Acredite que vai ser para sempre. Acredite que o nunca mais não acontecerá. Acredite que o até o fim é verdadeiro. Mesmo que você saiba no teu íntimo que só acreditar não é perceber as coisas como elas são. Acreditar é uma dose extra de fé que você carrega e cultiva todos os dias para que o peso do mundo nas costas não seja totalmente insuportável. Sempre dá para caminhar uns metros a mais antes de parar e descansar. É possível aguentar mais 10 minutos antes de desistir e jogar tudo para o alto. Nesse caso o tempo é particular para cada um, é de cada vida e de cada situação. Não é medido pela razão lógica da matemática, mas sim dividido entre as emoções vividas e percebidas sensitivamente por cada um na sua jornada. Por isso, perceba mais em você, no olhar precioso que você foi lapidando ao passar pelas dificuldades que te levaram até onde está agora. Acredite também, mas tenha consciência para perceber quando é hora de ir embora. Às vezes trocamos experiências por terceirizarmos à outras instâncias tudo que dependia apenas da nossa percepção. Se estivesse com o modo ON ativado, quem sabe... Mas o fato de não percebermos no espelho algumas mudanças não nos torna lamentadores profissionais em um plantão eterno à espera de um milagre – que é a fé em estado avançado, ou simplesmente o desespero que tomou conta de nós. Não é bem assim. Você ainda pode dar uma reviravolta nos teus sonhos, pode ressignificar o amor no coração, pode renascer com uma vontade incomum e com grande estima de acréscimo por si mesmo. Aí vai perceber, verdadeiramente, que tudo sempre esteve aí ao teu alcance, que tuas mãos estavam tocando o lado errado da coisa, que teus olhos prestaram sempre mais atenção à sombra do que a Luz. Não é a consequência que vai mudar tua vida, mas o entendimento das causas de tudo isso. Perceba primeiro, acredite depois, e dê mais chances ao teu coração tão intuitivo e aos teus sentimentos tão intensos e ainda capazes de te levarem a um caminhar de felicidade, porque ser feliz não é uma estância, um lugar, um “onde”, é simplesmente um “por onde”, pois é nesse período que você vai sendo feliz. Não é preciso esperar para ser feliz, basta perceber e acreditar...