Para que contar historinha para criança?

 

Em primeiro momento precisamos compreender que o trabalho da educação infantil tem como finalidade oferecer os fundamentos para o desenvolvimento em diversos aspectos, sendo elas: físico, psíquico; cognitivo e social. Essa fase deve priorizar vivencia onde a criança possa ampliar seu conhecimento, através da busca e descoberta, sendo de forma prazerosa, observando também em que contexto familiar que essa criança esta inserida; Por isso a escola tem a função de buscar um equilíbrio na integração família/escola.

Ao contar a historia, o professor ira proporcionar vários momentos prazerosos, onde a criança aprendera a ouvir e a se concentrar, ira conseguir compartilhar essas emoções e também utilizara da imaginação de acordo com os estímulos. No momento da contacao, vale ressaltar que o lúdico tem um papel importante e não pode faltar, o mundo da fantasia, da imaginação faz uma grande diferença para as crianças, proporcionando a elas um momento de sensações, alegria e beleza.

Ressaltamos que ao escutar o conto, a criança começa a enxergar o mundo ao seu redor e também passa a fazer interpretação dos sentidos, o que facilitara e abrirá caminho para a leitura.

No momento em que contar a história, aproveite para questionar a criança sobre o livro, fazendo pergunta como: que cor é o livro,cita os personagens, conta junto com as crianças a quantidade de folhas. Perguntas como essas faz com que provoque na criança a curiosidade e o prazer pela leitura.

A contação de historia também pode ter outra finalidade, como por exemplo: introdução de aula de ciências, narradas “O passeio na cachoeira” como abertura para o estudo das cachoeiras- formações geológicas, essa narração é um elemento eficaz nesse processo com os alunos; E também irá ajudar a criança desenvolver habilidades orais, ajuda na escrita; é entretimento saudável, em alguns momentos permita que a criança leia o livro faça a sua interpretação na sala de aula, com essa atitude o professor ira prepará-lo para um desafio, ou seja, considerada pela criança uma grande aventura.

Um lembrete para os professores sempre façam uma leitura do livro antes de apresentar a seus alunos, para que saiba o momento mais interessante para questioná-lo e não se esqueça de colocar emoção naquela historia, interessante também e usar uma musica de fundo da um certo suspense na contaçao.

Vale ressaltar que ao contar uma historia com suas próprias palavras também e válido, desde que tenha riqueza de detalhe para entreter as crianças, como em qualquer área e importante que professor sempre busque melhorar sua contação.

Ao escolher o livro preste atenção na faixa etária, as crianças pequenas gostam de livros com mais imagens e as crianças maiores, podem gostar de historias um pouco maiores, como fabulas.

Podemos concluir que ler e contar apresenta em verdade visões do mundo, de valores, dos conflitos humanos e sociais, da história do mundo em diferentes épocas e culturas. Isto permite a contemplação, a reflexão e análise.

 

ELÇA DOS SANTOS MACHADO - Graduada em: Pedagogia e Ciências Biológicas; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis.GRACIELE CASTRO SILVA - Graduada em Administração pela UESP - FAIESP-UNIC- Campus de Rondonópolis. Email:gracielecastrosilva3@hotmail.com.LIDIANE DA SILVA XAVIER - Graduada em: Pedagogia; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis.  RAQUEL SANTOS SILVA - Graduada em: Letras; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. RENATA RODRIGUES DE ARRUDA; Especialista em Educação Infantil. Email: rero3131@hotmail.com ROSILENE NUNES DA SILVA - Graduada em: Pedagogia; Especialista em Educação Infantil e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis. SIMONE BATISTA CAMPOS (7)  Graduada em: Pedagogia; Especialista em Gestão Escolar e professora na Rede Municipal de Ensino Público na cidade de Rondonópolis.        

Baseado no livro CPT