Há pessoas no mundo que tem a capacidade de te roubar e outras de te devolver a vida. Quem te rouba de você mesmo destrói pontes. Com ela não há jeito de estabelecer vínculo, sentimento, respeito. São pessoas que sempre serão lembrança doída na vida de alguém. Pessoas que podem modificar a tua vida para pior, mas somente se você permitir. Você mesmo pode estar sendo tudo isso na vida de alguém. É triste não é? Caber, ou, estar na vida dos outros naqueles lugares reservados para colocar os esquecimentos. Mas não perca o amor próprio, não deixe de olhar o que você ama, e nem se desampare aos poucos até perder o senso de direção. Olhe para as pontes ao seu redor. As pessoas que te devolvem quem você é, seja por uma palavra, um gesto, um olhar, ou até uma companhia silenciosa. Essas pessoas são pontes que favorecem as travessias na tua vida. Ajudam você a chegar do outro lado, a entender o problema e a resolvê-lo. Você tem esperado essas pontes se formarem? As alegrias costumam ser preparadas no silêncio das duras esperas. Portanto, seja você ponte na vida de alguém. Você verá mais perto o coração de alguém, ainda que esteja longe demais para contemplar essa beleza.