PROJETO DE INTERVENÇÃO NA CRECHE NO PERIODO DE ESTAGIO

Proposta de Intervenção: Atividades desenvolvidas

A UMEI Pequenos Brilhantes tem o caráter continuo e reflexivo liderado por toda comunidade escolar com o objetivo de nortear a pratica pedagógica desenvolvida pelos seus educadores visando contribuir para formação de individuo capaz de exercer um ensino de qualidade, os planos de formação continuo são oferecidos pela secretaria de educação no nosso município Rondonópolis.

 

Projeto: Música na educação infantil

Justificativa.

E de fundamental importância a presença da música na educação infantil em especial na educação dos bebes, pois sabemos que a música contribui para enriquecer o ensino. O fazer musical desenvolve na criança a criatividade, a auto-estima, e a sensibilidade.

Sendo assim a utilização da música torna-se relevante porque permite a fantasia, os conteúdo e conceitos de uma forma lúdica. Sem dúvida são momentos prazerosos que as crianças curtem e gostam fazendo com que a aprendizagem aconteça de forma agradável.

Objetivo

  • Explorar diferentes gêneros é ritmos musicais
  • Estimular através da música, a capacidade da execução das crianças envolvendo o movimento do corpo.
  • Edificar a auto confiança nas crianças através do fazer  musical
  • Brincar com a música reproduzindo canções musicais e pinturas
  • Desenvolver a percepção auditiva
  • Integrar as crianças através da musica
  • Roda de conversa
  • Ensaio de música
  • Ouvir e cantar músicas e canções de ninar
  • Diferenciar ritmos
  • Brincadeiras cantadas
  • Uso de diferentes gêneros textuais
  • Interpretação de canções diversas

Recursos

Aparelho de som, DVD, Câmera digital, data show, computador, o próprio corpo instrumentos musicais, chocalhos, tambor, pandeiro entre outros

Avaliação

Os alunos serão observados na realização das atividades orais, de acordo com a participação de cada um deles.

Planos de aula

Observar, atenção e concentração.

Objetivo;

Desenvolver o gosto por música dança e ritmo.

Desenvolvimento.

Segunda feira,  acolher as crianças cantando a música de boas vindas, formar rodinha de conversa e apresentar diferentes gêneros musicais.

Música no momento da historia; música no café da manha, música no almoço, e música ao dormir.

Proporcionar um ambiente agradável através de diferentes ritmos

Segundo dia

Desenvolver a oralidade e ampliar o vocabulário das crianças da música.

Terça feira, a aula neste dia será ministrada com apresentação de fantoche como por exemplo,  o sapo não lava o pé, alem do fantoche junto as crianças será ministrada também com gestos, sorrisos e balanço

Terceiro dia.

Desenvolver a percepção auditiva.

Quarta feira, com as instrumentos apropriados para bebes como por Ex; chocalho, pandeiro, tambor, entre outros utilizados pela própria criança

Quarto dia

Ampliar os conhecimentos por meio da música.

Quinta feira, será apresentado músicas da Xuxa e patati patata e promover dança entre as crianças e no momento do sono, música para acalmá-los. A aula será ministrada com DVDS

Quinto dia

 Trabalhar esquemas corporal, lateralidade e psicomotricidade.

Pronunciar o nome das crianças após acalmá-las, mencionar o nome cantando, e brincando e aprendendo com a música.

Sexto dia

 Buscar interação entre as crianças.

Em um outro momento, pintar os dedinhos e cantar a música. Polegar

Segunda feira, Assistir na TV com DVD, bichos da casa na medida em que surgir os animais cantar músicas direcionadas a eles

Em outro momento, criar situação e bater tampas de panela e choclhos com diferentes gêneros de ritmo.

Relato da Aplicação da Intervenção

           O plano de aula desenvolvido com as crianças foi muito empolgante. Pois, planejamos que seria uma aula prática. Usando a música como principal meio de comunicação com elas. Percebemos que através de momentos lúdicos, há muito mais interação, aprendizado, entre as crianças.

MOSTRA DE ESTÁGIO.

Nosso desafio, como professores, é pensar estratégias diversificadas que proporcionem diferentes experimentações e possibilitem a utilização de materiais e espaços variados a todas as crianças. Todas precisam ser observadas, ter sua individualidade reconhecida e respeitada. E a partir de seus interesses e possibilidades, participar de atividades que as desafiem. Nesta perspectiva, que o estagio e o chamado para nós, educadores, repensamos nosso dia-a-dia e compreendermos melhor quem é esta criança, quais são seus desejos e sua necessidades, como ela pensa e se relaciona com o mundo e com as pessoas a sua volta.

 

ADRIANA PERES DE BARROS Graduada em Pedagogia; Especialista em Educação Infantil , professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. ELIANE SANTOS REZENDE MICHELATO- Graduada em: Pedagogia; Especialista em Psicopedagogia e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. JANE GOMES CASTRO, graduada em Ciências Biológicas; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. LEIDIANE OLIVEIRA ROCHA- graduada em Pedagogia: Especialista em Docência na Educação Infantil- UFMT.  RAQUEL SANTOS SILVA (5) Graduada em: Letras; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. RENATA RODRIGUES DE ARRUDA; Especialista em Educação Infantil. Email:[email protected]. VALQUIRIA MENDES MARQUES, graduada em pedagogia; Especialista em Psicopedagogia, professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis.