Não importam os erros que tenham pesado no teu coração. Se você mudar o jeito que olha a vida, já mudará a perspectiva das coisas. Quando a poeira é demais você precisa lustrar para que volte a ter brilho. Reconhecer os erros e se redimir das culpas já fazem uma enorme diferença. Não precisa morrer carregando a cruz em um ato de coragem. Procura o motivo do teu aperfeiçoamento. Certamente não é a indignação dos que te reprovam. De repente essa poeira acumulada está escondendo teu verdadeiro brilho, teu valor inestimável, tua graça como companheiro, teu jeito de ser amigo, tua forma de sentir o amor, tua vontade de ser feliz...