Por isso eu torço para o Coritiba! Porque é na alegria e na tristeza, é nas vitórias e nas derrotas. É no grito, porque é na força da voz. Eu sou Coritiba! O Coritiba somos nós! É pelas companhias perfeitas nos dias dos jogos, que riem nas vitórias e enxugam as lágrimas nas derrotas, nos momentos mais tristes... Pelas pessoas que estão ao nosso lado no Couto Pereira sendo ombros a suportar as coisas inexplicáveis do futebol. São os abraços dados em cada gol do Coxa de corpo, alma e coração. Por isso eu torço para o Coritiba! Porque ele (o meu Verdão) está lá à minha espera. Faça chuva ou faça sol. Seja de dia ou à noite. No calor abafado de Curitiba ou no frio congelante. O Coritiba estará sempre lá esperando que eu vá apoiá-lo. Às vezes sou eu quem não pode ir ao encontro. Ás vezes sou eu quem falho, mas jamais houve ou haverá desrespeito, porque há amor de um torcedor que nunca abandona (e amor é isso, quando um não abandona o outro – mesmo morrendo de medo de quem um dia não exista mais essa cumplicidade). No Alto da Glória me sinto em casa, é onde encontro minha paz de espírito, fazendo meu “ritual” antes de entrar. Quando contemplo o santificado gramado do Couto Pereira sinto o Coritiba correr não ali dentro de campo, mas nas minhas veias, fazendo meu coração pulsar mais forte e minha alma se movimentar. O Coritiba nunca me abandona, quisera (assim eu espero) um dia jamais abandoná-lo e que possamos seguir juntos, sempre com encontros marcados e realizados, para fazermos a sintonia perfeita que deve haver sempre entre torcedor e time (como em todas as relações). Independente de quem estiver vestindo a camisa, de esquema de jogo, de nada. O que importa é ir para apoiar, torcer e gritar pelo Coxa, nada mais. Vale até chorar de emoção. Como emocionante é ouvir toda vez a narração do Lombardi Júnior na final de 85, daquele gol do Lela contra o Santos no final do jogo... De arrepiar! Talvez houvesse mais a dizer, mas acho que é por isso que eu torço para o Coritiba, porque é um amor para toda vida!

 

Com vídeos e áudios:

 

http://youtu.be/awPnzCBGKH4  e  http://youtu.be/ZOjaeG55y6s