Você conseguiu enxergar amor nos teus olhos? Já teve a inesquecível experiência de identificar quanto desse sentimento bom está impregnado nas tuas retinas? E nos olhos dos outros? Você já teve o dom, já experimentou esse dom maravilhoso de transpor os olhos de alguém e notou quanta vida, quanta paixão há no olhar dela? Parece que as coisas ficam mais fáceis não é mesmo!? Parece que a luz própria dela é capaz de dar brilho e luz a você que, fascinantemente, contemplou a beleza dela por completo. Além, muito além da estética que não é o essencial. A essência é vista dentro dos olhos. É através deles que você consegue chegar ao coração dela. É pela via dos olhos que você vai identificar a alma dela, vai buscar entender e respeitará a história de vida dela. “E há amor nos teus olhos”... Às vezes você se nega a aceitar, tenta disfarçar, finge que não é com você, mas há muito amor nos teus olhos. Brilham profundamente, fazem um cenário perfeito com teu sorriso, com teu rosto... É magia, é maravilhosa, é coisa de Deus mesmo! O amor nos teus olhos é o que faz e é o que pode dar sentido a busca incessante da tal felicidade. É o que pode fazer renascer, é a partir desse amor que está tão evidente nos teus olhos que uma nova história pode ser escrita. Depende de você, mais do que qualquer pessoa. A partir dessa cumplicidade que há entre teus olhos, teu coração e tua alma as tuas vontades e desejos se concretizarão. Basta deixar-se levar mais pelo que a vida tem te oferecido. Pode ser que você não dê lá muita importância agora, mas você tem uma chance única nas mãos. Recomeçar. Reconstruir. É a ressignificação do amor, é um novo capítulo nesse livro, é mais uma vez a vida te estendendo as mãos para a felicidade. Talvez não consiga compreender a extensão desse sentimento denunciado, exposto, aberto pelos teus olhos, mas o presente pode não ser desembrulhado agora. Você pode esperar alguém para te ajudar a entender isso junto com você, ao lado, dentro do teu coração. Olhe-se no espelho e diga para você mesma que isso jamais pode ser, que é impossível. Para quem tem desejo e vontade, o impossível é só questão de acreditar, de confiar, assim, tudo se tornará possível, inclusive esse amor transparente e límpido dentro dos teus olhos. Nos encontros, nas mensagens, nos e-mail’s, nas fases ruins que você sentiu tua mão estar segura, sentiu os teus abraços encontrarem abrigo seguro e firme, que encontrou um lugar para repousar a tua dor, tua desconfiança quanto ao futuro, tua situação financeira talvez... Então, agora, olhe-se dentro de você mesma e diga: “Basta querer, basta acreditar, basta confiar, basta desapegar do passado!”. E seja feliz, pelo caminho que seguir, seja muito feliz, porque tanto amor assim não pode ficar impune. Será justiça feita, o encontro dos teus sentimentos com a tal felicidade.

 

Com vídeo da música Breve Canção de Sonho – Zélia Duncan e Dimitri – http://youtu.be/2blKmZk1xus