A tendência das empresas, hoje, cada vez mais, é tratar o seu colaborador (novo conceito de empregado) com mais respeito, partindo de alguns requisitos básicos, como satisfação e reconhecimento, os quais passam pelo “comprometimento com o trabalho”:

            E estar comprometido com o que se faz vai além de bater o cartão-ponto na hora, ou em dia, vai além de trabalhar das 8:00 às 12:00 horas e das 13:00 às 18:00 horas, sem faltar sequer um dia. Estar comprometido com o trabalho vai além de fazer o que é pedido, pois isso não é mais que a obrigação. Por isso, estar comprometido é muito mais do que trabalhar para ganhar um salário no início do mês.

            Comprometimento é trabalhar com prazer, ao acordar é ter a consciência de que muitas outras pessoas necessitam do seu trabalho, é fazer mais do que se pede, não para se mostrar ou porque isso pode render um aumento salarial, mais pelo prazer de crescer como pessoa naquilo que faz.

            Crescer como ser humano, desenvolver-se, aperfeiçoar-se, a conquista do saber como se faz. Tudo que o colaborador conseguir absorver vai fazer parte do seu intelectual.

            Estar comprometido com a empresa não é se matar dia após dia, mas é viver com a certeza de que faz sua parte bem feita, seguindo normas e princípios éticos com qualidade e eficácia.

            Portanto, a tendência das organizações, sejam elas quais forem, é valorizar os “colaboradores de verdade”, e não cometer injustiças deixando aquele que espera mais da sua profissão nas mesmas condições (ou às vezes abaixo) daqueles que saem de casa somente para passar o tempo, para trabalharem por dinheiro.

            O resultado dessa diferença é a qualidade do serviço apresentado, as atitudes do dia-a-dia, as metas que cada um tem para sua vida e a maneira com que desenvolvem seu papel na organização.

            Com isso, os profissionais (ao contrário dos “aproveitadores”) sentirão que fazem parte de fato da empresa, da evolução desta, que poderão crescer junto com ela e trabalharão com mais vontade para que tudo ocorra da melhor maneira, ou seja, farão mais do que lhes for solicitado e o reconhecimento e a satisfação acabarão existindo de maneira natural.