PROJETO DE UNIFICAÇÃO DOS COMANDOS DAS POLÍCIAS NO ESTADO DE SANTA CATARINA

Data: 01.01.2014, horário: 14:23 horas – “Um ‘recomendo-protesto’”:

Estava no oeste catarinense e resolvi ligar para o Delegado Renato Hendges que estava hospitalizado em razão de problemas de saúde. Meu objetivo era desejar um feliz ano-novo. Inicialmente, sua filha atendeu a ligação e depois que me identifiquei ela comunicou que seu pai estava "meio que dormindo", mas que iria ver se poderia  me atender.

Logo em seguida ouvi do outro lado a voz embargada e inconfundível do velho "Renatão" que dava sinais de vida com o seu "alô" enquanto eu me introduzi avisando que estava telefonando para desejar que o ano de dois mil e quatorze fosse de superação, "paz",  reflexões sobre a vida... "Renatão" agradeceu e, para minha surpresa, foi fazendo um relato de seus projetos futuros na Polícia Civil, a começar pela reforma do "Estatuto".

Na mesma balada "Renatão" fez questão de reiterar a admiração que tinha sobre minha pessoa e que naquele ano a Associação dos Delegados iria financiar uma edição sobre a "História da Polícia Civil" do Estado. Diante disso, fez os seguintes comentários:

- "...Ninguém está mais habilitado que você para fazer isso, tu podes escrever sobre a Polícia Civil nos diversos governos, como foi...".

Do outro lado da linha interrompi:

- "...o Mauro já conversou comigo sobre isso e eu falei para ele que era melhor a gente esperar passar a tramitação dos projetos do governo na Assembleia que depois a gente conversaria sobre isso. Eu já tenho vários artigos publicados via internet...".

"Renatão" ainda teceu um relato do seu quadro de saúde, afirmando que passou o Natal em sua residência com seus familiares, mas que apareceu um "fungo" e que por isso não poderia beber água ou líquido algum, isso após a quimioterapia, mas que iria superar tudo que estava passando e que essa era mais uma batalha na sua vida, fazendo referência que tudo aquilo “era mais o cumprimento de um desígnio de Deus”, já que todos os finais de ano se vestia de "Papai-Noel" e fazia entrega de presentes para crianças carentes em diversos locais da região,  da grande Florianopolisr, porém, justamente naquele ano isso não seria possível porque era uma vontade superior.

Já nos finalmente, “Renatão” parecia ofegante, com a suaúde saúde bastante debiilitada não só para manter uma conversação, como também para ir muito longe... Apesar disso, parecendo buscar algum estado de força sobrenatural para manter nossa conversação, passando a sensação de que estava emocionado, comentou sobre as doações de sangue... e que muita gente procurou o "Hemosc", inclusive pessoas com outros tipos sanguíneos (o dele era "A+"), tendo sido avisado que isso decorreu principalmente em razão dos apelos na "rede" (correio eletrônico – PC), o que contribuiu para um incremento muito grande nos estoques... Na sequência, disse que estava feliz, já que mesmo não podendo usar outros tipos de sangue pessoas poderiam ser beneficiadas com o volume de doações...

Encerramos a conversa quando eu disse que "ele estava em nossas orações" e que foi, inclusive, para isso que resolvi ligar e que ele poderia contar sempre comigo, apesar da minha oposição a seus projetos no plano instittucional.

Data: 17.06.2014:

Uma resposta para o Delegado Vicente:

“Caro Vicente, quanto as suas indagações a resposta é que - segundo tenho conhecimento - até o momento o ‘nosso Delegado-Geral’ ainda não retificou o ‘erro’ da "SSP".

A bem da verdade, quando postei os "documentos oficiais" (procurando revelar a verdade para todos os policiais) quis mostrar que a direção da Polícia Civil - apesar de achar justo o nosso projeto - se posicionou contra porque segundo soube poderia prejudicar o ‘concurso da Polícia Civil/2014’, considerando que haveria somente duzentos e cinquenta cargos no início da carreira de Agente de Polícia.

‘Noves fora’, sem querer citar nomes da cúpula, encaminhei uma proposta de alteração ao projeto passando o início da carreira de Agente para quinhentos cargos, mostrando que era fácil consertar esse "problema". Não obtive resposta alguma.

Postei nova mensagem sugerindo que nosso Delegado-Geral agisse como os ‘grandes’ (leia-se: como fazem o Procurador-Geral de Justiça, Presidente do Tribunal de Justiça...), que convocasse pessoal da cúpula e fossem até a Assembleia Legislativa conversar com os Deputados sobre projetos importantes para suas categorias... (especialmente da CCJ). Também não obtive resposta. Como você tem constatado existem várias forças ocultas agindo pelos bastidores, vamos lá:

  1. A direção da Adepol (Associação dos Delegados) afigurasse-se está nas mãos de pessoas vinculadas ao PMDB, que não tem interesse que um projeto de deputados do PSD seja vitorioso perante os policiais civis. Diante disso, cruzaram os braços, viraram as costas, e dão nítidos sinais que optam pela ‘lei espartana do silêncio’... para ver no que vai dar (e em muitos casos darem o troco em razão das cobranças e antagonismos).
  2. Segundo é corrente, a direção do Sinpol tem fortes vinculações com o pessoal do "PT", já que existem informações que o vice-presidente dessa entidade é candidato a deputado estadual e não existem interesse neste momento de apoiar um projeto do ‘PSD’.
  3. A cúpula da Polícia Civil (leia-se: ‘alta-cúpula’) segundo se sabe é fiel ao PMDB (deputados da região de Rio do Sul). Também existem segmentos dentro da cúpula que apoiam a candidatura de um Escrivão de Polícia a deputado estadual (Milton Neves, sobrinho do ex-deputado Heitor Sché, da região de Rio do Sul), pelo partido do ‘PSB’.
  4. Outra linha de força é o Deputado Maurício Esludlark - PSD (que resolveu reapresentar  nosso projeto que trata da ‘indenização aposentatória’ para policiais civis) (anteriormente já havia sido em parte apresentado pelo deputado Darci de Mattos - PSD de Joinville, isso desde 2008, entretanto, por ironia do destino, um dos principais opositores, o próprio deputado Maurício resolveu aceitar nosso projeto bem mais amplo, justamente ele que anteriormente era o principal entrave... a ‘ciumeira’ política é outra variável importante).
  5. Nossa história de lutas (e nossa ideologia) sempre foi e continua sendo em defesa da Polícia Civil e dos policiais civis em primeiro lugar, não partidos, personalidades, instituições outras...
  6. Amanhã, quarta-feira à noite, juntamente com a Delegada Marilisa (também coautora do referido projeto e fazendo o lado político já que é Presidenta do PSD de Joinville, juntamente com este signatário, idealizador e responsável pela redação do projeto) estarei no Hotel Majestic com a cúpula estadual do "PSD" e o Governador Colombo, quando tentaremos conversar sobre o assunto. Faço questão de enfatizar que só vou a esse encontro (como já fui a outros) para tratar exclusivamente desse projeto... nada mais e despido de qualquer interesse pessoal.
  7. Por último, como já disse antes, nossa luta nesse projeto vem desde 2008, e já foram várias tentativas para colocar a proposta em votação, mas sempre encontramos resistências, por exemplo: uma hora era o Deputado Maurício é contra na condição de DGPC e depois mesmo como parlamentar; outra hora, o presidente do Sintrasp também é contra porque poderia prejudicar outros projetos que estavam defendendo (como durante a tramitação da LC 453/2009, quando tentamos emplacar uma emenda ao projeto); também o Sinpol desde o início não deu a mínima porque não era uma proposta deles; de outra parte, a cúpula da Polícia Civil sempre assistiu a tudo de longe como se não tivesse nada com isso... Mas, apesar disso tudo, nunca perdemos a esperança e acredito que o maior desafio tem sido fazer os policiais civis perceberem que - juntos - podemos gerar um ‘tsunami’ e, aí sim, conseguir a aprovação de um projeto tão fácil, tão justo e tão merecido por parte de nossos policiais (vide notas anteriores sobre o assunto e que foram postadas por este signatário na rede ‘PC’).
  8. Nesse sentido, certamente que a eleição do Deputado Maurício está em jogo, porque os policiais farão seu julgamento (também nossas lideranças classistas, a própria cúpula da PC, DRPs...), muito embora a ‘mentira’ sempre esteja à espreita, em especial, quanto aos mais fracos que mudam de lado (ou de pensamento) como o vento.
  9. Depois dos dois últimos e-mails que postei na ‘rede’, como foram direcionados à cúpula da PC, resolvi optar pelo fim das ‘mensagens’, porque acredito que cada policial tem condições e deve fazer a sua parte: cobrar dos deputados da sua região (especialmente do Deputado Maurício) o apoio ao projeto.

 Agradeço a oportunidade para prestar esses esclarecimentos.

Att.”.

 

A luta pelo projeto da 'indenização aposentatória" para todos os policiais civis: 

Sobre o projeto em tramitação na Alesc desde 2008 recebi a seguinte correspondência: 

"Em 17/06/14 09:43, V. A. <...> escreveu:

Bom dia,

Diante de minha dificuldade em obter informação fidedigna a respeito do PLC/0006.2/2014, e por considerá-la especialmente importante além de questão de justiça para com a nossa categoria, recorro ao senhor na expectativa de ouvir algo de positivo.

Pergunto-lhe se ocorreu alguma manifestação da cúpula da PC, com referência ao equivoco (?) de posicionamento da SSP com relação a este PLC? Sendo somente isto o que faltava e caso não tenha sido feito, entendo que não houve equivoco, e sim intenção mesmo.

Alguma manifestação do deputado Maurício junto a nossa cúpula, no sentido de provocar tal manifestação? Afinal esta conquista, seria de interesse de uma categoria inteira e certamente o deputado teria sua contrapartida. Entendo que se fosse o assunto, de interesse da PM, o Deputado Amauri estaria movimentando ‘mundos e fundos’, com o apoio integral da cúpula da PM e das associações de classe.  Aí reside o diferencial PM/PC.

Peço mais uma vez, desculpas por importuná-lo.

Grato

'V.'”.

Data: 26.08.2014:

Mais agradecimentos dos Delegados a Renato Hendges e equipe pela conquista dos “subsídios”:

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Aumento subsídio Digest ...

 

De:

D. H. < >     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

26/08/14 15:26

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Concordo com o colega Vitor.

Falo no meu caso, como Delegado de entrância final (11 anos de serviço), que tive também aumento.

Não sei quanto aos outros.

D. de H.

 

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Contra-ponto às críticas

 

De:

A. l. B. P. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

26/08/14 16:37

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

“Caro Dr ‘C.’, sem dúvida o ganho foi real.

 Da remuneração que percebíamos quando ingressamos na Carreira (ACADEPOL 2009/2010) para os valores que passamos a perceber com o subsídio, não há dúvida acerca dos ganhos para os mais novos na carreira.

O subsídio evita que boa parte dos Delegados deixem os quadros em busca de melhores condições (como vi ocorrer com vários colegas que exoneraram por razões salariais), o que fortalece a nossa classe.

Parabéns ao incansável Renatão que tanto lutou por todos nós, e parabéns a todos os envolvidos no projeto.

Certamente existem ajustes a serem feitos, e tenho certeza que a ADEPOL está acompanhando todo o trâmite com responsabilidade e afinco.

Agora temos que buscar a valorização dos Delegados como Carreira Jurídica, para que a equivalência salarial seja mantida ao longo dos anos. Não devemos perder o foco!

O próximo passo é a LISTA TRÍPLICE!!! Esse era o projeto do Renatão, e acredito que esse seja o projeto de todos os Delegados!

Abraços e vamos à luta

B.”

Em 26 de agosto de 2014 16:18, E. F. C. <...> escreveu:

Parabéns pelas tuas colocações colega...Abraços,

E.”

 

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Contra-ponto às críticas

 

De:

A  da L.<...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

26/08/14 17:07

Para:

R. C. <...>
ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Ricardo Casarolli
ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

“Pena, também, que o Renatão partiu sem conseguir para nós o que havia me prometido pessoalmente após convencê-lo da necessidade do aumento do número de vagas na entrância especial de 70 para no mínimo 120, afastando-se assim a triste e injusta realidade na qual diversos delegados que completam o interstício aposentatório não têm a menor chance de chegar no final da carreira em razão da falta de vagas e diante de um sistema de promoções muito "complicado" e demorado, o que resulta hoje com o subsídio numa diferença salarial entre entrâncias de 4 mil reais ... aliás, para quem não sabe em 2009 no projeto do nosso plano de carreira eram previstas 97 vagas na entrância especial, mas a PM, sim o comando da PM da época, conseguiu diminuir para 70 vagas! e isso é muito importante porque subsídio sem revisão geral anual e um sistema de promoção eficaz torna-se uma "armadilha", porque não há praticamente nenhuma outra forma de melhorar seu valor! e agora? smj a luta continua ...”.  

 

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Contra-ponto às críticas

 

De:

Delegado C. C. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

27/08/14 08:51

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Parabéns, uma grande Instituição se constrói com pensamentos e colocações

inteligentes.

 Delegado ‘C.’”   

From: 'R.C.'

Sent: Tuesday, August 26, 2014 4:11 PM

To: ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Subject: [LISTA ADEPOL-SC] Contra-ponto às críticas

Sempre fui crítico e cético no que diz respeito ao Subsídio. Lembro bem que não acreditava nele e muito menos nos valores.

Voltemos a 2011. 

Na ocasião, fizemos mundo e fundos, velórios, passeatas, CQC, tríplice aliaça. Muitos se expuseram e foram alvos de sindicâncias. Resultado: levamos apenas a incorporação do que já era nosso. Patético. Continuávamos escravos das famigeradas horas-extras. 

De 2011 a 2013 pouco mudou. Talvez as ações judiciais deram a impressão de que a antiga forma de pagamento era mais viável. Olhando apenas por esse aspecto, tudo bem, afinal quem receberia 15 mil apenas de hora extra???? Estávamos ainda mais escravos das malditas horas-extras...

A lei do subsídio, aliada à PEC do teto trouxeram incontáveis melhorias.

Aos mais antigos, receber aquilo que era bloqueado todo mês (tão ruim quanto não ganhar é ganhar e não levar), bem como a possibilidade real de se aposentar sem perder parte significativa do salário (só fica quem quiser).

Aos mais novos, como é o meu caso e de quase metade dos delegados, um verdadeiro ganho salarial, além da possibilidade de ascensão funcional.

A todos nós, a redução de 20% na carga horária de trabalho (sim, para quem fazia as 40 horas-extras é isso que está acontecendo), a certeza de um salário certo e aumento significativo na qualidade de vida. 

Respeito a inquietação de alguns colegas, todavia, não posso me furtar de parabenizar a todos que participaram das negociações que nos trouxeram até esse momento.

Pena o Renatão não ter percebido pelo menos um mês do tão buscado subsídio.

 Abraço!”

 

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Contra-ponto às críticas

 

De:

F. R. S. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

27/08/14 16:21

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

As conquistas são inegáveis.
Parabéns a todos os Delegados de Polícia e, em especial, a ADEPOL-SC.

F. R. S.
Delegado de Polícia

 
Em 27/08/14 16:16, F. DOS S. S. <...> escreveu:

Faço coro às palavras do amigo Casarolli.

A hora é de sedimentarmos a importante conquista do subsídio, tratando-se de um grande passo para que no futuro possamos exercer nossa profissão com a mesma dignidade que outras carreiras jurídicas já o fazem.

Aposentadoria, férias e licenças sem redução dos proventos é o primeiro importante reflexo desta nova forma de remuneração.

Parabéns e gratidão a todos os colegas que lutaram para que esta conquista se efetivasse.

Fraternalmente,

Del. F. dos S. S.
DPCO Curitibanos”. 

 

Em 27/08/14 14:52, T. N. <...> escreveu:

Sem dúvida, uma excelente conquista!!

Óbvio que sempre queremos mais. Mas desprezar esse avanço é loucura.

Eu tive perdas salariais em razão do fim das horas extras excedentes e não estou criticando nada nem ninguém. Ainda assim, tenho certeza que a implementação do subsídio foi muito boa para mim. 

T. de F. N.

Delegado de Polícia

DPCo de Rio Negrinho/SC

(47) (...)”.

Em 27 de agosto de 2014 10:46, J. R. G. <...> escreveu:

Concordo com o Delegado Casarolli. Dentro da minha realidade, houve um
acréscimo considerável! Não devemos nos acomodar, mas no momento não
tenho do que me queixar.
Parabéns à Adepol pela conquista!
Att,
J. R. G.
Delegada de Polícia
DPCAMI/CAP
 (6ª DP/CAP)

Assunto:

[LISTA ADEPOL-SC] Subsídio

 

De:

m. d. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

28/08/14 16:39

Para:

delegados@adepolsc.org.br

delegados@adepolsc.org.br   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Caros Colegas,

Após um série de tratativas junto à Administração, no intuito de corrigir algumas distorções, informamos que vai ser rodada mais uma folha, possivelmente ainda hoje, corrigindo eventuais erros na remuneração de alguns colegas.

Reafirmo que, a ADEPOL está atenta e vigilante e esgotará todos os esforços para, administrativamente, buscar as soluções que entendemos serem justas.

Um forte Abraço  

M. D.

Presidente”.

 
 
 

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Subsídio

 

De:

m. d. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

29/08/14 21:02

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Caríssimo Dr. Bado,  com todo o respeito,  desconheço da relação enviada à Vossa Senhoria  concedendo-lhe a perspectiva em receber nove mil reais a mais,  como também, não entendi a quem se destina vossa afirmativa de que " ESTÃO BRINCANDO COM A DESGRAÇA DA POLÍCIA CIVIL ". Tenha certeza que a ADEPOLSC , através da sua diretoria, trata com seriedade e muito esforço os problemas da nossa classe, e, não mede esforços para concluir, com sucesso, a  implantação do Subsídio.

Um forte Abraço.

M. D.

Presidente

ADEPOL-SC”.  

Em 29 de agosto de 2014 15:25, A.A.B <...> escreveu:

Caro Colega Mauro, recebi hoje em minha  Conta/corrente, o "vencimento" de agosto, que decepção ! Está distante da relação em que me enviaram, em nove mil reais ! Estão brincando com a desgraça da Polícia Civil!  Abraços e saúde ! 

 

"Em 28/08/2014 16:38, m. d. escreveu:

'Caros Colegas,

Após um série de tratativas junto à Administração, no intuito de corrigir algumas distorções, informamos que vai ser rodada mais uma folha, possivelmente ainda hoje, corrigindo eventuais erros na remuneração de alguns colegas.

 Reafirmo que, a ADEPOL está atenta e vigilante e esgotará todos os esforços para, administrativamente, buscar as soluções que entendemos serem justas.

 Um forte Abraço  

 M. D.

Presidente.

Data: 23.09.2014:

 
 

A Campanha eleitoral de 2014 - reeleição de Maurício Eskulark:

Assunto:

[LISTA ADEPOL-SC] Com o meu e de minha família!

 

De:

L. G. D. J. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

23/09/14 19:28

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Com o meu e de minha família.

Enviada do meu iPhone
_______________________________________________
Delegados mailing list
Delegados@adepolsc.org.br
http://adepolsc.org.br/mailman/listinfo/delegados_adepolsc.org.br

Assunto:

[LISTA ADEPOL-SC] apoio ao candidato Dr, Maurício

 

De:

P. M. <...r>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

24/09/14 09:16

Para:

delegados@adepolsc.org.br

delegados@adepolsc.org.br   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Dr. Maurício,

 O senhor, na condição de delegado de polícia será o nosso representante no poder legislativo, Vossa Excelência é sabedor que estou trabalhando de mangas arregaçadas.

atenciosamente, 

P. M.”. 

 _______________________________________________
Delegados mailing list
Delegados@adepolsc.org.br
http://adepolsc.org.br/mailman/listinfo/delegados_adepolsc.org.br

Assunto:

Re: [LISTA ADEPOL-SC] Subsídio - Folha de set/2...

 

De:

S. R. <...>     

Adicionar contato

Denunciar Spam

Enviada em:

24/09/14 09:31

Para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

ADEPOL-SC - Lista de Discussão   

Resposta para:

ADEPOL-SC - Lista de Discussão

Dr. Mauricio, podes contar com meu apoio, da minha familia e amigos. Abraço.

S. R.

Delegado Aposentado.

     
 

Em 22/09/2014, às 11:55, "E. A. J." <...> escreveu:

Como Diz um Provérbio Chinês:

" Ser pedra é fácil, difícil, é ser vidraça."

Parabéns a toda Diretoria da ADEPOL: Dr Mauro, Dr. Paulo Koerich, Dr. Thomé, em especial ao nosso irmão RENATÃO, onde quer que esteja.

 Obrigado, e respeitos a todos os senhores;

 E. A. J.

DRP-Ituporanga/SC

 De: Delegados [mailto:delegados-bounces@adepolsc.org.br] Em nome de (...).DIC
 

Enviada em: segunda-feira, 22 de setembro de 2014 11:23
Para: ADEPOL-SC - Lista de Discussão
Assunto: Re: [LISTA ADEPOL-SC] Subsídio - Folha de set/2014

Parabéns Dr Mauro, Dr Thomé, Dr Paulo Koerich e toda Diretoria da ADEPOL que estão sempre vigilantes e se esforçam bastante em prol da classe e não esmorecem mesmo diante de criticas de alguns céticos que estão no nosso meio desconhecedores do processo que acham ser tudo fácil.  Externo minha confiança e respeito à Direção da ADEPOL. 

Enviado por Samsung Mobile”.

Data: 25.09.2014: 

O saldo de tudo esse cenário:

O jeito é torcer para que dê certo, já que a sorte está lançada!  No meu caso: “Adeus Adepol-SC”, não poderia jamais ser candidato à presidência porque não tenho como lutar por um projeto que não acredito, salvo se fosse feita primeiramente a vinculação com o Judiciário e “MP”. Então, o projeto é falho, altamente interessante para o governo, na medida que engessa todos os salários dos policiais civis, militares..., porque reajustes salariais ninguém sabe quando? Aliás, Coitado dos próximos presidentes da entidade. Além disso, o projeto da “unificação dos comandos das polícias” (Polícia Estadual, segundo grau na carreira de Delegados e Oficiais Militares...), fica prá quando?

Sim, o projeto dos “subsídios” foi vitorioso. Evidentemente que se nosso projeto de incorporação das horas extras e adicionais noturnos tivesse sido o “rumo certo”, com certeza que a grande maioria dos Delegados estaria postando seus agradecimentos na “rede”. Mais, ainda, no futuro o sistema antigo de “vencimentos” abriria novas possibilidades para se realizar negociações em termos de correções de perdas salariais por meio de revisão de vantagens pecuniárias...,  o que não será viável por meio do sistema de “subsídios” (vedado pela Justiça). Então, quem viver verá?

“Renatão” e equipe tiveram todos os seus méritos nesse processo de conquista. Certamente que o governo orgulho e muito satisfeito (restaram  inviabilizadas as lutas reivindicatórias salariais dos policiais por anos, sem contar os aumentos vegetativos das folhas de pagamentos...).