Joelhos esfolados

E quem foi que disse que ter os joelhos esfolados é sinônimo de recompensa por fazer algum sacrifício? Quem foi que garantiu que o choro é um jeito formidável de demonstrar que venceu o sofrimento dos momentos de incerteza? É sempre mais não é... Pois não é sempre que se tem a chance e a oportunidade de combater o bom combate. De lutar por algo que vale realmente a pena. O essencial é que se tenha a percepção de que os troféus não servirão para nada. Que os prêmios recebidos ficarão entulhados e empoeirados. Que as milhares de leituras ficarão esquecidas. Que tanto o reconhecimento quanto a acusação passarão. Que é sendo quem você é, que é reconhecendo quem você era, que assim conseguirá ser feliz. Que desta forma poderá ser feliz. O que sabe sobre si mesmo... É ali que está a felicidade. Ali é o espaço de realização. Lutadores lutam! Mas é impossível esquecer que não está sozinho nesta batalha. Vencer ou perder, mas não deixar passar a chance de agir! Acender a luz ou apagá-la. Você é quem decide!

Texto escrito por Johney L. da Silva dia 01/02/2010.