar o relacionamento pessoal entre os segmentos da unidade.

           

4. Organização do espaço educativo: horário, turnos, número de alunos, distribuição de séries, e turmas.

5. Formas de tratamento e ações para problemas disciplinares, normas de convivência, tratamento a ser dispensado aos pais etc.

Buscar a necessidade de traçar ações para resolver problemas encontradas no cotidiano da unidade, e por buscarmos uma educação voltada para o pensar e o fazer, dando ênfase às expressões individuais de cada criança, é que temos a necessidade de elaborar um Projeto Político Pedagógico, que seja coerente com a nossa realidade e que atenda a todas as nossas expectativas para o ano.

 

6. Projetos desenvolvidos pela instituição ou pelos professores.

A criança é um ser social com capacidades afetivas, emocionais e cognitivas, ampliando suas relações e forma de comunicação no decorrer do processo de aprendizagem, o qual vai se desenvolvendo através da: motivação, objetivo, preparação ou prontidão, obstáculo, respostas, reforços e generalização.

Para que a criança aprenda é necessário interagir com os outros seres humanos, adultos e crianças através da observação e experiências, essa interação acontece desde o nascimento. De forma gradativa a criança vai construindo significados para suas ações, dando origem aos conceitos, pois o pensamento é o próprio diálogo interiorizado.

A aprendizagem da criança processa do social para o individual. No entanto, elas também dependem dos recursos como: a imitação, o faz-de-conta, a oposição, a linguagem e apropriação da imagem corporal para se desenvolver plenamente.

           

7. Formas (ou projetos) de inclusão e  atendimento a alunos com necessidades especiais.

A Gestão incentivar a participação de toda comunidade escolar e acolher o envolvimento e a participação de todos de modo a possibilitar um projeto que contemple as expectativas de todos na busca de qualidade, para crianças, pais e profissionais.

           

8. Filosofia e príncipios da escola: perfil da comunidade, fins educativos etc.

A Educação Infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.

 

9. Organização do currículo: por disciplina, por módulo, por tema, por área de conhecimento, por projetos ou outras formas; utilização de livros didáticos; propostas de interdisciplinaridade.

O Projeto Político Pedagógico tem como finalidade principal discutir, analisar e refletir todas as problemáticas que ocorrem no interior da Unidade de Ensino Infantil, as quais dificultam o processo de ensino aprendizagem, envolvendo os segmentos da Unidade no processo permanente de reflexão e discussão e na busca de alternativas viáveis a efetivação do papel social da educação.

 

10.  Atividades propostas: para envolvimento da comunidade, culturais, cívicas, outras...

Para as aprendizagens ocorrerem com sucesso é preciso que o professor considere a individualidade e a diversidade, assim como também a interação com crianças da mesma idade e de idades diferentes como fator de promoção de aprendizagem.

O professor deve valorizar os conhecimentos prévios do aluno, dar atividades que representem desafios e sejam significativas para a prática social, propiciando sempre a resolução de problemas como forma de aprendizagem

 

11.   Processo de avaliação: conceito de avaliação expresso na proposta, indicadores, critérios para promoção, usos dos resultados, procedimentos de recuperação, aceleração, acompanhamento individual, encaminhamento dos alunos com difculdades; planos de adaptação, dependência (se houver), formas de recuperação;

Responsabilizar-se pelo acompanhamento dos trabalhos, apoiando a aprendizagem da criança, detectando dificuldades. Tem por finalidade o envolvimento dos diferentes segmentos que compõem a Unidade de Ensino Infantil.

 

12.  Calendário: Total de dias letivos, período de férias e recesso, planejamento, reuniões, eventos.

200 dias letivos

 

13.  Plano de formação continuada para os pedagogos e professores: planos, metas, ações, propostas, recursos, outros.

 

A função do educador neste contexto é oferecer educação de boa qualidade, formando assim cidadãos ativos, conscientes dos seus direitos e deveres, pois o desejo de todos os educadores é contribuir na construção de uma sociedade mais justa, digna e sem desigualdades sociais, culturais e econômicas. Portanto, o planejamento é de fundamental importância no processo educativo, pois é através deste que propomos objetivos a serem alcançados, oportunizando, também, mais determinação, coerência, segurança para desenvolver as atividades planejadas no dia-a-dia, visto que o planejamento semestral é uma sistematização da proposta geral de trabalho numa dada realidade.

14. Plano de avaliação da instituição: proposta ou formas.

Como rege a LDB, no artigo 31 – Na educação infantil a avaliação far-se-á mediante acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção.

 

15. Plano de ação da instituição: metas, ações a serem alcançadas, projetos desenvolvidos, etc.

. Realizar diagnóstico abrangente continuamente, através de levantamento de dados que permitam evidenciar problemas e necessidades existentes;

. Promover e ampliar o desenvolvimento e a autonomia do grupo, buscando a interação e a responsabilidade dos profissionais da educação, bem como a melhoria do ensino-aprendizagem.

Cada creche cria  o seuProjeto Político Pedagógico de acordo com a realidade da comunidade, devem ser elaboradas no coletivo com o conselho de pais e profissionais, buscando envolver um maior número de pessoas. Podemos dizer que esse projeto irá definir a  identidade da escola e o trajeto para o ensino de qualidade.

Referência

Adriana Peres de Barros -Especialista em Educação Infantil; Gean Karla Dias Pimentel- Especialista em Psicopedagogia; Graciele Castro Silva - Graduada em Administração ; Jane Gomes Castro -  Especialista em Educação Infantil ; Lidiane da Silva Xavier - Especialista em Educação Infantil; Renata Rodrigues de Arruda - Especialista em Educação Infantil; Tatiane de Souza Gil - Especialista em Educação Especial e Libras