Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar um modelo de implantação de governança de dados apresentando uma possibilidade de passos a seguir a uma empresa fictícia em uma situação hipotética próxima da realidade. Neste estudo abordaremos o uso de ferramentas de gestão de dados, práticas de segurança e estrutura da governança de dados. Palavras Chave: Governança de Dados, Gestão de Dados, Segurança da Informação .

1. Introdução 

Governança de Dados é um tema que vem ganhando força nas organizações quando o assunto é tomada de decisão. Segundo [4], a governança de dados pode ser entendida como o exercício de tomada de decisão e de autoridade para o que diz respeito a dados. Trata-se de uma estrutura que guia e traça objetivos, políticas e estratégias a fim de gerenciar os dados da empresa como se fossem qualquer outro ativo da organização. Dessa forma, para a governança de dados, os dados são recursos de extrema importância e devem ser monitorados, acompanhados e gerenciados com o mesmo foco dispensado para qualquer outro insumo que auxilie na tomada de decisões e cumprimento de objetivos organizacionais. Para a implantação de uma Governança de Dados é necessário um estudo e mapeamento dos processos atuais, identificação das necessidades de cada caso, planejamento e muito cuidado com a segurança dos dados. Além disso, para sua implementação é necessário levar em consideração a cultura organizacional da empresa para que o gestor possa obter vantagens da forma como a empresa se comunica. Este estudo busca tratar o caso de uma empresa que precisa se adaptar para atender às necessidades de um grande cliente através da implantação da Governança de Dados. Trata-se de uma situação fictícia, porém muito recorrente nos dias atuais.