Você tem passado pelo processo da dor com muita serenidade. Você tem buscado não se apegar demais as pessoas para não sofrer em uma relação de dependência e autoridade afetiva ruim. Você tem conseguido reconstruir-se emocionalmente apesar dos dias mais calmos e silentes. Você tem tido paciência, força e fé para não se deixar levar pela correria desenfreada dos dias e até tem criado novas formas de filtrar os bons e transparentes sentimentos, aqueles que por si só falam e expressam com doçura e intensidade. Há amor verdadeiro nisso. E nisso tudo a tua estrutura sentimental está mais forte. Já não está tão suscetível e está fazendo pelo prazer de sentir-se bem, realizado, feliz. Ainda ajudando, apoiando, levando mensagens com a intenção de fazer o bem. Uma estrutura sentimental sem segundas intenções. Por isso está melhor. Raras são as pessoas que enxergam, mas é difícil de não senti-la. A intensidade, o brilho no olhar, o sorriso espontâneo. Apesar do momento que é para reflexão, que é para tratar e curar as feridas de um “ex - frágil coração”. À sombra de uma luz, sem o brilho dos holofotes, sem os aplausos da plateia... Mas com os olhos e o coração voltados para o amor, a possibilidade de amar, as chances de ter momentos de felicidade, e é pra isso que serve a ressignificação, a reconstrução de uma estrutura sentimental.